sexta-feira, 11 de junho de 2010

Neste sábado, tem vacinação contra a paralisia infantil

Neste sábado (12) será realizada, em todo o Paraná, a campanha de vacinação contra a poliomielite, conhecida popularmente como paralisia infantil. O Ministério da Saúde estabeleceu como meta imunizar 95% do total de crianças, o que no Paraná corresponde a 736.867 crianças menores de cinco anos.


“Hoje a doença está eliminada devido às grandes campanhas de vacinação que ocorrem anualmente. Para que continue assim precisamos contar com a adesão dos pais a esta campanha, que é imprescindível para a saúde pública em todo o País”, avalia o secretário da Saúde, Carlos Moreira Júnior.


Ele explica que a vacinação é dividida em duas etapas, a primeira ocorrerá no dia 12 de junho e a segunda no dia 14 de agosto. Para cada etapa estão disponíveis 1,5 milhão de doses da vacina, distribuídas entre 4.100 postos. Os pontos de atendimento têm horário de funcionamento das 8h às 17h e cerca de 8 mil pessoas estarão envolvidas na vacinação.


“Ao levarem seus filhos, os pais não devem esquecer da carteira de vacinação, já que este é o instrumento de controle para doses de outras vacinas que possam estar em atraso”, lembra o secretário.


A poliomielite, ou paralisia infantil, é uma doença infecciosa e altamente contagiosa, a maioria dos casos ocorre em crianças menores de cinco anos, por isso a importância dos pais levarem seus filhos aos postos de vacinação.

Suspeita de pedofilia é presa em Campo Mourão

Um caso que se arrastava há dois anos em Campo Mourão, foi resolvida com a prisão em flagrante de Sharlene Cristiane Correia Freitas, 24 anos. Segundo a 16ª Subdivisão Policial de Campo Mourão, a indiciada acabou seduzindo a menor J.S, quando esta ainda tinha a idade de 12 anos. Conforme informações da família, a indiciada começou a frequentar a residência, dando presentes a menor. Posteriormente, a família soube que a indiciada visava um relacionamento homossexual a menor.

A situação se agravou quando a menor acabou fugindo de casa, ficando algum tempo desaparecida, quando retornou, informou " que estava tendo um caso com Sharlene".

Segundo a polícia, a família, pobre, mal instruída, alegou que por diversas vezes procurou ajuda no Conselho Tutelar, Polícia, no entanto, a indiciada " também desaparecia da cidade e quando voltava novamente acabava levando a menor, que ficava de dois a três meses fora do lar. O delegado José Aparecido Jacovós, orientou a família, que sepercebesse a presença da indiciada nas proximidades da residência, em nova tentativa de levar a menor, a Polícia fosse avisada. Ontem, Sharlene novamente foi à residência da vítima, em tentativa de raptar a menor, o que acabou acontecendo.

Quando os policiais chegaram na residência o irmão da vítima, de apenas 8 anos, informou que a irmã tinha sido levada por Sharlene. Os policiais localizaram e a menor em um bosque público de Campo Mourão, local onde havia um colchão e roupas, onde a indiciada passaria a noite com a menor.

Sharlene foi autuada em flagrante com base no artigo 213 - estupro e 148 - cárcere privado do Código Penal, além do artigo 180(receptação), visto que em seu poder foi encontrado uma carteira com documentos, furtada dias antes em Campo Mourão.

Pessuti anuncia criação da 4ª Companhia de Polícia Militar de Sarandi

De acordo com o deputado Enio Verri, que atuou junto ao governo do Estado pela concretização do projeto, a criação da Companhia representa um grande avanço para a cidade

O governador Orlando Pessuti (PMDB) anunciou nesta quinta-feira (10), durante a Escola de Governo, em Londrina, a criação da 4ª Companhia de Polícia Militar de Sarandi, na região metropolitana de Maringá. Acompanharam o anúncio o comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Rodrigo Carstens, e o deputado estadual Enio Verri (PT).

De acordo com Verri, a criação da 4ª Cia. – o município conta atualmente com um Destacamento da PM – é uma antiga reivindicação da comunidade. Na opinião do deputado, que atuou junto ao governo estadual pela concretização do projeto, a unidade representa um grande avanço para o município.

“Não se pode debater qualidade de vida sem falar de segurança pública. Tenho a convicção de que a instalação da Companhia levará mais segurança e tranqüilidade a toda a população de Sarandi. Serão aproximadamente 120 soldados, que vão atuar exclusivamente na cidade, combatendo crimes como tráfico de drogas, roubos e arrombamentos.”

O deputado destacou que se reuniu, em inúmeras oportunidades nos últimos anos, com representantes do Conseg (Conselho de Segurança) de Sarandi, o ex-prefeito Cido Spada (PT) e demais lideranças locais para tratar sobre o assunto.

“Como secretário do Planejamento, estivesse em contato com o ex-governador Requião, o governador Pessuti e o coronel Carstens e pude explicar a cada um deles a importância que uma Companhia de Polícia teria para Sarandi. Este esforço, juntamente com a mobilização da comunidade, que trabalhou em outras frentes, está sendo recompensado agora. É uma grande honra poder ter participado disso”.

Para Nelson Bazzotti, presidente do Conseg de Sarandi, o anúncio representa o fim de uma batalha que se estende há pelo menos cinco anos. Bazzotti agradeceu ainda o empenho de Verri e ressaltou o envolvimento da comunidade pela criação da Companhia.

“É uma ótima notícia. Visitamos os bairros da cidade, promovendo encontros com a população e colhendo assinaturas para um dossiê sobre o problema da violência em Sarandi. Estes dossiês foram entregues ao ex-governador Requião e mais recentemente ao governador Pessuti. Agora é momento de agradecer o esforço de todos que nos ajudaram”.

O projeto que institui a unidade depende ainda de aprovação da Assembleia Legislativa. A 4ª Companhia de Sarandi estará subordinada ao 4º Batalhão de Polícia Militar.

PSB oficializa apoio a Beto Richa

Em convenção estadual na noite desta quinta-feira (10),em Curitiba, o PSB paranaense formalizou apoio a à candidatura de Beto Richa ao governo do estado. “A opção que melhor interessa ao Paraná é Beto Richa governador”, afirmou o presidente estadual do PSB, Severino Araújo.