Postagens

Mostrando postagens de Julho 31, 2010

RESPOSTA À REVISTA VEJA

Sou professora do Estado do Paraná e fiquei indignada com a reportagem da jornalista Roberta de Abreu Lima “Aula Cronometrada”. É com grande pesar que vejo quão distante estão seus argumentos sobre as causas do mau desempenho escolar com as VERDADEIRAS razões que geram este panorama desalentador.
Não há necessidade de cronômetros, nem de especialistas para diagnosticar as falhas da educação. Há necessidade de todos os que pensam que: “os professores é que são incapazes de atrair a atenção de alunos repletos de estímulos e inseridos na era digital” entrem numa sala de aula e observem a realidade brasileira. Que alunos são esses “repletos de estímulos” que muitas vezes não têm o que comer em suas casas quanto mais inseridos na era digital? Em que pais de famílias oriundas da pobreza trabalham tanto que não têm como acompanhar os filhos em suas atividades escolares, e pior em orientá-los para a vida? Isso sem falar nas famílias impregnadas pelas drogas e destruídas pela ignorância e viol…

Médicos que atendem na saúde pública de Sarandi podem entrar em greve por falta de pagamento

De acordo com o vereador Aparecido Bianco (PT),os médicos que atendem no pronto Socorro municipal e postos dos bairros de Sarandi, deverão paralisar suas atividades.

O motivo segundo afirmação do vereador,seria o atraso no pagamento dos seus salários.

Ouça a entrevista.


Procuramos o prefeito Carlos de Paula para falar sobre a situação, mais não foi possível, pois o mesmo  esta em Curitiba  tratando de liberação de recursos para o município junto ao governo do Estado.

Feto de seis meses é encontrado em banheiro público

Um feto de aproximadamente seis meses foi encontrado na tarde sexta-feira (30), em um banheiro público situado na praça Nogueira do Amaral, no centro de Laranjeiras do Sul. O natimorto foi localizado por um guarda municipal.
De acordo com o site Notícias Policiais, por volta das 16h, uma jovem passou mal na praça, recebeu atendimento e foi levada a um centro de saúde. Mas somente depois, quando o guarda foi ao banheiro averiguar, o feto do sexo masculino foi descoberto.
Um inquérito foi instaurado pela Polícia Civil para apurar os fatos e saber se o aborto foi espontâneo ou forçado.