quinta-feira, 10 de setembro de 2009

HOMICÍDIO EM RONCADOR

Policiais Militares do DPM de Roncador informaram que por volta das 21h00min foram solicitados a deslocar na Rua Santa Luzia, nº 55, Bairro Anchieta, naquele município, local em que o Cabo do EB S. M. da L. J., pertencente ao 33º BIMTZ de Cascavel-PR, relatou que seu pai Sr. S. M. da L., 53 anos, desferiu um golpe de faca no tórax da pessoa de José Farias de Carvalho, 75 anos, sendo que a vitima com o ferimento, foi socorrida e encaminhada para o Hospital de Roncador, mas não resistiu e veio a óbito. O Cb do EB “S.”, relatou ainda que havia contratado os serviços de José Farias de Carvalho (vitima), para levar sua mudança para Cascavel, e seu genitor em visível estado de embriagues alcoólica, alegando invasão à residência teria feito a agressão. Segundo a informação da Equipe de serviço o Cb “S.” do EB, deu voz de Prisão ao seu genitor e aguardou a chegada da Policia Militar para providencias legais. O detido foi encaminhado a Delegacia local onde foi autuado em Flagrante por homicídio.

Vereador é preso acusado de pedofilia em Ubiratã

O vereador Luiz Francisco da Cunha, de 50 anos, do (PTB), de Ubiratã, na Região Centro-Oeste do estado, foi preso no final da tarde desta terça-feira (08), acusado de pertencer a uma rede de pedofilia na cidade. Além dele, um agricultor que não teve o nome divulgado, também foi preso na manhã desta terça (8)acusado do mesmo crime.
A prisão preventiva do vereador e do agricultor foi decretada após investigações do Ministério Público da Comarca de Ubiratã para desmantelar uma rede de pedofilia que atuava na cidade. “Até o final de semana a operação do MP com apoio da PM estará concluída. Há duas investigações e uma delas já ofereceu denúncia ao MP que resultou na prisão do vereador”, disse a promotora de Justiça, Elaine Munhoz Gonçalves Rodrigues. Conforme ela, o caso segue em segredo de Justiça. “Vamos divulgar uma nota através da assessoria do MP sobre o caso”.
O vereador e o agricultor foram encaminhados à delegacia de Ubiratã, apesar do delegado que se identificou como ‘Denis o único da região’, não confirmar a prisão. “Não confirmo nada. Não sei de nada. A investigação é do MP e corre em segredo de Justiça”, argumentou ‘Denis’.

Fonte: Jm Maringá

OCORRÊNCIAS DO SETOR POLICIAL EM SARANDI

LESÃO CORPORAL
09/09/2009 20:50

LOCAL: IMPERATRIZ LEOPOLDINA, ANA ELISA, SARANDI
VÍTIMA: R. F. P. 24 anos
A VITIMA INFORMOU QUE FOI VITIMA DE DISPARO DE ARMA DE FOGO, SENDO QUE O AUTOR ESTAVA EM UM VEÍCULO GOL DE COR
BRANCA QUE EVADIU-SE EM SEGUIDA. O DISPARO ATINGIU A PERNA DIREITA NA ALTURA DA TÍBIA, O QUAL FOI ATENDIDO PELO
SAMU.

ROUBO
09/09/2009 21:15
LOCAL: JURACI TERRA GUEL, R, PANORAMA, JD, SARANDI
VÍTIMA: E. M. A. 37 anos
ROUBADO: MOTOCICLETA AOO 5746
A VITIMA INFORMOU QUE CONDUZIA SUA MOTO PLACA AOO 5746, QUANDO FOI DERRUBADO DE SEU VEÍCULO POR DOIS INDIVÍDUOS
UM MORENO E OUTRO BRANCO E UM ARMADO DE REVÓLVER DEU VOZ DE ASSALTO LEVANDO O VEÍCULO TOMANDO RUMO
IGNORADO.

SEM ILICITUDE - ACHADO DE CADÁVER
09/09/2009 07:10
LOCAL: TRÊS LAGOAS, RUA, SANTANA, SARANDI
SEGUNDO SOLICITANTE NA RUA TRES LAGOAS HAVIA UM ELEMENTO EM ÓBITO, A EQUIPE COMPARECEU NO LOCAL E CONFIRMOU
QUE SE TRATAVA DE UM ANDARILHO DE NOME EDNALDO MÓIA 30 ANOS DE IDADE,POR SER TRATAR DE MORTE NATURAL FORAM
TOMADA AS PROVIDÊNCIAS NECESSÁRIA.
Nota

Câmara aprova em 1º turno PEC dos Vereadores

A Câmara dos Deputados aprovou ontem a noite, em 1º turno, por 370 votos a favor, 32 contrários e duas abstenções, a proposta de emenda à Constituição (PEC dos Vereadores), que aumenta o número de vereadores no país dos atuais 51.748 para até 59.791, e reduzem os percentuais máximos de repasses de recursos municipais para serem gastos com as câmaras de vereadores.
A proposta mantém 24 faixas de número de vereadores, de acordo com a população dos municípios, e que havia sido aprovada no ano passado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal. No entanto, a PEC muda a fórmula de cálculo das despesas com os legislativos municipais. Isso porque, na votação da proposta pelo Senado, foi alterado esse dispositivo.
A votação da PEC foi acompanhada por cerca de 500 suplentes de vereadores, que serão beneficiados com a proposta. Os suplentes lotaram as galerias do plenário da Câmara a fim de acompanharem a votação da matéria. A cada manifestação de deputado favorável à PEC, eles acenavam com lenços brancos. O resultado da votação foi aplaudido de pé pela ocupantes da galeria.
Na comissão especial que analisou o mérito da PEC dos Vereadores, o relator da matéria, deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), trabalhou de forma célere e apresentou seu parecer logo que foi concluída a fase de apresentação de emendas. O parecer foi aprovado na comissão e levado à votação no plenário. O relator não fez qualquer mudança no texto aprovado pelo Senado. Na votação desta quarta-feira, os deputados também mantiveram o texto do Senado. Com isso, se a PEC for aprovada em segundo turno, ela será promulgada sem nova votação dos senadores.

Fonte: O Globo