quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Após 12 anos "na gaveta", Maceió regulamenta lei que pune homofobia

Empresas e servidores públicos de Maceió que cometerem atos discriminatórios contra homossexuais serão, a partir de hoje, punidos com rigor. O atual prefeito da capital alagoana, Cícero Almeida, assinou nesta quinta-feira (15) um decreto que regulamenta a lei municipal 4.667/97, que prevê punições para qualquer ato de preconceito sexual: Fonte UOL


SENA CARICATA


O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) desfilou nesta quinta-feira (15) de cueca vermelha pelo Salão Azul do Congresso Nacional.

PREFEITO NÃO ATENDE REIVINDICAÇÃO DE VEREADORES



O que podemos observar pelos discuros por parte dos vereadores na sessão da câmara de Sarandi desta quinta-feira é que, o prefeito Milton Martini não está atendendo os pedidos feitos pelos membros daquela casa de leis.
Pelas explanações feitas tanto pelos de situaçao e os de oposição é que, a administração não tem feito quase nada para melhorar as condições das ruas que estão todas esburacadas.
Os vereadores afirmaram que a cidade está totalmente abandonada e que, o prefeito não tem dado a minima importância.

VEREADOR RECLAMA DA SÁUDE DE SARANDI



Durante a sessão ordinária da câmara de vereadores de Sarandi nesta quinta-feita, vários edis, demostraram descontentamento com a administração municipal. Uma das reclamações partiu do vereador Reginaldo que, falou  sobre um cidadão Sarandiense que tem problemas de obesidade, e que tem cirurgia marcada em Curitiba. Ate ai tudo bem, o problema é que, para ser submetido a cirurgia o paciente precisa fazer um exame de eletrocardiograma. Ocorre que, o pronto socorro tá sem o aparelho para o referido exame.
É literalmente, a saúde de Sarandi está na UTI.

COMO PRESENTE DE ANIVERSÁRIO SARANDI RECEBE 500 TONELADAS DE LIXO


Ao completar 28 anos, Sarandi recebe como presente dos Barros, 500 toneladas de lixo por dia, isso que é presente de grego.
Vale lembrar que a administração Martini, contribui muito para que esse presente viesse para nossa querida cidade.
A verdade é uma só, se realmente ouvesse interesse por parte do executivo e legislativo, isso não teria acontecido. Fica ai a indignação dos Sarandieses que não tem os seus anseios respeitados por aqueles que, para conseguir o voto prometem o mundo e o fundo, só que depois viram as costas para o povo e atendem simplesmente seus próprios interesses.

SARANDI SOFRE COM A FALTA DE INFRAESTRUTURA

Mais uma vez, Sarandi sofre devido as fortes chuvas e falta de infraestrutura. Durante o temporal desta madrugada, vários bairros foram afetados e casas alagadas.
Por outro lado observamos a administração, confeccionando jornal e distribaindo para a poplação, numa tentativa de mostrar que está fazendo investimentos sendo que na verdade a cidade vive um caos.

O VALOR DO EDUCADOR

Ser transmissor de verdades,
De inverdades...
Ser cultivador de amor,
De amizades.
Ser convicto de acertos,
De erros.
Ser construtor de seres,
De vidas.
Ser edificador.
Movido por impulsos, por razão, por emoção.
De sentimentos profundos,
Que carrega no peito o orgulho de educar.
Que armazena o conhecer,
Que guarda no coração, o pesar
De valores essenciais
Para a felicidade dos “seus”.
Ser conquistador de almas.
Ser lutador,
Que enfrenta agruras,
Mas prossegue, vai adiante realizando sonhos,
Buscando se auto-realizar,
Atingir sua plenitude humana.
Possuidor de potencialidades.
Da fraqueza, sempre surge a força
Fazendo-o guerreiro.
Ser de incalculável sabedoria,
Pois “o valor da sabedoria é melhor que o de rubis”.
É...
Esse é o valor de ser educador.

Temporal deixa 2 mil casas destelhadas e mata um no interior do PR

Aproximadamente duas mil residências foram danificadas nas regiões Oeste, Sudoeste, Noroeste, Norte e Centro-Sul do Paraná entre a tarde de quarta-feira (14) e a madrugada desta quinta-feira (15) por conta de fortes chuvas que atingiram a região. De acordo com balanço preliminar da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná, uma pessoa morreu e outras 27 ficaram feridas por conta dos estragos provocados pelo mau tempo.
Fonte: Tudo Paraná

Com ventos de 115 km/h, Maringá tem o pior temporal do ano


Um forte temporal na madrugada desta quinta-feira (15) derrubou árvores, deixou bairros sem energia elétrica e destelhou pelo menos uma casa em Maringá. A estação meteorológica do Aeroporto Silvio Name Junior registrou ventos de 115 km/h. Na avaliação do secretário de Serviços Públicos, Vagner Mússio, este foi o pior temporal do ano na cidade. A Copel informa que 7,5 mil residências permaneciam sem luz elétrica até às 8h50. Cerca de 300 homens do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil e da própria Secretaria de Serviços Públicos, além de 56 da Copel, trabalham para amenizar os estragos causados pela chuva.

Fonte: Jm Maringá