sábado, 10 de julho de 2010

Com produtores do Noroeste, Beto reafirma compromisso com agroindústria

Em uma série de encontros com prefeitos, moradores, produtores rurais e lideranças de municípios da região Noroeste nesta sexta-feira (9), o candidato da coligação Novo Paraná, Beto Richa, afirmou que investirá no fortalecimento da agricultura e na agroindústria para promover o desenvolvimento econômico do Paraná. “É preciso valorizar e apoiar o produtor, garantir o direito à propriedade e o respeito às leis e dar todo apoio aos programas de agricultura familiar”, afirmou Beto.

“Ampliar o crédito agrícola, apoiar as cooperativas e investir em tecnologia são ações essenciais”, disse ele, após ouvir queixas dos prefeitos de Iretama, Farol, Janiópolis e Goioerê sobre a falta de apoio aos pequenos produtores rurais. Richa afirmou que é preciso modificar o modelo de gestão na área agrícola. “Nosso Plano de Governo prevê ações para agregar valor aos produtos rurais paranaenses e gerar renda”, disse Beto.

Beto encerra nesta sexta-feira, com uma audiência pública em Campo Mourão, um roteiro por 19 municípios da região. Na quinta-feira, foi a Peabiru, Araruna, Terra Boa, Engenheiro Beltrão, Quinta do Sol, Fênix, Barbosa Ferraz, Corumbataí do Sul, Luiziana e Iretama. Na sexta-feira, esteve em Farol, Janiópolis, Moreira Sales, Goioerê, Quarto Centenário, Rancho Alegre do Oeste, Juranda, Boa Esperança e Mamborê.

O prefeito de Iretama, Antônio José Quesada Piazzalunga (PMDB), disse que o Governo do Estado precisa oferecer mais apoio ao pequeno produtor rural. “O essencial é dar incentivo para que o produtor permaneça na sua propriedade”, afirmou o prefeito Piazzalunga, que administra município essencialmente agrícola.

“A maior demanda no nosso município é por apoio para o pequeno agricultor rural”, completou o vice-prefeito de Farol, Izaias Lima (PSC). Farol tem cerca de 5 mil habitantes e as principais culturas são milho, soja e algodão, além da produção de leite.

Acompanharam Beto Richa os candidatos ao Senado, Gustavo Fruet e Ricardo Barros, os deputados estaduais Luiz Nishimori, Douglas Fabrício, Nelson Garcia, Luiz Fernandes Litro e Rubens Bueno.

A agris recebe equipamentos do ministério da Agricultura

Com a presença de muitos agricultores, catadores de recicláveis, comunidade e autoridades em geral a administração municipal  ampliou uma parceria com a AGRIS (Associação dos Agricultores de Sarandi), bem como com o incentivo por empresários locais, viabilizando condições para que um grupo bastante grande de coletores tivesse suas condições de trabalho melhoradas.

Numa parceria Caixa Econômica e Prefeitura Municipal, se viabilizou o projeto patrulha agrícola mecanizada com recursos do governo Federal, ministério da agricultura através do programa Prodeza, que assim possibilitou a compra 02 tratores, 02 plantadeiras mecanizadas e 02 caminhões zero kilometro totalizando R$ 595.250,00 ( quinhentos e noventa e cinco mil, oitocentos e quarenta reais) com a contra partida do município no valor de R$ 60.000,00 (sessenta Mil reais).

O Presidente da Agris Luiz Alberto Tonon ressaltou o esforço da administração municipal, em garantir este recurso, já que a Agricultura necessita e muito desta ajuda que lhes teria sido prometida pelo ministro da Agricultura Reinhold Stephanes, em sua fala disse ainda depositar toda a sua confiança na administração para conseguir mais benefícios, não esquecendo de agradecer a dedicação da EMATER na pessoa do Sr. Idanir Anvessa, gerente local.

O Prefeito Calos Alberto de Paula destacou ainda o excelente trabalho desenvolvido pelo Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Paulo Sergio de Souza Prado e sua equipe que mobilizou parte do empresariado de Sarandi,  proporcionando excelente condição de trabalho aos coletores de reciclados.

 Foram feitos 26 (vinte e seis) carrinhos grandes com rodas de motocicletas que permitirão uma melhor coleta pelas ruas da cidade.

Por outro lado o secretário municipal Paulo Sergio de Souza Prado falou da satisfação em estar na administração, e ainda sobre a preocupação do Prefeito com a inclusão social.