segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Mais dois semáforos serão instalados em Cianorte

Mais dois semáforos serão instalados em Cianorte. Na sessão da última segunda feira os vereadores aprovaram a liberação de recursos através do governo federal no valor de R$ 200 mil reais, para a colocação de mais dois semáforos na cidade. Pelo projeto os novos semáforos serão instalados no cruzamento das Avenidas América com a Maranhão e outro no cruzamento das Avenidas Furquim de Castro com a Paraná e a Pará.

Segundo o Presidente da Câmara Beto Guimarães os novos semáforos irão melhorar o trânsito. “Eu tenho certeza que será bem aplicado na colocação desses semáforos e vai diminuir essa dificuldade que nós temos no trânsito da cidade. Essas atitudes que nós temos que fazer para melhorar o trânsito de Cianorte” disse.

Enquanto em Cianorte semáfaros estão sendo instalados, em Sarandi que necessita demais deste equipamento, fica a ver navios.

Tirando os da Avenida Colombo, o restante da cidade não conta com nenhum semáfaro.

É por isso que em horário de pico as Avenidas  Londrina e Maringá, viram um verdadeiro caos.

A verdade é uma só, Sarandi vive a margem do desenvolvimento. Vale lembrar que Cianorte tem bem menos habitantes do que Sarandi.

Noivo festeja casamento com tiros e mata parentes

Um homem turco matou três parentes em seu próprio casamento ao atirar com um fuzil AK-47 para o alto, para comemorar. O noivo perdeu o controle da arma quando tentava atirar para o alto, durante a cerimônia realizada na vila de Akcagoze, na província de Gaziantep, no sudeste do país.

Segundo testemunhas, "uma chuva de balas atingiu os convidados". O pai do noivo e duas de suas tias morreram no incidente. Oito pessoas ficaram feridas.

O noivo, cujo nome não foi revelado pela polícia, foi preso logo após o acidente. Atirar para o alto é uma forma comum de comemoração em algumas regiões da Turquia, usada em eventos como casamentos, circuncisões e eventos esportivos.

O governo turco vem tentando, sem muito sucesso, acabar com a prática, que já causou acidentes e outras mortes no país.

Elba Ramalho perde carteira de motorista em operação da Lei Seca

Após se recusar a fazer o teste do bafômetro, a cantora Elba Ramalho teve a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) recolhida por três dias e o veículo que dirigia apreendido, durante uma Operação da Lei Seca, na madrugada de quinta-feira (5), na Gávea, zona sul do Rio.

A cantora, que viajou nesta sexta-feira (6) para Belo Horizonte, onde fez uma apresentação, disse, por meio de sua assessoria, que bebeu uma taça de vinho durante um jantar com amigos no Leblon, também na zona sul.

Já o carro, um veículo da Toyota preto, foi apreendido porque estava sem o IPVA (Imposto de Propriedade de Veículos automotores) pago. Ela pretendia pagar o imposto após a vistoria --marcada para a próxima semana.

De 18 de março de 2009, quando começaram as operações da Lei Seca na região metropolitana do Rio, a 30 de junho deste ano, 1.006 motoristas foram autuados criminalmente por terem apresentado, no teste do bafômetro, índice de alcoolemia superior a 0,29 grama de álcool por litro de sangue. A lei prevê pena de três a seis anos de prisão para os condenados por dirigir embriagados.

As blitz da Lei Seca abordaram, neste período, 255.843 veículos --17.964 motoristas se recusaram a passar pelo teste usando o argumento legal de que ninguém é obrigado a produzir provas contra si mesmo. Esses também tiveram a carteira apreendida, como a cantora.

Homicídio em Apucarana

Ricardo Martins, 26 anos, conhecido como Cabeção foi assassinado na noite deste domingo (8), em Apucarana. O crime ocorreu na Rua Emiliano Perneta em Frente ao Posto de Saúde no Jardim Ponta Grossa.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), pouco antes do homicídio uma pessoa estava com a vítima. Quando ela se afastou da presença de Ricardo, notou que passou uma moto preta, em seguida ouviu alguns disparos de arma de fogo. Ao retornar já encontrou o rapaz baleado.

De acordo com o IML, a vítima sofreu várias perfurações de projéteis na cabeça, nos ombros, no braço esquerdo e nádega. Foram recolhidos alguns estojos (cápsulas) de cartuchos 9mm e encaminhados até a 17ª SDP.

Candidatos não foram confirmados pelo TRE

Dos 12 candidatos ao Senado, cinco não tiveram suas candidaturas confirmadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). São eles: o ex-governador Roberto Requião (PMDB), o deputado federal Ricardo Barros (PP), Valmor Venturini (PSOL), Eliane Aguiar (PRTB) e Valmir Soares (PRB). Ricardo Barros não foi julgado porque os casos com pedido de impugnação ou notícia de inelegibilidade (caso de Barros) somente serão julgados agora, após o esvaziamento da pauta, por serem mais delicados e necessitarem de diligências.

No caso dos senadores, são confirmadas apenas as chapas completas. Ou seja, o candidato ao senado, o primeiro suplente e o segundo suplente são aprovados de uma só vez. Requião estava com toda a documentação regular, mas foi verificado erro na comprovação de filiação partidária do empresário Chico Simeão, integrante da chapa de Requião. Enquanto não for feita a comprovação, o caso não sobe para julgamento. Já Eliane Aguiar não pode ser validada como candidata por conta de desistência do segundo suplente de sua chapa, que renunciou e teve o pedido de renúncia deferido pelo TRE. Venturini e Soares também tiveram problemas de documentação de chapa.

Até sábado, último dia para o julgamento dos pedidos de registro, foram acatados 753 registros de candidaturas. Outros 80 foram indeferidos e 37 renúncias foram aceitas.

Além dos casos dos candidatos ao Senado, o TRE tem que julgar ainda nove registros de candidatos que tiveram solicitações de impugnações e sete com notícias de inelegibilidade. O prazo para se julgar também estes casos termina no dia 25 de agosto, segundo calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).