sexta-feira, 4 de junho de 2010

As razões da insegurança pública

Beto Richa



O Brasil tornou-se um dos países mais violentos do mundo e o Paraná está no centro do problema, como uma das principais rotas nacionais do tráfico de drogas, poderoso combustível do crime organizado. Nas grandes e pequenas cidades, no meio rural e nos centros urbanos, a constatação é unânime: a violência é um dos maiores fatores de preocupação das famílias.


Nosso plano de trabalho será concluído em julho, mas desde já é imperativo aprofundar a discussão sobre as possíveis soluções, pois a segurança dos paranaenses não pode continuar sendo negligenciada.

Um diagnóstico preliminar indica medidas a serem priorizadas. A primeira delas, absolutamente inadiável, é a recomposição dos efetivos policiais, de acordo com critérios técnicos, demográficos e de índices de ocorrências em cada município. O número de policiais civis (3.075) e militares (17.116) é menor do que há 20 anos. Nesse período, a população do Paraná cresceu quase 30% e a violência aumentou de maneira alarmante.

Em dezenas de municípios o número de soldados da PM caiu drasticamente nos últimos anos. É o caso de Quatiguá, onde estive em abril. O município de sete mil habitantes tinha nove policiais em 2002. Hoje tem apenas quatro. Não são poucos os casos em que há apenas um policial em serviço.

O aumento da violência no Estado, medido pelo índice de homicídios, está diretamente associado à redução dos efetivos da PM, que ocorreu de forma ainda mais dramática na Região Metropolitana de Curitiba, onde o número de soldados, que era de 4.880 em 2002, caiu para os atuais 3.442. Desses, apenas 1.977 estão incumbidos do patrulhamento das ruas e das emergências comunicadas pelo telefone 190. Há que se considerar ainda que 20% estão em férias, licença ou em cursos, o que significa que temos hoje um contingente de apenas 1.582 policiais.

Levando-se em conta ainda que o serviço é realizado 24 horas por dia, sete dias por semana e o ano inteiro, os policiais são empregados em regime de escalas de serviço, divididos em quatro equipes. Assim, cada equipe terá no máximo 395 policiais. Na prática, pelo sistema inadequado de gestão adotado, temos no trabalho de atendimento direto à população uma relação de um policial para cada 8.442 habitantes na Região Metropolitana de Curitiba.

A ampliação dos efetivos é uma condição essencial para fortalecer o policiamento ostensivo e facilitar a realização de operações conjuntas com participação da Polícia Federal, em ações incisivas capazes de desarticular as gangues do tráfico.

Fortalecer o policiamento comunitário com a criação de conselhos municipais de segurança e uma efetiva aproximação entre policial e cidadão parece-nos um excelente caminho rumo à paz social. Mas desde que a sua implementação se faça conforme as características do bairro ou cidade sob jurisdição da polícia comunitária.

É essencial observar critérios como população, parâmetros sociais, índice de ocorrências e modalidade de crimes mais freqüentes. Isso pode viabilizar uma parceria com as guardas municipais, existentes em 24 cidades do Estado.

A integração real entre as polícias Civil e Militar, mediante a adoção de documentos universais e a padronização de sistemas e cadastros, terá efeitos contundentes no combate ao crime, sobretudo nos casos de roubo de veículos e assaltos a residências, dando resposta rápida e eficaz ao cidadão lesado.

Esta eficiência que se almeja não será alcançada sem o combate sem tréguas aos eventuais desvios de conduta. Contudo, não há melhor maneira de enfrentar a corrosão moral em qualquer corporação sem uma política de valorização do organismo policial, o que inclui a PM, a Polícia Civil, o Instituto Médico Legal e o Instituto de Polícia Técnica.

O Estado deve deixar bem claro que está atento ao bem-estar pessoal e profissional do policial. Precisa assegurar condições de trabalho, dotando as corporações de armas e equipamentos modernos, veículos, munição e combustível. Não é admissível que um policial deixe de fazer patrulhamento por falta de gasolina em sua viatura.

A rearticulação da Polícia Militar e o investimento vigoroso nas ações de inteligência para prevenção e investigação são outras providências imprescindíveis.

Também é essencial controlar a circulação de armas de fogo, atuar nas causas básicas – desemprego, impunidade, desigualdade social e falta de oportunidades para os jovens – e agir com rigor absoluto na repressão ao tráfico.

Futuramente, vamos aprofundar este debate, bem como examinar a experiência exitosa de Curitiba a partir da Secretaria Antidrogas, criada em minha gestão.



Beto Richa, ex-prefeito de Curitiba, é pré-candidato ao Governo do Estado pelo PSDB.

Assaltante invade lanchonete, dorme no local e é preso

A polícia prendeu, na manhã desta sexta-feira, um rapaz de nome Ricardo Dias Duarte, 30 anos, acusado de roubar uma lanchonete no Pilarzinho. As circunstâncias da prisão é que foram bizarras. O ladrão foi encontrado dentro da própria lanchonete, dormindo em um canto, após ter comido chocolates e sorvetes. As informações são da rádio Banda B.

Segundo o comerciante Alexandre José de Castro, dono da lanchonete, o aviso de roubo veio do dono da panificadora que funciona ao lado. Ao entrar no estabelecimento, ele encontrou tudo revirado. Depois, encontrou o próprio assaltante, dormindo. Duarte havia arrombado a porta de trás da lanchonete. “Lá estava o ‘infeliz’, encolhido e tirando uma soneca depois da janta”, disse Castro em entrevista à Banda B.

Ao lado do ladrão, havia um DVD e um celular, que provavelmente seriam levados do local, se ele tivesse fugido em vez de dormir. Com a chegada da Polícia Militar, foi constatado que Duarte estava embriagado.

Polícia Rodoviária de Cianorte faz apreensão de drogas



 

Ás 06h40m desta sexta-feira (4), a equipe de Policiais Militares Rodoviários do Posto de Cianorte, ao darem atendimento a um acidente na rodovia PR 323, 207, constataram o capotamento do veículo marca VW, modelo Gol de Eldorados/MS.

Após efetuarem uma revista em seu interior, constataram que o mesmo estava transportando 02 (dois) sacos e 02 (duas) caixas contendo 133 (cento e trinta e três) tabletes, que estavam acondicionados em fita adesiva, e ao abrirem constataram que se tratava de Cannabis Sativa (maconha).

A droga foi pesada totalizando 116,00 (cento e dezesseis) kilos, sendo encaminha a Delegacia de Cianorte juntamente com o veículo para as providência cabíveis.

Jurado se excita com depoimentos e julgamento é cancelado

Sydney (Austrália), 4 jun (EFE).- Um julgamento sobre abusos sexuais na Nova Zelândia teve que ser suspenso depois que um membro do júri se excitou ao escutar os testemunhos das vítimas, informou a imprensa local.

O homem, de idade avançada, confessou à juíza que, durante a primeira jornada do processo, as declarações de duas meninas adolescentes fizeram com que se excitasse tanto que, no dia seguinte, precisou usar um preservativo, segundo o jornal "New Zealand Herald".

A magistrada, Mary Beth Sharp, parou o julgamento por desacato ao tribunal e anunciou que o processo não será retomado até que seja formado um novo júri, já que o homem relatou a situação também aos demais participantes.

Fontes judiciais citadas pelo jornal afirmaram que fatos como este demonstram que os casos de abusos sexuais devem ser julgados unicamente pelo juiz, como acontece em muitos países europeus.

Ocorrências atendidas pela polícia militar de Sarandi

FURTO QUALIFICADO
02/06/2010 09:00
LOCAL: PONTA PORÃ, R, BELA VISTA, SARANDI
SEGUNDO A SOLICITANTE, ELEMENTOS ADENTRARAM À CRECHE E FURTARAM UM TELEVISOR 21' MARCA CCE; UM RÁDIO CD PLAYER
IGNORADA; UMA CENTRIFUGA MARCA VANKE E 04 PACOTES DE ARROZ MARCA VOGERAL. A VITIMA FOI ORIENTADA.

FURTO QUALIFICADO
02/06/2010 13:00
LOCAL: JOSE MUNHOZ, RUA, CENTRO, SARANDI
FURTADO: ALIMENTO SEIS CAIXAS DE FRANGO, 16 KG CADA
RELATA A VITIMA QUE É FUNCIONARIO DA EMPRESA COPACOL E HAVIA DOIS CAMINHÕES ESTACIONADOS NO ENDEREÇO ACIMA POR
OCASIÃO DO HORARIO DE ALMOÇO, E UM DELES FOI VITIMA DE FURTO E O OUTRO DE DANOS. FOI ORIENTADO.

FURTO SIMPLES
02/06/2010 17:57
LOCAL: MONTREAL, AVENIDA, PANORAMA, SARANDI
VÍTIMA/SOLICITANTE: ADOLESCENTE 17 anos
ABANDONADO: DINHEIRO
ROUBADO: CORRENTE DE PESCOÇO PRATA DE BALI 01
ROUBADO: NAO DEFINIDO ANEL 01 DE PRATA DE BALI
SEGUNDO A VITIMA UM ELEMENTO ARMADO COM UMA FACA, ADENTROU NA LOJA E DEU VOZ DE ASSALTO, ROUBANDO ALGUMAS
PEÇAS DE ROUPA, E CERTA QUANTIA EM DINHEIRO. CARACTERISTICAS LOIRO APROXIMADAMENTE 23 ANOS USANDO CAMISETA
VERMELHA E CALÇA DE MOLETON.

PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO - USO PERMITIDO
02/06/2010 15:35
LOCAL: MARINGÁ, AV, JD NOVO PAULISTA, SARANDI
PRESO: T. H. D. S. 20 anos
VÍTIMA/SOLICITANTE: J. G. F. 27 anos
RELATA A VITIMA QUE ADENTROU Á SUA LOJA UM INDIVIDUO ARMADO COM REVOLVER E ANUNCIOU O AASSALTO, MOMENTO EM QUE
INVESTIRA CONTRA O AGRESSOR E APOS SOFRER UMA CORONHADA NA CABEÇA ACABOU POR DETER O MELIANTE ATÉ A CHEGADA
DA EQUIPE, QUE EFETUOU A CONDUÇÃO DO DETIDO À DP ONDE FOI AUTUADO POR TENTATIVA DE ROUBO E LESÕES CORPORAIS.

ROUBO
02/06/2010 12:35
LOCAL: MONTEVIDEU, AV, CASTELO, SARANDI
ROUBADO: DINHEIRO
ROUBADO: CARTAO TELEFONICO 30 UNID
RELATA A VITIMA QUE DOIS INDIVIDUOS ARMADOS ADENTRARAM SEU ESTABELECIMENTO E ANUNCIARAM O ASSALTO, TENDO
FUGIDO EM SEGUYIDA LEVANDO CERTA QUANTIA EM DINHEIRO, UTILIZANDO UM MOTOCICLETA TITAN COR PRETA. FOI ORIENTADO.