quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Programa Bolsa Família inclui mais 36 mil famílias em agosto no Paraná


De acordo com o levantamento feito pela Gerência de Filial de Serviços Sociais da Caixa Econômica Federal (Gises-CT/Caixa), o Bolsa Família incluiu 36.706 novas famílias só no mês de agosto no Paraná. O aumento é resultado de um incentivo a expansão, iniciado neste ano.Desde maio, quando começou o incentivo, o Programa já cadastrou 95.614 famílias. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), esse número deve aumentar gradativamente até outubro. O coordenador do Programa na Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego e Promoção Social, Nircélio Zabbot, explica o número de famílias beneficiárias aumentou devido aos reajustes realizados no ano. O limite de renda familiar por pessoa passou para R$ 137 por integrante, e nas famílias consideradas de extrema pobreza, R$ 69 por pessoa.Para o secretário do Trabalho, Emprego e Promoção Social, Nelson Garcia, a expansão deve cumprir as metas do Programa até dezembro de 2009. "Hoje, o número de famílias consideradas pobres no Estado é de 545.771 mil. Com o incentivo, desde o início, queremos atingir mais 160 mil até o fim do ano", explica Garcia. Em todo o país, o número de novas famílias incluídas no Programa chega a 1,04 milhões.A ampliação teve início em maio e ocorrerá com a inclusão gradativa de famílias inscritas ao Cadastro Único de Programas Sociais, observando a aplicação de nova metodologia desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) e Banco Inter Mundial do Desenvolvimento (BIRD), Mapas de Pobreza. REAJUSTE - Á partir de setembro um novo reajuste será válido. A renda per capita que caracteriza família em situação de pobreza passará de R$ 137,00 para R$ 140,00 e em extrema pobreza de R$ 69,00 para R$ 70,00