quarta-feira, 9 de setembro de 2009

CCJ discute proibição de fichas sujas

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado discute nesta quarta-feira o texto do senador Antonio Carlos Júnior (DEM-BA) que propõe a proibição de participação no Conselho de Ética de senadores que respondam a processos por crimes contra o patrimônio público e que tenham tido, a qualquer tempo, contas rejeitadas em outros cargos ou pleitos, entre outras sugestões.Agora se isso acontecer, vai faltar candidatos para preecher as legendas.

Oferece propina e recebe voz de prisão

Ontem (08), Policiais Militares do 4º BPM, quando em patrulhamento na estrada Santa Fé, próximo do trevo de Lobato, onde a equipe parou a VTR no acostamento a fim de atender uma ligação telefônica, um veículo Celta parou próximo da equipe e seu condutor Diego Luiz Ribeiro se aproximou e disse que iria deixar o “valor do cafezinho pois estavam escoltando um caminhão com mercadorias eletrônicas”.
Diego estava com R$1.000,00. Diante da situação foi realizado abordagem ao passageiro do veículo Celta placas MWJ 2577, de Palmas-Tocantis, Rafael Augusto Amaral, 21 anos, o qual perguntou se precisava de mais dinheiro, sendo então dado voz de prisão, e ambos conduzidos à DP de Colorado, para serem autuados por corrupção ativa.

Cartórios querem aprovar reajuste de 50% nas custas

A Assembleia Legislativa começa a discutir na próxima semana um projeto de lei que aumenta em 50,5% o preço das custas judiciais e extrajudiciais – despesas pagas pelo contribuinte em cartório quando precisa de documentos públicos ou ingressa com ações judiciais.
O parecer ao projeto será votado terça-feira, na reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O relator da matéria é o deputado Caito Quintana (PMDB), que é dono de cartório.
Mesmo antes de ser votada a proposta já causa polêmica. De um lado, os serventuários da Justiça reclamam que as custas judiciais e extrajudiciais estão congeladas desde 2002 e que as despesas para custeio dos cartórios teriam crescido 150% no período.
Do lado estão os advogados, que consideram o aumento um grave entrave para o acesso da população à Justiça.
A mensagem, de autoria do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ), está tramitando na Assembleia desde dezembro de 2007, mas não foi votada ainda porque os deputados temem um desgaste político por aprovar o aumento das taxas. Mas agora, diante da pressão dos titulares de cartórios, o assunto vai ser desengavetado.

Fonte: Tudo Paraná

Canil setorial do 4ª BPM realiza certificação de cães

Amanhã (10 ), às 09h45min, ocorrerá a solenidade de certificação de 06 (seis) cães de faro de drogas no 4º Batalhão. Desses cães, dois são do Canil Setorial do 4º BPM.O Canil Central da Polícia Militar do Paraná enviará uma equipe que procederá a certificação dos cães, os quais já foram submetidos a diversos treinamentos e testes para o trabalho de faro de drogas.Haverá também uma demonstração do referido serviço com o emprego dos cães para que a imprensa faça a devida cobertura.

Furto de casa inteira em Maringá

A Polícia Civil investiga o furto de uma casa de madeira inteira que ficava localizada na Avenida Itororó, em Maringá. O desmanche deve ter ocorrido durante o feriadão, visto que somente na manhã desta terça-feira (8) o proprietário passou pelo local e percebeu que o terreno onde a casa de madeira estava construída encontrava-se vazio.
Ainda segunda a polícia, ao registrar o boletim de ocorrência, o dono disse que a residência estava alugada para uma família. Apenas algumas telhas espalhadas ficaram no quintal. Ainda não há pistas de quem desmanchou a casa e levou embora.

Fonte: Jm Maringá

Trânsito de Sarandi um verdadeiro caos

A população de Sarandi sofre com a desorganização do trânsito, é impressionante a muvuca nos horários de pico, vira um verdaeiro caos.
Enquanto isso, a administração Cidade para todos, parece estar paralisada diante do problema que é visível para os munícipes, menos para aqueles que foram eleitos, para administrar o município.

Abuso sexual em Arapongas

Uma suposta violência sexual no âmbito familiar chamou a atenção ontem no meio policial em Arapongas.
Um homem de 47 anos foi preso em flagrante ontem (8) por PMs da 3ª Companhia sob a acusação de ter estuprado a enteada de 27 anos, que segundo a polícia, seria deficiente física.
Na Delegacia de Arapongas o detido foi autuado em flagrante.
Ele afirmou ao delegado Valter Helmut Eckert Júnior que havia ingerido bebida alcoólica e não se lembrava direito sobre o que havia ocorrido e negou a autoria do crime.
A vítima foi encaminhada pela polícia para exame de conjução carnal com a finalidade de produzir prova material contra o padrasto acusado de estupro.

Fonte:Tribuna do norte