quinta-feira, 23 de março de 2017

Crueldade: Bebê é enterrado no quintal de residência

A Policia Militar foi acionada na manhã desta quinta-feira (23), para deslocar até uma residência na Linha Princesa, interior de Palotina, onde conforme denúncia anônima havia sido enterrado em neném recém nascido.

No local a equipe entrou em contato com os moradores que confessaram o fato, sendo então acionado a Policia Civil.

Conforme as primeiras informações repassadas a nossa redação, uma jovem de 14 anos estava grávida de aproximadamente 8 meses, sendo que possivelmente seria do pai ou do irmão.

Em determinado momento a jovem acabou entrando em trabalho de parto, nascendo o bebe, onde posteriormente o pai pegou o bebe e o enterrou nos fundos da casa, próximo a um mato.

Sendo assim o IML e a Polícia Criminalística foram acionados para comparecer no local e proceder com a retirada do corpo e investigar o caso.

O Conselho Tutelar também esteve acompanhando toda a ocorrência por tratar de envolvimento de uma meno

O pai e o filho foram encaminhados a Delegacia de Policia Civil.

segunda-feira, 20 de março de 2017

SERVIDOR  É DEMITIDO APÓS BRINCAR COM ESCULTURA DE VACA

​O chefe de divisão de Vigilância em Saúde e Saneamento da prefeitura de Quatiguá, Thiago Correia, foi demitido do seu cargo poucos dias depois que, pelo menos duas imagens suas viralizaram nas redes sociais onde aparece ajoelhado simulando mamar na teta de uma escultura? de vaca exposta no estacionamento de um restaurante em Carambeí, nas margens da rodovia PR-151, nos Campos Gerais.

Correia perdeu o emprego cerca de 10 dias após a imagem ganhar as redes sociais não só de Quatiguá, mas em boa parte do Norte Pioneiro. Dezenas de comentários criticando a postura do servidor foram registradas na internet. O decreto de exoneração foi publicado na terça-feira, 14, e assinado pelo prefeito interino Chrystian Reis Galvão Coser.

Copiada à exaustão, algumas das imagens ganharam ainda legendas deixando a situação de Thiago Correia mais delicada. Contratado para cargo comissionado, o ex-chefe de divisão pertence ao grupo político do ex-prefeito Efraim Bueno de Moraes (2005-2012). A filha de Efraim, Adelita Parmezan de Moraes é candidata a prefeita na eleição suplementar que acontece no dia 2 de abril e as imagens de Correia começaram também a ser exploradas pelos adversários da família Moraes como um fato político.

A resposta do prefeito Chrystian Coser foi rápida. Nesta sexta-feira, 17, por telefone, o político confirmou que demitiu o ex-servidor porque ele expôs negativamente a imagem do município com uma brincadeira infeliz. “Ele não poderia ter feito aquilo (deixar-se fotografar). Foi uma brincadeira infeliz. Não poderia ter tomado outra atitude. Ele é meu amigo, mas os interesses e a imagem da cidade estão em primeiro lugar”, disse o prefeito interino.

Outro lado

Thiago Correia conversou com a reportagem da Tribuna do Vale na manhã desta sexta-feira. O ex-servidor disse que estava arrependido e reconheceu que o que chamou de “brincadeira” entre amigos foi de extremo mau gosto. “Estou sofrendo com tudo isso que aconteceu. Não deveria ter feito aquilo. Além de perder o meu emprego ainda causei constrangimento para companheiros”, disse Correia.

O ex-chefe de divisão disse ainda que apesar da brincadeira, não entendeu porque as imagens causaram tanta repercussão nas redes sociais. Correia revelou também que após ser fotografado enviou as imagens para um amigo que acabou repassando as fotos para outras pessoas. Ele acreditava que as imagens não fossem parar nos celulares e computadores de outras pessoas de fora do seu círculo de amizade.

Thiago Correia disse que ainda não teve tempo de analisar se vai acionar judicialmente quem colocou legendas nas imagens e as espalhou, sugerindo que ele estava em viagem oficial naquele dia. “Foi uma viagem feita a Curitiba, mas particular. Fui visitar parentes. Não retirei diárias para esse compromisso”, esclareceu.

Já o prefeito Chrystian Coser, que também aparece em uma das imagens observando o até então servidor fazer a “brincadeira”, disse que encontrou com Thiago Correia por acaso no restaurante e não participou da iniciativa. O prefeito revelou que o servidor tinha pedido dispensa do trabalho para fazer a viagem naquele dia, mas o pedido foi negado. Coser, que disse estar em viagem oficial naquele dia, não soube informar se o servidor retirou diárias para o passeio.

quinta-feira, 9 de março de 2017

Dentista tenta abusar de funcionária e acaba preso

Um dentista foi preso na manhã desta quarta-feira (08) depois que o um homem procurou a polícia para denunciar que o profissional teria tentado abusar de sua filha. A mulher, de 27 anos, trabalha no apartamento do dentista, no centro de Maringá. Na delegacia o pai da vítima contou que era por volta das 9h quando recebeu uma ligação informando que a filha dele estava chorando no meio da rua e pedindo socorro. 

O homem foi até o local para averiguar a situação. A filha falou para o pai que hoje ao chegar para trabalhar hoje pela manhã o dentista a beijou a força. Ela conseguiu empurrar o homem e correu para pedir socorro. A mulher trabalhava há dois meses no apartamento. O dentista foi preso e está na 9ª Subdivisão Policial para esclarecimento do caso.



Informações Massa News

Recém-nascido é abandonado em banheiro de rodoviária

Um recém-nascido foi encontrado no banheiro feminino do terminal rodoviário de Rolândia, região metropolitana de Londrina. por volta das 15h na tarde desta segunda-feira (8). Conforme informações da Polícia Militar de Rolândia, tudo aponta que o bebê tenha nascido no local, já que o recinto estava sujo de sangue e o recém-nascido ainda estava com o cordão umbilical. O Conselho Tutelar foi acionado para prestar atendimento à criança, assim como a Polícia Civil para realizar investigações sobre a identidade da mãe da criança e as circunstâncias do abandono.

quinta-feira, 2 de março de 2017

No Paraná, 82 mil podem perder o título de eleitor



Mais de 82 mil paranaenses podem ter o título de eleitor cancelado por não terem votado, nem justificado a ausência nas últimas eleições, segundo dados oficiais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O Paraná foi o quinto estado com maior número de ausências sem justificativa, atrás apenas de São Paulo (529.818), Rio de Janeiro (261.335), Minas Gerais (175.020) e Bahia (147.499). Em todo o País, quase dois milhões de eleitores estão nessa situação. Somente em Curitiba, 23.163 eleitores deixaram de votar ou não justificaram a ausência nas últimas três eleições. Desde o último dia 22, os cartórios eleitorais em todo o país passaram a publicar as relações de eleitores que se ausentaram nas últimas três votações e que podem ter o título de eleitor cancelado. A lista com o nomes fica disponível nos cartórios eleitorais por, no mínimo, dez dias, com publicidade nos meios de comunicação. Os partidos políticos também devem ser informados. Os eleitores que constarem na relação de faltosos devem comparecer ao cartório eleitoral no período de 2 de março a 2 de maio de 2017 para regularizar sua situação. O cidadão deverá apresentar documento com foto que comprove sua identidade, título eleitoral e comprovantes de votação, de justificativa e de recolhimento de multa ou de dispensa de recolhimento. O não comparecimento para comprovação do exercício do voto, da justificativa de ausência ou do pagamento das multas correspondentes implicará o cancelamento automático do título de eleitor, a ser efetivado de 17 a 19 de maio deste ano. Cada turno do pleito é considerado uma eleição e a Justiça Eleitoral não expedirá nenhuma notificação ao eleitor informando sobre a pendência no cadastro eleitoral. Desinteresse - No primeiro turno da eleição para prefeito de Curitiba em 2016, 211.952 eleitores da Capital paranaaese, ou 16,44% do total não apareceram para votar, contra 106.659 ou 8,55% quatro anos antes. Outros 96.901 eleitores, ou 9% anularam o voto, contra 56.141 ou 5,26% em 2012, um aumento de 71%. Já os votos em branco cresceram de 34.957 ou 3,27% para 51.495 ou 4,78% do total, um aumento de mais de 47%. A soma de votos brancos, nulos e abstenções chegou a mais de 360 mil, número superior aos 356 mil votos obtidos pelo prefeito eleito Rafael Greca (PMN), que foi o candidato mais votado para a prefeitura no primeiro turno. O cenário foi ainda mais grave no segundo turno da disputa na Capital. As abstenções, votos brancos e nulos, quando somados, chegaram a quase 420 mil votos. O índice de abstenção atingiu mais de 20%. Os votos nulos também tiveram leve alta em relação ao primeiro turno, totalizando 11,4%. Os votos em branco praticamente não tiveram alteração — 4,3%. Em todo o País, o número de eleitores que não compareceram às urnas no segundo turno das eleições municipais, somado aos votos brancos e nulos, foi de aproximadamente 10,7 milhões de pessoas. Ao todo, 57 cidades tiveram segundo turno, número superior ao de 2012, quando 50 muncipíos passaram por uma segunda rodada de votações. Entre uma eleição e outra, o número de eleitores que foram às urnas nessa etapa cresceu 3,97%. O número, segundo o TSE, corresponde a 32,5% dos 32,9 milhões de eleitores aptos a votar. No segundo turno das eleições municipais de 2012, o número foi menor, de 8,4 milhões (26,5% dos 31,7 milhões de eleitores).

Reunião no gabinete do prefeito Volpato define estratégia de combate a violência em Sarandi


Polícias e poder público vão atuar integrados para intensificar combate ao tráfico em Sarandi A segurança pública de Sarandi foi tema de uma reunião no início desta tarde (01/3), a prefeitura e mobilizou integrantes da administração municipal, Delegacia de Polícia, Polícia Militar, Guarda Municipal e Câmara de Vereadores. O objetivo é realizar um trabalho integrado entre as polícias e poder público para combater à criminalidade motivada pelo tráfico de drogas. A iniciativa do encontro foi do gabinete do prefeito Walter Volpato, diante dos oito homicídios registrados no município nesses dois meses e a urgência de combate ao tráfico. Foi unânime entre os presentes, a reclamação da necessidade de melhoria das condições das polícias civil e militar para ações ostensivas e preventivas de enfrentamento ao tráfico. Volpato destacou que o governo do estado precisa olhar mais por Sarandi, que não é mais uma pequena cidade. “Temos aqui 100 mil habitantes e apenas um delegado. Estamos aqui reunidos para discutir o melhor caminho e dar uma reposta à população que clama por segurança”. Segundo o delegado, Adão Wagner Loureiro Rodrigues, nove em cada homicídios registrados em Sarandi são motivados pelo tráfico de drogas. Ele assumiu o cargo há aproximadamente 20 dias e tem pelo menos 1,2 mil processos em andamento na delegacia, sendo 90% por crime ligado ao tráfico. A equipe da delegacia de Sarandi que já era deficitária ficou menor ainda, com a transferência, recente, de dois escrivães e um investigador de polícia. Segundo ele, o índice de assaltos não é alto na cidade, mas o tráfico de drogas domina os registros policiais, com mortes. “Precisamos que a população denuncie através do 181 os pontos de venda de drogas. É um serviço importante, sigiloso e que vai ajudar e muito a polícia”, insistiu Adão Wagner. As denúncias são de grande ajuda para a eficiência das Ações Integradas Fiscalização Urbana (Aifo), que também serão realizadas com mais frequência a partir deste mês. Em 2016, 21 pessoas vítimas de homicídio em Sarandi. Segundo capitão-PM Gilson Dias, em 2011 e 2012, esse número chegou a 55/ano. Ele atribui o aumento nesse início de ano, também, ao fator socioeconômico. “O quer está ocorrendo em Sarandi não é um caso isolado. A crise econômica e o desemprego aumentam a violência e a criminalidade”. Além da ajuda da população, por meio de denúncias e mais operações Aifo, foi sugerida a realização de campanhas na mídia sobre segurança. 


Com informações: Assessoria de Comunicação de Sarandi

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Mulher é flagrada com fones, cabos e 9,6 metros de fio de cobre na genitália

A mulher de um detento que está preso na Penitenciária de Martinópolis (SP) foi flagrada com diversos fones de ouvidos, cabos e quase 10 metros de fio de cobre flexível escondidos nas partes íntimas. Conforme a Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP) divulgou nesta quarta-feira (22), o detector de metais da unidade prisional foi acionado quando chegou na altura da cintura da visitante.

O flagrante aconteceu durante o procedimento de revista. Assim que o detector anunciou a presença de algo dentro do corpo, a mulher confessou que havia em seu órgão genital um invólucro com diversos materiais.
Após retirar os objetos do corpo, ela foi conduzida à Delegacia da Polícia Civil, por funcionários da unidade, onde foi lavrado o Boletim de Ocorrência sobre o caso.
Ainda conforme a SAP, no invólucro havia 33 fones de ouvido avulsos, 17 cabos conectores para fones de ouvido e 9,60 metros de fio de cobre flexível
“Também foi instaurado procedimento disciplinar para apurar a cumplicidade do preso que receberia os materiais, já que a visitante é companheira do sentenciado que cumpre pena no local. Deve-se observar que pessoas flagradas tentando adentrar com objetos ilícitos em unidades prisionais são automaticamente excluídas do rol de visita”, salientou a SAP.
A mulher foi liberada após o registro da ocorrência.






terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Avó confunde suco com produto de limpeza, dá à neta e bebê morre

Uma bebê de apenas 10 meses morreu intoxicada depois de ingerir um produto de limpeza na manhã deste domingo (19), em Jaú (SP).

De acordo com informações do boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, a bebê, os pais e o irmão, de 4 anos, estavam passando a semana na residência dos avós por conta de uma infestação de escorpiões na casa onde a família mora. Além dos avós, dois tios também moram no local.

Ainda de acordo com as informações, a avó fazia almoço na cozinha e o pai foi até o cômodo porque a menina estava com fome. A avó então resolveu dar suco de uva para a criança, na pia havia uma garrafa menor com rótulo de suco de uva já vazia e ao lado tinha o recipiente maior com o produto de limpeza de cor roxa.

A avó se confundiu, achando que também era suco de uva e colocou na mamadeira para criança. A menina bebeu e logo após começou a passar mal. A família acionou o Serviço de Atendimento de Resgate de Urgência, que levou a bebê até a Santa Casa da cidade, mas ela não resistiu.

O caso é investigado pela Polícia Civil como homicídio culposo. Na casa, a polícia apreendeu o recipiente com o produto de limpeza de coloração roxa; a garrafa com rótulo de suco e a mamadeira da vítima. O material será periciado.

Esse foi o segundo caso de morte de criança em um acidente doméstico registrado no final de semana na região Centro-Oeste Paulista. No sábado (18), um menino de 2 anos e 10 meses morreu afogado no tanquinho de lavar roupas em Santa Cruz do Rio Pardo. Ele estava com a bisavó que tinha colocado as roupas para lavar e percebeu minutos depois que o menino não estava dentro de casa. A criança foi encontrada pelos policiais já morta.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Vereadores de Maringá aprovam mudança de horários das sessões


Os vereadores de Maringá, no noroeste do Paraná, aprovaram, em primeira discussão, a mudança no horário das sessões da Câmara. Pela emenda apresentada, as sessões, que atualmente são realizadas as terças, às 19h, e as quintas-feiras, às 16h, passam para às 9h30. A alteração foi aprovada por 11 parlamentares, três foram contrários e um não compareceu à sessão de quinta-feira (16).
Conforme o projeto que altera a redação de um dos artigos do Regimento Interno da Casa, o objetivo é dar mais transparência ao processo e possibilitar que o cidadão assista ao vivo as sessões por um canal fechado e pela internet.

A emenda ainda deverá ser aprovada em mais duas sessões que estão previstas para ocorrer na terça (21) e quinta-feira (23). Se o resultado das duas votações for favorável, a mudança de horário passa a valer no início de março.


Horário de Verão termina neste fim de semana

O Horário de Verão termina neste fim de semana, fazendo com que o sábado (18) tenha duas meias-noites. À zero hora de domingo, os relógios de dez estados das regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e do Distrito Federal devem ser atrasados em uma hora, voltando a marcar 23 horas. No sistema elétrico operado pela Copel no Paraná, os quatro meses de vigência do Horário de Verão registraram uma redução média de 4,5% na demanda de energia nos fins de tarde, retirando do sistema elétrico 200 MW (megawatts) de potência entre 19 e 22 horas. Tal alívio equivale a desligar, no horário de ponta, uma cidade como Maringá, de 391 mil habitantes. Os dias mais longos do verão possibilitam antecipar a rotina da população – adiantando seus relógios em uma hora – nas regiões do País com grande diferença de luminosidade diurna entre os meses mais quentes e os mais frios. Assim, deixa de coincidir com o consumo da indústria, do comércio e das residências o acionamento automático da iluminação pública. Este descolamento alivia, assim, as condições de operação do sistema elétrico em um dos períodos de maior demanda, entre 18 e 21 horas. "Ao evitar a sobreposição da demanda máxima das diferentes categorias de usuários, esse artifício ameniza a exigência sobre instalações como usinas, subestações e linhas de transmissão em momentos de grande demanda simultânea, garantindo mais segurança operacional e confiabilidade ao funcionamento de todo o sistema elétrico", esclarece o engenheiro Nelson Cuquel, do Centro de Operação do Sistema Elétrico da Copel. Além do alívio para a operação do sistema elétrico no fim do dia, o menor consumo simultâneo de energia no horário também evita o acionamento de usinas térmicas emergenciais, de operação cara e poluente, para garantir o suprimento de energia no horário. 


 Informações, Agência Estadual de Notícias