quinta-feira, 3 de junho de 2010

Jovem perde a vida entre Jandaia do Sul e Mandaguari


Por volta das 16h20 dessa quarta-feira (02), um grave acidente tirou a vida do mandaguariense Luiz Fernando Lopes (foto), de 18 anos de idade. O jovem conduzia um veículo Corsa de placas de Mandaguari, quando próximo ao pesqueiro, entre Jandaia do Sul e Mandaguari perdeu o controle vindo a capotar por diversas vezes.

Ele chegou a ser socorrido pela equipe da Viapar que o encaminhou para o Hospital Metropolitano de Sarandi, mas não resistiu aos ferimentos. Luiz Henrique Masala Parassoli, também de 18 anos de idade, que também estava no veículo, foi socorrido pela equipe da Defesa Civil de Mandaguari e está internado. Com informações do Mandaguari Online.

Morre Vanderlei Iensen, presidente da Celepar


Uma parada cardíaca causou a morte, na tarde de ontem, do presidente da Celepar, Vander­­­lei Falavinha Iensen, de 44 anos. Representante da As­­­sembleia de Deus em Curitiba, Iensen começou na vida política em 2002, quando se elegeu deputado estadual pelo PDT. Foi chefe de gabinete do ex-governador Roberto Requião e, desde janeiro de 2009, era presidente da Celepar, órgão responsável pela área de informática do governo do estado.

O governador Orlando Pes­­suti decretou luto oficial de três dias no estado. O velório do corpo está sendo realizado na sede da Igreja Assembleia de Deus, na Avenida Cândido de Abreu, em Curitiba. Até o fechamento desta edição não haviam sido divulgadas informações sobre o sepultamento.

Roberto Requião disse que Iensen era “um sujeito corretíssimo, limpíssimo, e um grande amigo”. “Ele estava passando por um tratamento contra a leucemia e já tinha passado por duas cirurgias no coração. Na semana passada falei com o médico dele, doutor [Ricardo] Pasquini, e ele me informou que o tratamento estava sendo um sucesso”, afirmou Requião. No entanto, com a imunidade baixa, o ex-deputado não resistiu a uma gripe, que complicou seu quadro, resultando na parada cardíaca que o matou.

Trajetória

Vanderlei Iensen nasceu em Apucarana. Era filho de Mercedes e Matheus Iensen, proprietário da Rádio Ma­­­rumby, tradicional AM da comunidade evangélica de Curitiba. Evangelista na Assembleia de Deus, Vanderlei trabalhou na rádio por vários anos. Só se afastou em 2002, quando decidiu tentar a sorte na política como candidato a deputado estadual.

Candidato pelo PDT, foi eleito com 44 mil votos. Durante o mandato, foi relator da CPI que investigou a administração da Copel. Em 2004, se licenciou da Assembleia para ser chefe de gabinete de Requião. Em 2006, disputou novamente a eleição para deputado estadual, desta vez pelo PMDB. Fez 29 mil votos e se tornou suplente. Seu último cargo foi na Celepar. Deixa a esposa Nilcéia e as filhas Suzi, 22 anos, e Priscilla, de 20 anos.

Vereador é acusado de matar rapaz a pauladas

Um vereador do município de Rolândia é acusado de ter matado um rapaz a pauladas. Wesley Rafael Naves do Nascimento, de 22 anos, morreu no Hospital Universitário de Londrina, nesta quarta-feira (2) vitima de traumatismo craniano.


Segundo familiares da vitima, a agressão que causou a morte do jovem partiu do vereador Roberto Souza Porto, ou "Roberto Peruca", como é conhecido na cidade. O fato ocorreu na noite de segunda-feira. Segundo a polícia apurou, Wesley Nascimento e três amigos estavam próximos da capela mortuária do distrito rural de São Matinho quando o sub-prefeito Marco Antonio de Jesus e Roberto Peruca chegaram armados com possivelmente com uma foice e um cabo de machado.


Os outros rapazes teriam conseguido fugir, mas Nascimento foi atingido por pauladas e sofreu traumatismo craniano. Ele fo atendido inicialmente em um hospital de Rolândia, mas diante da gravidade de seu quadro, acabou transferido para o HU, em Londrina.


O delegado de polícia Pedro Lucena declarou à TV Tarobá que em seu primeiro depoimento o vereador alegou legítima defesa: "Ele disse que haviam furtado sua residência e que quando se aproximou dos rapazes, tentaram agredí-lo e ele reagiu".


O sub-prefeito ainda não teria sido ouvido. Nesta quarta-feira nem ele, nem o vereador foram localizados em Rolândia pela equipe de reportagem da TV.