sexta-feira, 30 de julho de 2010

Collor xinga e ameaça jornalista da revista IstoÉ

O senador e ex-presidente Fernando Collor de Mello (PTB-AL) protagonizou mais um episódio polêmico nesta quinta-feira (29). Por volta das 16h, Collor ligou para a redação da sucursal de Brasília da revista IstoÉ procurando pelo jornalista Hugo Marques. O que se seguiu foi um monólogo de ameaças.

Quando eu lhe encontrar, vai ser para enfiar a mão na sua cara, seu f...

De acordo com Marques, a ligação foi consequência de uma matéria publicada na última edição de IstoÉ, na qual o jornalista relatava que todos os candidatos ao governo de Alagoas e 87% dos que concorrem ao Legislativo local têm algum tipo de problema com a Justiça.

Ele já tinha mandado recados antes. Uma vez fiz uma entrevista com a Roseane [Malta, ex-mulher de Collor] na qual ela o acusava de sonegação de impostos. Na semana passada, foi a vez da matéria.

De início, o jornalista chegou a acreditar que se tratasse de um trote. Como as agressões passaram a envolver até mesmo uma ameaça de morte, segundo ele, Marques silenciou e passou a gravar o restante do telefonema.

Segundo o Portal IMPRENSA, Marques declarou que não queria ouvir insultos e nem responder, daí ter encerrado a chamada.

Fico preocupado dele tentar arrancar alguma agressividade minha. Se eu criar um conflito com ele, fico impedido de cobrir. Então não falei nada e desliguei quando ele começou a tentar me desqualificar como jornalista. Ele tem de convencer a Justiça eleitoral, não a mim.

Homem é preso após agredir mãe com barra de ferro

A Polícia Militar (PM) de Santa Catarina prendeu, na madrugada desta sexta-feira, um homem de 27 anos que agrediu a mãe com uma barra de ferro, em Chapecó (a 630 km de Florianópolis). Encaminhada à Polícia Civil para depoimento, a mãe explicou que foi agredida ao tentar defender o filho caçula.

Após ser atingida, durante a discussão, a mãe acionou a PM, que deteve o agressor em flagrante. O homem foi encaminhado ao presídio central, conforme a polícia e deve responder por violência doméstica, segundo a lei Maria da Penha.

Protesto contra violência em Maringá



Cansados de serem roubados, os moradores e comerciantes dos bairros da Zona 36 de Maringá se reuniram para protestar contra a violência no final da tarde desta quinta-feira (29).

A passeata realizada na tarde desta quinta-feira (29)teve início na Avenida Osires Guimarães e seguiu até a Avenida Guaiapó

Irmãos matam pai e irmã por herança de R$ 25 milhões

Uma herança estimada em R$ 25 milhões teria sido o motivo da morte do fazendeiro Guerino Kieling, de 62 anos, e da filha dele, Lisi Kieling, de 37, no último dia 14, em Barreiras, extremo oeste baiano. De acordo com o delegado Vivaldo Luz, os mandantes do crime são os dois filhos do fazendeiro, Celso e Nilso Kieling. Eles, no entanto, negam as acusações.

A polícia chegou aos suspeitos depois de prender dois homens que confessaram ser os autores dos homicídios. Damião Bispo da Silva e Roberto Carlos Gomes contaram como as vítimas foram mortas e apontaram os irmãos como mandantes. Celso e Nilso teriam pago R$ 3 mil de adiantamento e oferecido outros R$ 500 mil em máquinas agrícolas.
Os executores disseram que a mãe, Leonilda Maria Kieling, foi poupada a pedido dos supostos mandantes.

Fonte: Agência Estado

Trabalhador era obrigado a ficar nu para vigilância

A Quinta Turma do Tribunal Superior do Trabalho garantiu a um trabalhador o pagamento de indenização por danos morais no valor de dez salários (aproximadamente sete mil reais) pelo fato de ter sido obrigado a ficar nu diante de vigilantes das empresas para as quais prestava serviços e, eventualmente, até na frente de colegas. A decisão foi unânime e fundamentada em voto relatado pela ministra Kátia Magalhães Arruda.

No entendimento da relatora, a violação da intimidade da pessoa não pressupõe necessariamente o contato físico entre empregado e supervisor. A revista visual, em que o trabalhador é constrangido a exibir seu corpo nu ou em peças íntimas, é suficiente para configurar o ato abusivo. No caso, mais constrangedor ainda, afirmou a ministra, quando a revista era realizada na presença de outros empregados.

Assim, embora as empresas do mesmo grupo e para as quais o trabalhador prestava serviços indistintamente (Transpev – Transportes de Valores e Segurança e Prosegur Brasil – Transportadora de Valores e Segurança) tenham argumentado que não houve excesso nas revistas, na medida em que não ocorria contato físico entre os envolvidos, a relatora considerou que as regras de convivência social e a ordem jurídica foram desrespeitadas.

O Tribunal do Trabalho mineiro (3ª Região) tinha reformado a sentença de primeiro grau para excluir da condenação o pagamento da indenização por danos morais ao empregado. No TRT, prevaleceu a tese de que, como ele foi contratado em julho/1998, e somente no momento da dispensa, em abril/2005 (quando já não existiam mais as tais revistas) reclamou do vexame a que era submetido, não era razoável o pedido de indenização após ter ficado em silêncio sobre o assunto por tantos anos.

No entanto, segundo a ministra a Kátia, o silêncio do empregado se justifica pelo temor de provocar a própria demissão. Logo, ao contrário da conclusão do TRT, o fato de a reclamação trabalhista ter sido apresentada após o rompimento do contrato não afasta a caracterização do dano moral. A relatora ainda destacou que não se exige prova do dano moral, mas sim do fato que gerou a dor e o sofrimento da vítima – o que foi feito, na hipótese.

Então, considerando o dano, a repercussão da ofensa na vida do profissional e a condição econômica dos envolvidos, a relatora arbitrou o valor da indenização em sete mil reais, equivalente a dez salários recebidos pelo trabalhador. O caráter pedagógico da indenização não foi observado porque a revista íntima não é mais adotada pelas empresas, que passaram a utilizar sistema de vigilância por meio de câmeras.

(Fonte: Tribunal Superior do Trabalho)



Aluno de 13 anos é flagrado com revólver na mochila

Um professor de uma tradicional escola de Maringá, onde estudam cerca de 3 mil alunos, flagrou nesta quinta-feira (29) um garoto de 13 anos com um revólver calibre 38 na mochila. Professores encontraram a arma de fogo quando revistavam o material da turma, depois que o celular de um dos alunos desapareceu.

O adolescente foi encaminhado à Delegacia do Adolescente de Maringá e disse que estava com o revólver para se proteger. Segundo ele, um grupo de jovens estava ameaçando-o constantemente.

O pai do garoto também foi a delegacia e disse que o filho pegou a arma escondida.

Polícia Rodoviária Estadual faz apreensão de maconha

Por volta das 11h25min desta quinta-feira (29), a 4ª Companhia de Polícia Militar Rodoviária, através do Posto Policial de Goioerê , abordaram o ônibus do Expresso Nordeste conduzido por Joel Muniz de prefixo 4380, o qual fazia o itinerário de Toledo para Londrina.

Ao  realizaram uma busca nos bagageiros, foi encontrado uma mala de lona na cor preta, contendo 25 tabletes, envoltos em fita adesiva e papel alumínio, de uma substância esverdeada aparentando ser maconha, perfazendo um total de 29,415 (vinte e nove, e quatrocentos e quinze) quilogramas.

Foi  verificado a etiqueta de bagagem e constatado que a mala pertencia a um adolescente de 17 anos de idade residente no município de Guarapuava/PR,. O mesmo disse que comprou a referida substância de um homem desconhecido no município de Santa Helena/PR e estava levando para o município de Guarapuava/PR.

De acordo com os policiais, o adolescente foi apreendido e  conduzido juntamente com a droga à Delegacia de Polícia em Goioere-PR.

Ocorrências do setor policial em Sarandi

AMEAÇA
29/07/2010 20:00
LOCAL: JABAQUARA,RUA., JARDIM NOVO PAULISTA, SARANDI
RELATA A SOLICITANTE QUE CASAL SEPARADO ENCONTRAVA-SE EM VIAS DE FATO NO LOCAL CITADO, ONDE ELA AMEAÇOU-O.
FORAM ORIENTADOS.

FURTO QUALIFICADO
29/07/2010 09:10
LOCAL: PRAÇA IPIRANGA, CENTRO, SARANDI
VÍTIMA/SOLICITANTE: A. B. D. O. 27 anos
FURTADO: CPU POSITIVO
FURTADO: MONITOR POSITIVO PRETO
FURTADO: CHAVE DE RODA 10
FURTADO: ESTEPE 03
FURTADO: CABO EXTENSÃO
AS INFORMAÇÕES DO SOLICITANTE ERAM DE QUE ADENTRARAM EM SEU ESTABELECIMENTO COMERCIAL PULANDO O MURO,
ADENTRARAM EM ALGUNS VEICULOS QUE SE ENCONTRAVAM COM AS PORTAS ABERTAS E SUTRAIRAM OS OBJETOS RELACIONADOS.

ROUBO
29/07/2010 06:45
LOCAL: SD IVO, R, JARDIM PRIMAVERAO, SARANDI
VÍTIMA/SOLICITANTE: V. M. 41 anos
ROUBADO: OCULOS DE GRAU
ROUBADO: CELULAR COR VERMELHO
ROUBADO: ROUPA VÁRIAS PEÇAS
SEGUNDO A VITIMA, AO CHEGAR NA RESIDÊNCIA DE SEU COMPANHEIRO, AO ABRIR O PORTÃO FOI SURPREENDIDA POR UM
INDIVIDUO APARENTANDO SER MENOR DE IDADE, O QUAL FEZ MENÇÃO DE QUE ESTARIA ARMADO E DEU VOZ DE ASSALTO
ROUBANDO OBJETOS DA VITIMA CONSTADO NO ROD.

SEM ILICITUDE - VEÍCULO RECUPERADO
29/07/2010 15:30
LOCAL: DAS PALMAS, RUA, JARDIM SAO JORGE, SARANDI
ABANDONADO: AUTOMÓVEL VEICULO COM ALERTA DE FURTO DGK0202
VEICULO ENCONTRADO ABANDONADO ASTRA COR VERDE DE PLACA DGK-0202.