sexta-feira, 25 de junho de 2010

Guerra reafirma importância de Beto para campanha de Serra

O senador Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB, reafirmou hoje (25) a importância da candidatura de Beto Richa para a campanha de José Serra à Presidência. "O Paraná tem uma importância estratégica na eleição presidencial", disse Guerra. "Como Beto Richa lidera as pesquisas de forma consistente, sua candidatura indica a possibilidade concreta de o PSDB conquistar o governo de um Estado de grande importância no cenário político e econômico do País."

Richa é um candidato afinado com Serra e com a direção nacional do partido, disse Guerra. "Não apenas pela identidade política e ideológica, mas também pela amizade pessoal que nos une a Beto Richa, cujo sobrenome honra as melhores tradições do PSDB." Guerra lembrou, a propósito, que José Richa, pai de Beto, foi um dos fundadores do PSDB, ao lado de Franco Montoro, Mário Covas e outras lideranças.

Polícia encontra 150 quilos de maconha

A Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam) apreendeu 146 quilos de maconha em Cianorte, no noroeste do Paraná, na madrugada desta sexta-feira (25). O sargento Gilson Cardoso Fahur conta que a droga estava dividida em 206 tabletes, em um Fiat Siena com placas de Londrina, que estava parado em um posto de combustível. Quatro pessoas foram presas.

Segundo o sargento, durante a ronda policial, os oficiais costumam passar por postos de combustíveis, para ver se algum veículo está transportando produtos ilegais. Nesse caso, policiais abordaram primeiro dois casais que estavam entrando em um Corolla, com placas de Mundo Novo (MS), que estava estacionado no pátio.

“Eles não deram atenção para os policiais e entraram no carro”, afirma o sargento. “Por conta disso, os oficiais pediram que todos saíssem do veículo, para algumas perguntas.” Como as respostas eram contraditórias, sobretudo sobre a cidade para a qual iam, os policiais começaram a desconfiar. Foi quando notaram o Fiat Siena ao lado do Corolla.

Depois que a droga foi descoberta no Fiat Siena, os policiais foram até a casa do gerente do posto, para ver filmagens do pátio – há câmeras instaladas no local. “As imagens não eram tão nítidas, mas era possível ver o Corolla chegando, saindo e voltando logo depois acompanhado do Siena”, diz o sargento.

Segundo ele, a suspeita é de que o Corolla passava pelos locais antes do Siena, para se certificar de que não havia policiais. Os dois casais se dividiram nos dois carros. “A minha suspeita é de que toda essa droga ia para Maringá, Sarandi ou Londrina”, diz. Os dois casais, cujos nomes ainda não foram divulgados, serão autuados em flagrante por tráfico de drogas.

A Polícia Civil de Cianorte, para onde todos foram encaminhados, juntamente das drogas, levantou a ficha criminal das quatro pessoas. Os dois homens têm passagens pela polícia pelos crimes de tráfico de drogas e roubo. Em depoimento, os dois homens e uma mulher disseram morar em Mundo Novo e a outra mulher, em Umuarama.

Anúncio de Álvaro como vice irrita presidente do PSDB

O presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, tentou amenizar o anúncio extraoficial feito hoje pelo aliado Roberto Jefferson, presidente do PTB, sobre o vice da chapa do candidato à Presidência José Serra. "Estamos consultando líderes e presidentes dos partidos aliados para decidir nosso candidato a vice-presidente", postou Guerra em sua página no Twitter.

O senador informou ainda que "os prazos serão mantidos". O PSDB tem até a próxima quarta-feira para definir a composição da chapa presidencial. Serra disse na última semana que o nome do vice seria conhecido, no máximo, até domingo.


Pouco antes do meio dia, também durante o jogo da seleção brasileira na Copa do Mundo, Jefferson havia postado no Twitter, citando informações de Guerra, que a vice ficaria com o tucano Álvaro Dias.





Preso homem acusado de abusar de três sobrinhos

Policiais da 16ª Subdivisão Policial de Campo Mourão, com o apoio de colegas de Luiziana, a 32 quilômetros daquela cidade, prenderam na quarta-feira (23) um homem acusado de pedofilia. Valdecir Braga, de 21 anos, é acusado de aliciar os sobrinhos, uma menina de 7 anos, e dois meninos de 8 e 9 anos.

De acordo com o delegado José Aparecido Jacovós, as investigações começaram depois que os vizinhos de Braga o denunciaram ao Conselho Tutelar de Luiziana. “Os vizinhos viam que Braga, ao buscar as crianças na escola, levava-as a uma casa abandonada do município, antes de retornar para a casa dos pais delas”, explicou o delegado.

O Conselho Tutelar de Luiziana denunciou ao Ministério Público de Campo Mourão. Uma promotora da Vara da Infância e Juventude da cidade entrou em contato com a polícia e os policiais agiram. Valdecir Braga foi preso pelos policiais militares em casa, que fica aos fundos da residência onde moravam as crianças, no centro da cidade.

Ele foi encaminhado à Delegacia de Campo Mourão onde confessou que estuprava a menina e aliciava os meninos. “Braga relatou os fatos com cinismo. Disse que para agradar os sobrinhos oferecia doces e dizia ser uma pessoa muito bondosa. Ainda disse que as crianças é que se insinuavam, por isso não tinha como evitar os abusos”, afirmou o delegado.

O delegado investiga se a irmã do suspeito, mãe das crianças, era conivente com a situação. “As crianças tem uma família desestruturada. Vamos investigar essa omissão aparente da mãe. Provisoriamente elas foram recolhidas a um abrigo para crianças”, disse o delegado.

Braga foi preso preventivamente e autuado por estupro de vulnerável. Segundo o delegado, nestes casos em que a polícia e o Ministério Público atuam juntos, mesmo sem a prisão em flagrante, é possível que haja uma punição rigorosa da Justiça aos suspeitos.