segunda-feira, 27 de julho de 2009

A cada dia que passa atos de monstruosidade, nos deixam cada vez mais estarrecidos. Essa notícia é de arrepiar, mãe decapita bebê de 3 semanas e alega ordem do diabo, confira.

PROJETO DE INICIATIVA POPULAR EM SARANDI

Nos últimos dias muito se falou sobre a questão do lixo de Maringá em Sarandi, muitos protestos foram organizados e, vários projetos apresentados na Câmara de vereadores que resultaram em nada.
Agora surge mais um projeto, desta feita eleborado pela iniciativa popular, confira aqui mais detalhes.

COMEÇA NESTA SEGUNDA FEIRA CAMPANHA PARA RECADASTRAMENTO DE ARMAS

Representantes da Polícia Federal, da Associação Nacional da Indústria de Armas e Munições (Aniam) e da Associação Movimento Viva Brasil vão apresentar hoje (27) a nova campanha de recadastramento de armas de fogo.O evento, precedido por uma entrevista coletiva, será realizado na sede da PF, em Brasília.Os proprietários de armas compradas legalmente têm até 31 de dezembro para renovar ou registrar o armamento. Quem não fizer o recadastramento estará incorrendo em crime de porte ilegal de armas, podendo ser processado e, se condenado, preso de um e três anos.O processo de recadastramento é simples e gratuito.
O dono da arma tem que apresentar original e cópia, ou cópia autenticada, da cédula de identidade, do CPF, do comprovante de residência e do formulário Sinarm (Sistema Nacional de Registro de Armas), que pode ser obtido em qualquer unidade da PF ou no site da instituição.
Quem possui arma ainda não registrada, deverá apresentar o original e a cópia autenticada da nota fiscal de compra do armamento ou documento que comprove a sua origem.
Quem tem uma arma já registrada deverá levar o original e a cópia autenticada do certificado de registro da arma de fogo, emitido pelo órgão estadual competente, ou então a cópia do boletim de ocorrência comprovando a perda do certificado.
Também é possível entregar PF armas de qualquer calibre e procedência, sejam elas registradas ou não. Dependendo do modelo o proprietário vai receber uma indenização que varia entre R$ 100 e R$ 300. Segundo as autoridades, nem a origem do armamento, nem seu portador, será investigado.
Diferentemente da regularização, não há prazo limite para a entrega voluntária.Esta será a segunda etapa de recadastramento desde a aprovação do Estatuto do Desarmamento (Lei nº 10.826), em 2003. Segundo a PF, na primeira Campanha do Desarmamento, realizada entre 2003 e 2005, 446,8 mil armas foram entregues em todo o Brasil. Cerca de R$ 57,2 milhões foram pagos a título de indenizações. S
egundo a Aniam, estima-se que existam cerca de 14 milhões de armas em mãos de particulares. E, segundo a PF, pelo menos 4,5 milhões ainda têm que ser recadastradas.

Prêmio da Mega-Sena sai para aposta feita em RJ; bilhete leva R$ 56 milhões

Somente um bilhete acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas neste sábado. O prêmio a ser pago para o ganhador dos seis números do concurso 1.094 é de R$ 56 milhões.Os números sorteados foram 09 - 10 - 21 - 36 - 41 - 48 na cidade de Currais Novos (RN).Para o próximo sorteio, que acontece na quarta-feira (29) a Caixa Econômica Federal estima que o prêmio chegue a R$ 25 milhões.As apostas para concorrer ao prêmio acumulado devem ser feitas até as 19h (horário de Brasília). A aposta mínima --seis números-- custa R$ 1,75.Desde a criação da loteria, o maior prêmio saiu em 1999, quando um apostador de Salvador ganhou R$ 64,9 milhões.