sábado, 3 de julho de 2010

Mega Sena pode pagar R$ 6,5 milhões neste sábado

A Mega Sena pode pagar um prêmio de R$ 6,5 milhões para quem acertar as seis dezenas do concurso 1.193, que serão sorteadas neste sábado, dia 3, no Caminhão da Sorte, que está estacionado em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo.

A Lotomania e a Timemania, que também estão acumuladas, serão sorteadas amanhã. A Lotomania traz um prêmio que pode chegar a R$ 2 milhões para quem acertar as 20 dezenas, e a Timemania, que não tem ganhador na faixa principal há 23 concursos, pode pagar R$ 5,5 milhões.
As apostas mínimas para Mega Sena e Timemania custam R$ 2, e para a Lotomania, R$ 1. As apostas podem ser feitas até as 17h (em Campo Mourão e região) do dia do sorteio.

CBF quer Felipão e Felipão quer a Seleção

A CBF agora começa a procura por um novo comandante para a Seleção Brasileira. Uma procura que não necessita de tanta pressa, pois o Brasil sediará a próxima Copa e não precisará disputar as Eliminatórias. Mas já há nomes na pauta desde antes do Mundial. A bola da vez é Luiz Felipe Scolari, embora este tenha acertado seu contrato com o Palmeiras tendo sua apresentação definida para o dia 15 de julho, segundo sua assessoria de imprensa.

Felipão já era o nome de Ricardo Teixeira em 2006. Ele não quis ouvir a proposta da CBF, pois pensava na educação de seus filhos. Hoje, a situação mudou. Felipão toparia – e no fundo deseja – dirigir a Seleção. No caminho, o acerto com o Palmeiras. Mas o contrato só será assinado no dia 15, o que facilitaria a inclusão de cláusulas que favoreçam sua saída. O técnico já confessou a amigos que quer ser o comandante da Seleção na Copa de 2014.

Do outro lado, Ricardo Teixeira quer um técnico com experiência, que tenha a preferência dos torcedores, com uma certa disciplina. Nada do exagero da Era Dunga, que causou problemas com parceiros e patrocinadores. Além disso, a Seleção tem compromissos apenas com amistosos neste ano e não será surpresa se for oferecido a ele a possibilidade de acumular a função de técnico do Palmeiras com a Seleção, ao menos até o fim do ano ou até a Copa América de 2011. Isso já aconteceu após a Copa de 1998, quando Vanderlei Luxemburgo assumiu a Seleção enquanto ainda comandava o Corinthians.

Mais um detalhe que ajuda na escolha de Felipão como novo técnico é a relação do clube alviverde com a Traffic. J. Hawilla, o manda-chuva da empresa, deve facilitar o trâmite da saída de Felipão com Ricardo Teixeira, com quem tem estreitas relações comerciais.

A opção caso toda esta costura não seja possível é Mano Menezes. O nome não agrada totalmente Ricardo Teixeira, pela sua falta de experiência internacional. Mas além de ser um técnico que amenizaria as relações com a imprensa e os torcedores, conta com o apoio de boa parte dos paulistas, pelo carisma que adquiriu no Corinthians. Andrés Sanchez, chefe da delegação nesta Copa, é outro que certamente ajuda na escolha.


Sobre os demais nomes da comissão técnica, Teixeira já tem algumas definições. Jorginho e os observadores Marcelo Cabo e Taffarel saem com Dunga. Américo Faria é outro que deve ser substituído, provavelmente por Rodrigo Caetano, atualmente gerente de futebol do Vasco. A equipe médica, a princípio, não deve ser modificada. Já os preparadores físicos têm situação indefinida.

Coligação encabeçada por Beto Richa tem 14 partidos

Catorze partidos formam a coligação Novo Paraná, que tem Beto Richa e Flávio Arns como candidatos a governador e vice-governador e Gustavo Fruet e Ricardo Barros, ao Senado. Além do PSDB, a aliança é composta por PSB, PP, DEM, PPS, PTB, PRB, PRP, PHS, PTC, PSDC, PTN, PSL e PMN.

“É uma coligação forte e vitoriosa. Essa coligação é formada por partidos estruturados e organizados em todo o Estado. Vou retribuir essa confiança com muito empenho, garra e dedicação para fazer vitorioso esse projeto que representa todos os paranaenses”, disse Beto Richa. “Estamos propondo a construção de um novo Paraná, um Paraná moderno, um Paraná de ações concretas que atendam aos interesses legítimos dos paranaenses”.

Na eleição para a Câmara dos Deputados, o PSDB se coligou com PP, DEM, PPS e PRB, aliança que contará com 60 candidatos. Para a Assembléia Legislativa, a coligação tem PSDB, PP, DEM, PTB e PRB, com 108 candidatos. “Nossa coligação aconteceu de forma muito natural. Temos um mesmo objetivo e todos esses partidos nos ajudarão a fazer um governo vigoroso”, afirmou Richa.



Quem fica e quem sai da seleção rumo à Copa de 2014

Mais uma Copa do Mundo acabou para o Brasil e outro se fechou. A geração "África 2010" não fez seu papel e volta para casa de mãos abanando. Agora, além da busca por um novo treinador, a seleção também dará início a mais uma renovação. Dunga excluiu os medalhões de 2006. Seu sucessor será praticamente obrigado a excluir o núcleo defensivo deste ano, e a idade será fator decisivo na renovação.

O trio Juan (31 anos), Lúcio (32) e Gilberto Silva (33) já entrou na casa dos 30 e sabia que a Copa de 2010 seria a última de suas carreiras. Também por idade, outros seis nomes que estiveram na África também praticamente disseram adeus à competição: Gilberto (34), Kleberson (31), Grafite (31), Josué (30) e Doni (30).

Entre os que devem seguir na seleção, destaques para nomes como Julio Cesar, Kaká e Robinho e para jovens como Thiago Silva e Ramires, gratas surpresas. Agora é esperar para ver as decisões do sucessor de Dunga. A nova geração já está de olho.