quinta-feira, 5 de agosto de 2010

CNT/Sensus mostra Dilma com 41,6% e Serra com 31,6%

Pesquisa CNT/Sensus divulgada nesta quinta-feira (5) mostra a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, com 41,6% das intenções de voto, dez pontos percentuais à frente do candidato do PSDB, José Serra, que tem 31,6%. Marina Silva (PV) aparece com 8,5%.

A pesquisa foi encomendada ao Instituto Sensus pela Confederação Nacional do Transporte. Entre 31 de julho e 2 de agosto, foram entrevistadas 2 mil pessoas em 136 municípios de 24 estados. A margem de erro do levantamento é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Saúde de Sarandi passará por auditoria

O prefeito Carlos de Paula(PDT) de Sarandi, dará as 14h00 desta quinta-feira, entrevista coletiva para anunciar auditoria no setor de saúde do município.

A auditoria é uma recomendação do Ministério publico a administração municipal de Sarandi.

Marialva: Definidos os detalhes para a “7ª Cavalgada Caminhos da Uva

Na última terça feira, 03 de agosto, no auditório Máximo Boschini, no Paço Municipal, aconteceu mais uma reunião da Comissão Organizadora da “7ª Cavalgada Caminhos da Uva”, que acontecerá no próximo dia 22 de agosto.

Além do Prefeito Deca, estiveram presentes, o Secretário de Administração, Edgar Martins Zucoli; Secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Turismo, Valdinei Cazelato; Presidente da Comissão Organizadora, Flávio Caparroz Medeiros, o Vice-Presidente Amarildo Teixeira (Nego), o Presidente do Sindicato Rural Patronal, Lindalvo José Teixeira e demais integrantes da organização.

O roteiro a ser percorrido pelos cavaleiros e amazonas será de aproximadamente 18 Km e irá contemplar as belezas naturais do município, principalmente os parreirais de uva.

A “7ª Cavalgada Caminhos da Uva” é um dos eventos mais tradicionais do gênero no interior do Estado. “Este evento já virou tradição e todos aguardam ansiosos por sua realização. Quero agradecer o empenho de todas as pessoas que estão envolvidas na organização desta cavalgada”, afirmou o Prefeito Deca.

A concentração e saída acontecerá no Jardim Planalto (local onde é montado o Rodeio). O início da cavalgada está programado para as 9:00 horas. A chegada será na AFUPUMA (Associação dos Funcionários Públicos de Marialva).

Assessoria de Imprensa

Sarandi: Reclamação de um leitor deste Blog

oi valdir venha no meu bairro dar uma olhadinha não tá dando pra sair de casa de tanta lama vem dar uma conferida aqui no jardim bela vista
o carro não passa a gente tá numa situação dficil

Ninguém acerta as seis dezenas e prêmio acumula

Nenhum apostador acertou os as seis dezenas do concurso 1.202 da Mega-Sena, sorteados na noite desta quarta-feira (4). O prêmio acumulou e deve chegar a R$ 7 milhões no próximo sábado (7), segundo estimativa da Caixa Econômica Federal.

As dezenas sorteadas foram: 08 – 09 – 11 – 48 – 53 – 60.

Ao todo, 63 bilhetes acertaram a quina e levaram R$ 19.441,55 cada um. Outras 4.195 apostas acertaram a quadra e ganharam R$ 417,10.

Senado aprova poder de polícia para as Forças Armadas em região de fronteira

O Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (4) um projeto que dá poder de polícia para as Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) nas regiões de fronteiras terrestres e marítimas e em reservas indígenas. A proposta segue agora para sanção presidencial.

Se aprovada, as Forças Armadas poderão fazer prisões em flagrante, patrulhamento, revista de pessoas, veículos, embarcações e aeronaves –atividades, até então, permitidas apenas pela polícia.

O texto do PLC 10/2010 estabelece também a unificação das operações das três Forças e aumenta as atribuições do Ministério da Defesa. Com a nova lei, o Ministro da Defesa é quem indicará os comandantes do Exército, da Aeronáutica e da Marinha – quem o faz, atualmente, é o presidente da República.

A proposta inclui ainda a criação do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, subordinado ao ministro da Defesa e chefiado por um oficial-general de último posto.

Segundo o projeto, o Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas “construirá as iniciativas que deem realidade prática à tese da unificação doutrinária, estratégica e operacional e contará com estrutura permanente que lhe permita cumprir sua tarefa”.

O objetivo é unificar as operações das Forças Armadas, de modo a seguir as diretrizes previstas na Estratégia Nacional de Defesa. O projeto foi aprovado em votação simbólica no Senado sem alterações que havia sido aprovado anteriormente pela Câmara.

Com informações da Agência Brasil