sábado, 6 de março de 2010

APÓS 3 DE JULHO FICA PROIBIDO PELA JUSTIÇA ELEITORAL A INAUGURAÇÃO DE OBRAS A QUALQUER CANDIDATO

Candidatos nas eleições de 2010 estão proibidos, a partir de 3 de julho, de participar de inaugurações de obras públicas. Antes, a Justiça Eleitoral proibia apenas candidatos a presidente, governador e vice. O calendário eleitoral foi publicado hoje (5) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O calendário também define que a propaganda eleitoral só pode ser feita a partir de 6 de julho.

Já os registros de candidatura devem ser feitos pelos candidatos até o dia 10 de julho. Antes, a Justiça Eleitoral concedia ao candidato 48 horas para o registro depois do encerramento do prazo dado aos partidos políticos. Este novo prazo passa a ser contado a partir da publicação da lista de candidatos pela Justiça Eleitoral.

Outra novidade é que os candidatos deverão apresentar certidões criminais no ato de registro de sua candidatura para as eleições de 2010. Além das certidões criminais emitidas pelas Justiças Estadual e Federal de 1º e 2º graus de seu Estado e do tribunal competente nos casos de foro especial, a nova regra exige certidões criminais emitidas pela Justiça Federal e pela Justiça do Distrito Federal de 1º e 2º graus.

HOMEM QUE SE INTITULULVA FILHO DE " SATANÁS " PARA PRATICAR ESTUPRO ESTÁ NA CADEIA

Policiais da delegacia de Alto Maracanã, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, prenderam um suspeito de raptar uma adolescente, de 17 anos, para estuprá-la em rituais satânicos. O homem, que se autointitula “filho de satanás”, sequestrou a garota em 13 de fevereiro, em Colombo, e foi preso na tarde de quarta-feira (03), em Lages (SC). O preso será indiciado por estupro, sequestro e cárcere privado.
A identidade do detido será divulgada assim que o Instituto de Identificação confirmar os dados para a delegacia, já que ele não tinha nenhum documento e forneceu dois nomes diferentes para a polícia. “Ele dizia que incorporava o demônio e estuprava a jovem. O homem também falava que era filho de satanás e que tinha cerca de 300 anos”, contou o delegado Rafael Vianna, que coordenou as investigações.
Segundo o delegado, o criminoso se aproximou do namorado da jovem, já interessado na garota. Depois do primeiro contato, ele a teria estuprado em suposto ritual, sob ameaças. Para que ninguém contasse o crime à polícia, ele dizia que era ligado a satanás e que muita coisa poderia acontecer.