sexta-feira, 4 de setembro de 2009

POLICIAIS DE SARANDI SÃO PRESOS ACUSADOS DE EXTORSÃO

Um cabo e um soldado lotados no Pelotão de Polícia Militar (PM) de Sarandi, foram presos na noite de quarta-feira (2) por suspeita de extorquirem dinheiro de um motorista. Contra o cabo, pesa ainda a acusação de portar uma arma registrada em nome de outra pessoa. As prisões ocorreram por volta das 22h30 na cidade de Sarandi, cerca de uma hora depois de os policiais abordarem um veículo New Beatle suspeito de ser clone de outro carro, com as mesmas características. Após conferir os documentos e o chassi do veículo, e nada constatar de irregular, os policiais dispensaram o motorista e retomaram o serviço de ronda. Duas horas depois, o cabo e soldado receberam ordens para retornar à sede do pelotão, onde passaram a ser acusados, pelo próprio comandante, tenente Luciano Radamés, de extorquirem R$ 50 do dono do veículo abordado. Submetido a uma acareação, o dono do carro teria confirmado a denúncia, situação negada pelos PMs.Após tomar os cintos e armas dos PMs, o tenente notou que o cabo mantinha uma pistola Glock, de fabricação austríaca, na cintura e exigiu explicação. O PM explicou que usava a arma como prevenção, caso a arma do Estado viesse a falhar durante um confronto. Após verificar que a pistola estava registrada em nome de um policial civil de Foz do Iguaçu, o tenente fez a apreensão da arma.
O cabo e o soldado foram removidos, numa viatura da Rotam, para a sede do 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM), em Maringá, onde deverão aguardar a conclusão de uma sindicância interna e processo disciplinar.

OCORRÊNCIAS DO SETOR POLICIAL EM SARANDI

ROUBO
03/09/2009 18:08
LOCAL: JOSÉ GALINDO GARCIA, JARDIM VERÃO, SARANDI
VÍTIMA/SOLICITANTE: CRIANÇA 11 anos
ROUBADO: CELULAR MARCA LG COR PRETA
SEGUNDO A VITIMA, FOI ABORDADA NA RUA POR DOIS INDIVIDUOS QUE TOMARAM A FORÇA O SEU APARELHO DE CELULAR E EM
SEGUIDA TOMARAM RUMO IGNMORADO.

ROUBO
03/09/2009 18:10
LOCAL: TAÍ,RUA., CENTRO, SARANDI
VÍTIMA/SOLICITANTE: I. A. D. L. 43 anos
ROUBADO: DINHEIRO
SEGUNDO A VITIMA, DOIS INDIVIDUOS EMPUNHANDO UMA ARMA DE FOGO ADENTRARAM EM SEU ESTABELECIMENTO EDERAM VOZ
DE ASSALTO. EM SEGUIDA FUGIRAM LEVANDO CERCA DE DUZENTOS REAIS EM DINHEIRO. FOI EFETUADO PATRULAHAMENTO PELAS
IMEDIAÇOES E NENHUM SUSPEITO FOI LOCALIZADO. A VITIMA FOI ORIENTADA.

ROUBO
03/09/2009 19:22
LOCAL: SALVADOR JORDANO, R, CENTRO, SARANDI
VÍTIMA/SOLICITANTE: F. P. 25 anos
ROUBADO: DINHEIRO
SEGUNDO A VITIMA, MOTORISTA TRANSPORTADOR DE BEBIDAS, FOI SURPREENDIDO POR INDIVÍDUO ARMADO COM REVÓLVER QUE
LHE DEU VOZ DE ASSALTO E FUGIU LEVANDO O DINHEIRO DAS VENDAS POR RUMO IGNORADO. FOI REALIZADO PATRULHAMENTO E
BUSCAS NAS IMEDIAÇÕES MAS NÃO FOI LOCALIZADO O AUTOR.

ROUBO
03/09/2009 20:10
LOCAL: MARINGÁ, AV, VERÃO, SARANDI
VÍTIMA: A. P. D. L. R. 21 anos
VÍTIMA/SOLICITANTE: J. M. D. A. 34 anos
ROUBADO: DINHEIRO
ROUBADO: BOLSA FEMININA COR PRETA
ROUBADO: CELULAR NOKIA
ROUBADO: DOCUMENTO RG;CPF;TÍTULO EL.; .......
ROUBADO: DOCUMENTO CRLV HONDA BIZ 125
ROUBADO: DOCUMENTO CHAVES DE HONDA BIZ
ROUBADO: DOCUMENTO CHAVES DE RESIDÊNCIA
SEGUNDO A VITIMA, AO FECHAR O MERCADO, FOI SURPREENDIDO POR DOIS INDIVIDUOS COM REVOLVER E PISTOLA, QUE DERAM
VOZ DE ASSALTO E LEVARAM CERTA QUANTIA EM DINHEIRO E CHEQUE E AINDA PERTENCES DE UMA FUNCIONÁRIA. EM SEGUIDA,
EVADIRAM-SE EM UMA MOTOCICLETA HONDA CG DE COR PRATA POR RUMO IGNORADO. NÃO FORAM LOCALIZADOS DURANTE AS
BUSCAS.

VIAS DE FATO
03/09/2009 10:10
LOCAL: SAMAMBAIA, R, VERÃO, SARANDI
VÍTIMA/SOLICITANTE: J. L. B. 41 anos
SEGUNDO O SOLICITANTE A PESSOA DA FOLHA 02 É SEU TIO E EM DATA DE HOJE ESTE SAIU DE CASA PARA IR ATÉ A CASA DA SUA
TIA NA RUA GIRASSOIS, E QUANDO RETORNAVA FOI AGREDIDO E ROUBADO POR ALGUNS INDIVIDUOS QUE PASSAVA PELO LOCAL. O
MESMO NÃO SOUBE PRECISAR A QUANTIA QUE FOI LEVADO NEM TÃO POUCO AS CARACTERISTICAS DOS INDIVÍDUOS.

Ex-prefeitos terão de devolver R$ 1,2 milhão

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou os ex-prefeitos de Doutor Camargo, no Noroeste do Paraná, Luiz Alberto Jardim Nocchi e Paulo Roberto Jardim Nocchi e a empresa Coenco En­­genharia a devolverem aos cofres do município R$ 1,2 milhão. Segundo o TCU, os dois peemedebistas não prestaram contas do valor repassado pelo então Ministério da Ação Social para a construção de uma creche, entre 1992 e 1994. Eles ainda podem re­­correr da decisão.
No parecer, o ministro José Jorge, relator do processo, afirmou que há uma contradição na prestação de contas apresentada pela prefeitura. “A declaração atesta o fiel cumprimento da creche, entretanto a auditoria estimou cumprimento de apenas 40% da obra”, argumentou.
Multa
Por telefone, o ex-prefeito Paulo Roberto alegou desconhecer qualquer reprovação das contas relativas à construção da creche. De acordo com ele, o prédio está funcionando normalmente desde 1994, e a obra seguiu todos os trâmites exigidos por lei: licitação, construção e pagamento.
Segundo o tribunal, a cobrança da dívida já foi autorizada pela Justiça. Além de ressarcir os cofres públicos, os dois ex-prefeitos – que são primos e go­­vernaram Doutor Camargo por quatro mandatos – e a empresa de en­­genharia terão de pagar multa de R$ 20 mil ao Tesouro Nacional pelas irregularidades. Fonte: Jm Maringá

Casal compra carro zero e é roubado 30 minutos depois

PORTO ALEGRE - O sonho do carro zero quilômetro durou cerca de 30 minutos para o programador Mateus Magalhães de Castro, 27 anos. Na quinta-feira passada, Mateus e sua mulher, Camila da Silva, 23 anos, pegaram o carro novo, um Gol Trend 1.0, modelo 2010, vermelho, placas IQB-4251, em uma concessionária da Avenida Sertório, em Porto Alegre.
O percurso com o carro novo foi de apenas 3 km. O casal seguiu até a Avenida Benjamin Constant, onde Camila desceu para trabalhar. No Gol, ainda com plástico nos bancos e cheiro de novo, Mateus seguiu até um dos seus dois empregos, no Bairro Petrópolis.
- Eu cheguei na firma e estacionei a uns 20 metros do prédio. Ainda mostrei o carro para a porteira e para um colega. Nem deu tempo de tirar uma foto - contou.
Antes de desembarcar, Mateus ainda olhou o odômetro, que marcava 3km. Fechou o carro, que não tinha alarme, tranca ou seguro, e foi trabalhar. Bateu o ponto às 10h55min. Cerca de 15 minutos depois, a porteira ligou, dizendo que não via mais seu carro. O Gol havia sido furtado. Sobraram a chave e o carnê com 60 prestações de R$ 632. E a primeira vai vencer dia 25 deste mês.
- A sensação é de impotência. A gente não pode fazer nada. E depois dá muita raiva - desabafa.