Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 9, 2010

PAIS DE ALUNOS DO JARDIM PANORAMA INDIGNADOS

O descaso com a Educação no município de Sarandi ultrapassa o limite do aceitável.

Pais de alunos que moram no Jardim Panorama, não conseguiram vagas para seus filhos na Escola do Bairro, e a alternativa encontrada por parte do Núcleo de Educação em Maringá, juntamente com a Secretaria de Educação de Sarandi, foi usar o espaço da Faculdade Unissa, que fica na divisa de Sarandi com Marialva.

Ocorre que este descaso com a Educação no município de Sarandi, esta deixando os pais revoltados, tanto que muitos não permitiram que seus filhos fossem estudar naquele local e estão sem estudar.

Recebi na tarde desta terça-feira (9), um telefonema de uma mãe de aluno por nome Doroty, moradora na Rua Barcelona no Jardim Panorama, indignada com a situação.

Ela disse que em torno de 20 alunos foram estudar na Unissa na manhã desta terça-feira, inclusive seu filho de 11 anos, só que os alunos não haviam retornado até por volta das 13:30 mm, para suas casas.

Ela disse que os ônibus prometidos não estão…

VEREADOR ASSASSINADO

De acordo com as informações,o vereador da cidade de Sulina, município de aproximadamente 4 mil habitantes situado no sudeste do Paraná, perto de Pato Branco, foi assassinado a tiros por um elemento que fugiu num carro que o aguardava.

Trata-se de Nelson Manoel da Mota (PDT), 49 anos residência na comunidade de Linha Barra do Fartura, em Sulina.

Além de vereador, Mota também era vice-presidente da Cooperativa Cresol de Chopinzinho.

CERCO A CORRUPÇÃO

Será encaminhado nesta segunda-feira ao congresso nacional pelo presidente Luiz Inácio Lula Da Silva, um projeto de lei que visa responsabilizar, empresas que praticarem atos de corrupção contra a administração pública nacional e internacional.

Agora, será que eles vão aprovar uma lei que pode punir eles proprios? É a pergunta que não quer calar.

CIRTIDÃO DO JUDICIÁRIO CONFIRMA A EXISTÊNCIA DE AÇÕES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO MARTINI

Imagem
Quando o prefeito Milton Martini (PP), prestou depoimento na Comissão processante da Câmara de vereadores, que investiga possíveis irregularidades em sua administração, questionado se tinha alguma ação contra ele na Justiça, foi enfático em afirmar que não tinha nenhuma ação contra ele e sua administração.

Portanto, ele faltou com a verdade na Comissão processante, veja esta certidão da Justiça de Sarandi atestando que existem as tais ações.