quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Morre de câncer em Curitiba Luiz Carlos Alborghetti, o "Cadeia"



Morreu nesta quarta-feira (9), aos 64 anos, o apresentador Luiz Carlos Alborghetti. Ele lutava contra um câncer no pulmão, que havia se alastrado para outras partes do corpo, desde março deste ano, quando a doença foi descoberta. Alborghetti, que foi deputado estadual durante 16 anos e vereador em Londrina por cinco anos, deixa três filhos, quatro netos e a mulher, Maria Auxiliadora Alborghetti.
“Ele já estava muito debilitado e fazendo o tratamento em casa. O caso dele era muito complicado. Quando descobriram o câncer, já havia metástase. Graças a Deus ele não teve dores, e morreu dormindo”, contou, emocionada, a mulher dele, Maria Auxiliadora. Segundo ela, Alborghetti não falava mais já há algum tempo. “Ele foi parando de falar aos poucos. Mas quando ainda estava lúcido, tinha esperança de voltar ao rádio e à televisão.”
Alborghetti apresentava o programa “Cadeia Alborghetti”, na Rádio Colombo em Curitiba, quando descobriu o câncer, em março deste ano... [ler mais]

Lula propõe tornar corrupção crime hediondo


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou e envia nesta quarta-feira (9) ao Congresso um projeto de lei que caracteriza como hediondos os crimes de corrupção passiva, corrupção ativa, peculato e concussão. "Pode ser que não resolva, mas pelo menos a gente começa a passar para a sociedade (a ideia de) que não há impunidade. Está muito forte na cabeça das pessoas que o cara que rouba um pão vai preso e que o que rouba R$ 1 milhão não vai preso", disse o presidente, durante discurso na reunião realizada em um hotel de Brasília pela Controladoria-Geral da União (CGU) e pela Organização das Nações Unidas (ONU) para marcar o Dia Internacional contra a Corrupção... [ler mais]

E O LOBBY CONTINUA

A articulação que o irmão do prefeito Milton Martini vem fazendo em Sarandi é bastante grande, no intuito de reverter o quadro negativo  que esta estabelecido na administração. De acordo com informações o irmão do prefeito Celso Martini já teria se reunido com o presidente da Comissão Processante (CP), Luiz  Carlos Aguiar. Se a Comissão vai terminar em uma bela Pizza eu não sei mais, é importante ficar de olho.

Denúncia envolve o vereador

Silvia de Moura Guedes é catadora de recicláveis em Maringá. Tem 35 anos, mora com a mãe e um irmão no Residencial Aeroporto. Ano passado, junto com cerca de outras 30 pessoas, foi contratada pelo vereador Aparecido Domingos Regini (PP), atual presidente interino da Câmara Municipal de Maringá. Trabalhou dois meses como cabo eleitoral e recebeu R$ 250,00 por mês, R$ 500,00 no total. Ela, assim como os outros, entregou a Carteira de Trabalho para registro temporário, como determina a legislação eleitoral, mas não foi registrada; a CTPS foi devolvida intacta.
Como faz todos os anos, em 22 de outubro último Silvia foi receber o PIS/Pasep quando descobriu que não teria direito ao benefício, pois havia recebido além do permitido pela legislação (até dois salários mínimos mensais). Entre agosto e dezembro de 2008 ela foi funcionária da Câmara Municipal de Maringá, recebendo nesse período R$ 10.258,69... [ler mais]

HOMEM É EXECUTADO COM 18 TIROS EM MARINGÁ

Mais uma morte violenta em Maringá, foi na noite desta terça-feira (8), quando um homem foi assassinado com 18 tiros, na Zona norte daquela cidade. A central do Corpo de Bombeiros recebeu... [ler mais]

PROMESSA NÃO CUMPRIDA, ASFALTO DA AV.MARINGÁ AINDA NÃO COMEÇOU

E o asfalto da Av. Maringá  que liga o cemitério em Sarandi que, havia sido prometido pela administração municipal, ainda não começou. De acordo com informções no site da prefeitura, o asfalto começaria no dia (3) de Dezembro e, até hoje nenhuma movimentação  no local.  Vale ressaltar que o secretário de Urbanismo Bauer, afirmou na manhã de terça-feira (8), que  a obra começaria   nesta quarta-feira só que, até o momento esta tudo como dantes, na terra de abrantes.

DE PAULA PODE SER OUVIDO PELA COMISSÃO PROCESSANTE

Informaçoes dão conta de que, o vice- prefeito Carlos De Paula  de Sarandi, deve ser notificado  pela comissão processante que investiga irregularidades na administração Martini, para dar  explicações  sobre as denúncias. Isso deve acontecer nos   próximos dias.

Assembleia aprova, “no escuro”, contas de Requião de 2007

A Assembleia Legislativa aprovou ontem, sem maiores discussões, e sem que os próprios deputados tivessem acesso aos documentos, parecer favorável à prestação de contas do governo Requião de 2007. Ainda ontem, a Comissão de Tomada de Contas da Casa aprovou também parecer do deputado Edson Strapasson (PMDB), às contas de Requião relativas a 2006, que deve vir à plenário nos próximos dias. Em ambos os casos... [ler mais]