sábado, 21 de agosto de 2010

Barbosa Ferraz

Viúva tenta matar assassino de ex-prefeito


A viúva do ex-prefeito de Barbosa Ferraz, Marinalva Lopes Carvalho, está sendo acusada de tentar matar o assassino de seu marido, Mário César Lopes de Carvalho, morto em julho do ano passado.

A tentativa de homicídio ocorreu na tarde desta sexta-feira (20) na residência da vítima, Dioniclei Pelussi de Oliveira, 23 anos, na região central de São Pedro do Ivaí, a 62 km de Apucarana.


De acordo com a Polícia Militar de São Pedro do Ivaí, Marinalva teria invadido a casa de Dioniclei por volta das 17h20 de ontem e disparado três vezes na direção da vítima, que conseguiu fugir do atentado ileso. Após os disparos, a acusada fugiu em um veículo Volkswagem Gol de cor prata em direção a São João do Ivaí.

A polícia das cidades da região foram informadas e buscas foram realizadas mas até a manhã deste sábado (21) a acusada não havia sido localizada.

Crime

O ex-prefeito de Barbosa Ferraz foi morto com cinco tiros no dia 22 de julho de 2009. De acordo com as investigações, Dioniclei era namorado de uma funcionária da prefeitura e teria assassinado o prefeito de Barbosa Ferraz por desconfiar que sua namorada estaria tendo um caso amoroso com o prefeito. Em depoimento à polícia, a namorada de Dioniclei revelou que ele era agressivo e suspeitava dela em virtude de conversas no MSN. Ela ainda afirmou que ele seria capaz de ter cometido o crime.
Dioniclei confessou o crime em depoimento à polícia no dia 24 de julho, dois dias após o assassinato.

No dia em que foi morto, o ex-prefeito recebeu uma ligação do suspeito minutos antes de ser encontrado sem vida. Após falar ao telefone, ele saiu às pressas do Clube da Piscina e uma hora depois seu corpo foi encontrado na estrada que liga a Barbosa Ferraz à Corumbataí do Sul.




Eleições 2010

Dilma tem 47% das intenções de voto, e Serra, 30%, diz Datafolha


Pesquisa Datafolha divulgada na madrugada deste sábado (21) aponta que a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, tem 47% das intenções de voto, contra 30% do candidato do PSDB, José Serra. A candidata do PV, Marina Silva, aparece com 9% no levantamento. É a primeira pesquisa divulgada depois do início da propaganda eleitoral no rádio e na TV.

Dos demais candidatos, nenhum candidato obteve 1% das intenções de voto. De acordo com a pesquisa, brancos e nulos totalizam 4% e os que não sabem, 8%.

A pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Desta forma, Dilma pode ter entre 49% e 45%, Serra, entre 32% e 28%, e Marina, entre 11% e 7%.

O levantamento foi encomendado pelo jornal "Folha de S.Paulo". Foram realizadas 2.727 entrevistas nesta sexta-feira (20). A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 24460/2010.

A pesquisa anterior do Datafolha foi divulgada no dia 13 deste mês, com entrevistas feitas dos dias 9 a 12. No levantamento, Dilma teve 41%, Serra, 33%, e Marina, 10%. Dos demais candidatos, nenhum atingiu 1%.

Segundo turno
Segundo a pesquisa divulgada neste sábado, num eventual segundo turno entre Dilma e Serra, a petista teria 53% e o tucano, 39%. Na pesquisa anterior, Dilma tinha 49% das intenções de voto, e Serra, 41%.