Postagens

Mostrando postagens de Junho 5, 2010

Ficha Limpa deve valer para as eleições deste ano, diz presidente da OAB

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, defendeu a aplicação da Lei Ficha Limpa já nas eleições deste ano. O principal argumento dele é o fato de ainda não haver candidaturas registradas. “Não se trata de retroagir a lei para alcançar os mandatos daqueles que hoje ocupam cargos eletivos, mas de aplicar a lei para as novas candidaturas”, afirma Ophir, em nota.


Para o presidente da OAB, a lei pode seguir o caminho da Lei de Inelegibilidades, aprovada em 1990, que entrou em vigor no mesmo ano. “Portanto, esse procedimento encontra total amparo na história constitucional do país.”


Cavalcante afirma ainda que a sanção do projeto sem alterações demonstra que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, assim como o Congresso Nacional, interpretou o sentimento de quase 2 milhões de eleitores que pedem o fim da corrupção.

Marido confunde mulher com onça e mata-a

Imagem
O sargento José Carlos Medeiros de Lima, comandante da Polícia Militar, explicou que o casal pescava em pontos diferentes da sua propriedade rural numa área de mata fechada. Antes da hora do almoço, Edersira Aparecida Maikute Jonck, de 52 anos, saiu do local onde estava para ir ter com o marido.

Ao ouvir barulho na vegetação, Geraldo Saitz Jonck, de 50 anos, assustou-se e suspeitou que fosse um animal. O homem puxou de uma espingarda calibre 28 e disparou, atingindo a mulher no braço esquerdo e no coração.

Geraldo contou à polícia que só se apercebeu que era a sua mulher quando a ouviu gritar, já depois de ter sido ferida. Com a ajuda de vizinhos, ainda tentou levá-la para o hospital, onde a vítima já chegou sem vida.

Geraldo explicou que, quando ouviu barulho na vegetação, pensou que se tratava de um animal, como uma onça. O homem chegou a ser preso, mas foi libertado em seguida.

Pesquisa Ibope mostra Dilma e Serra empatados em 37%

Pesquisa Ibope de intenção de voto para presidente da República divulgada neste sábado (5) aponta Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) empatados. Os dois têm 37% das preferências e Marina Silva (PV), 9%.

O Ibope ouviu 2.002 eleitores em 141 cidades do país entre os últimos dias 31 de maio e 3 de junho. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Isso quer dizer que Dilma e Serra podem ter entre 35% e 39% das preferências e Marina, entre 7% e 11%. Nove por cento dos entrevistados disseram que votarão em branco, nulo ou em nenhum candidato. Os indecisos somam 8%. Foi a primeira pesquisa feita pelo Ibope realizada depois da exibição de propagandas políticas do PT e do DEM.

No último levantamento do Ibope, em abril, José Serra tinha 40% das intenções de voto, Dilma Rousseff, 32%, e Marina Silva, 9%. Dilma foi a única candidata que apresentou crescimento.

Em fevereiro deste ano, a diferença entre os dois primeiros colocados na disputa era de 13 pontos percentuais…