quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

POPULAÇÃO DO JARDIM ESPERANÇA EM SARANDI REVOLTADOS POR FALTA DE ILUMINAÇÃO PUBLICA

Acompanhando as programações das tvs de Maringá na hora do almoço, me deparei com uma reportagem exibida no programa Tribuna da massa, na Rede Massa.

A reportagem como quase todas que diz respeito à cidade de Sarandi, era sobre o descaso desta administração com a população.

O assunto abordado foi a falta de iluminação publica no Jardim Esperança.

Os moradores e comerciantes falavam indignados sobre o abandono da cidade por parte da administração Martini, que não consegue fazer uma licitação para troca de lâmpadas.

Muitos diziam que a falta de lâmpadas, facilita a ação dos bandidos, que vem agindo constantemente, praticando furtos e assaltos em residências e comércio.

No final da reportagem, o apresentador Canário desabafou com indiganação, cobrando do judiciário e ministério publico de Sarandi uma intervenção no município, diante do caos que esta a administração Martini.


Sem sombra de dúvidas, o apresentador esta correto, pois tanto a justiça, como o ministério publico, devem tomar uma decisão para colocar esta cidade nos trilhos.

Digo mais, a responsabilidade é maior sobre os vereadores que compõem o legislativo, pois foram eleitos para fiscalizar, cobrar e defender o cidadão que paga altos tributos, e que estão sendo ignorados por uma administração incapaz de atender as necessidade básicas de um povo sofrido, humilhado, mais que jamais perdem as esperanças.

TARADO DA CALCINHA

Um fato vem chamando a atenção da polícia civil de Ibiporã, trata-se de um homem que vem sendo chamado de tarado da calcinha.

De acordo com a polícia, ele já teria feito três vítimas na cidade.

Informações da polícia dão conta de que o rapaz intimida as mulheres com uma arma, e as obriga a ficarem nuas.

Em seguida ele rouba a calcinha das vítimas e sai cheirando a mesma.

Outra curiosidade no caso é que, o tarado escolhe mulheres jovens e bonitas que são abordadas em plena luz do dia.

DEPURAÇÃO

Três dos oito deputados da Câmara do distrito federal, envolvidos no escândalo do mensalão do DEM, devem ser cassados.

O corregedor da Casa, deputado Raimundo Ribeiro (PSDB), deve pedir a abertura de processo por quebra de decorro parlamentar contra Leonardo Prudente (sem partido, ex-DEM), Eurídes Brito (PMDB) e Júnior Brunelli (PSC). A decisão para abrir os processos, assim como o de impeachment do governador afastado, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), foi tomada na sexta-feira.

ELEITORES DOARAM R$ 155 MILHÕES AOS PARTIDOS EM 2009

No ano passado, os 132 milhões de eleitores brasileiros fizeram uma doação conjunta de R$ 155 milhões aos partidos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Foi uma contribuição indireta e obrigatória - o dinheiro saiu do Tesouro Nacional, ou seja, parte dos impostos pagos pelos cidadãos serviu para subsidiar as atividades de todas as 27 legendas existentes no País.

Em 2010, o Fundo Partidário receberá R$ 160 milhões dos cofres públicos. Outra fonte de receita do fundo são as multas aplicadas aos eleitores e aos partidos - em 2009, esse montante chegou a R$ 29 milhões.

O bolo é dividido de forma proporcional, conforme o porcentual de votos de cada partido na eleição para a Câmara. Com o fracionado ... [ler mais]

SARANDI NA CONTRA MÃO DO DESENVOLVIMENTO

Quando que esta administração de Sarandi vai começar a fazer alguma coisa de fato com o dinheiro dos nossos impostos?


A cidade esta literalmente abandonada, sem projetos de infraestrutura, os buracos continua aumentando e os paliativos já não resolvem nada.


Sarandi precisa de administradores que tenham um projeto de desenvolvimento para a cidade.


Infelizmente o que vemos, são administradores com um único objetivo que é meramente se manter no poder a todo custo e se enriquecerem, sem se preocuparem com o mais importante que é o progresso do município de Sarandi.