terça-feira, 24 de agosto de 2010

Eleições 2010

CNT/Sensus: Dilma tem 46% e venceria no primeiro turno

Pesquisa do Instituto Sensus encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) apontou nesta terça-feira (24) liderança de Dilma Rousseff (PT) na corrida presidencial. A petista registra 46% da preferência do eleitorado, enquanto José Serra (PSDB), seu principal adversário na disputa pelo Palácio do Planalto, tem 28,1%. A ex-ministra Marina Silva (PV), por sua vez, aparece com 8,1% dos votos, conforme o levantamento.

Os demais candidatos não pontuaram na pesquisa. Votos brancos e nulos somaram 5,1%, enquanto 11,7% não sabiam ou não responderam. Na pesquisa anterior CNT/Sensus, divulgada no dia 5 de agosto, Dilma aparecia com 41,6%, Serra tinha 31,6% e Marina aparecia com 8,5% dos votos.

Na pesquisa espontânea, sem a indicação do nome dos candidatos, Dilma Rousseff aparece com 37,2% da preferência do eleitorado, enquanto Serra soma 21,2% e Marina Silva totaliza 6%. Brancos e nulos somam 5,4% e indecisos, 25,2%. Na pesquisa anterior, Dilma tinha 30,4%, Serra somava 20,2% e Marina, 5%. O número de brancos e nulos era 3,8% e o de indecisos, 27,9%.

Primeiro turno

Dilma soma 55,3% dos votos válidos (descontando brancos e nulos), contra 44,7% dos demais candidatos - desse percentual, 33,7% referentes a José Serra. Essa contabilidade favorece a eleição da petista. "É uma eleição tecnicamente decidida em primeiro turno", diz o diretor do Instituto Sensus, Ricardo Guedes.

Segundo turno

A CNT/Sensus também fez um levantamento simulando um segundo turno entre Dilma e Serra. A petista aparece com 52,9% das intenções de voto, contra 34% do tucano. Na pesquisa anterior, os percentuais eram 48,3% e 36,6%, respectivamente.



O presidente da Confederação Nacional do Transporte, Clésio Andrade, credita a três fatores principais a vantagem da petista em relação aos adversários. "A candidata Dilma Rousseff consegui encarnar bem a pessoa que tem o presidente Lula como apoiador, presidente que tem uma popularidade alta. Também há os programas sociais como o Bolsa Família. E ela conseguiu colocar para as pessoas que foi o braço direito dele em todo esses resultados", afirmou.



Rejeição

Quando a pergunta feita é em quem não votaria de jeito nenhum, José Serra aparece com 40,7% de rejeição, contra 28,9% da candidata petista. Marina Silva tem 47,9% de rejeição. No levantamento anterior, a rejeição de Serra era de 30,8%, Dilma tinha 25,3% e Marina Silva, 29,7%.



Na avaliação do diretor do Instituto Sensus, o ponto crítico de rejeição é 35%. "Acima de 40%, é um candidato que perde um pouco a capacidade de ganhar a eleição".



Quando a pergunta é 'qual o único que votaria' da lista, Dilma soma 39,8%, José Serra, 22,6% e Marina Silva, 8,3%. Os números do levantamento anterior eram 34,6% para Dilma, 25,1% para Serra e 10,9% para Marina Silva. A expectativa de vitória também é liderada pela petista, com 61,8% das respostas à pergunta 'independente de quem vai votar, quem acha que vai ganhar as eleições?'. José Serra tem 21,9% e Marina Silva, 1,3%.



Encomendada pela Confederação Nacional do Transporte, a pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 22 de agosto, com dois mil entrevistados, e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 18 de agosto de 2010, sob o número 24903/2010. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.


Violência

Ex-namorado agride grávida com chutes na barriga

A gestante Sheila Fernandes dos Santos, 19 anos, está vivendo dias de tristeza e apreensão: ela sequer sabe se seus filhos – gêmeos com três meses de gestação – estão vivos. A moça foi violentamente agredida na madrugada do último domingo (22), por volta de 30 minutos, pelo ex-namorado Ricardo Marques Ferreira, 25 anos, que foi preso em flagrante e, sem dinheiro para a fiança, permanece na Delegacia de Ibiporã.

Sheila está casada com outro homem, que é pai de seus filhos gêmeos. Na madrugada de domingo, ela estava acompanhada do marido em uma lanchonete localizada no final da Avenida Santos Dummont, na área central de Ibiporã, quando o ex-namorado chegou acompanhado de amigos.

"A moça nos relatou que o Ricardo chegou à lanchonete fazendo gestos e ameaçando. O casal decidiu sair do ambiente, mas, neste momento, o grupo de amigos começou a bater no marido e o ex-namorado começou a agredir Sheila", disse o escrivão Nelson. "Então, ele deu um soco no rosto da moça, a jogou no chão e começou a chutar sua barriga", disse.

O delegado Marcos Belinati disse que Ricardo confirmou ter se desentendido com a ex-namorada, mas negou tê-la agredido ou chutado. "Mas não há como negar que uma agressão ocorreu porque a placenta e o útero dela estão inchados, segundo nos disse o médico", afirmou  o delegado.

Segundo ele, um novo exame de ultrassom foi marcado para o dia primeiro de setembro porque neste momento não se ouve qualquer batimento cardíaco dos bebês devido ao inchaço causado pelos ferimentos.

Ricardo não tem passagens pela polícia. Ele trabalha como polidor de automóveis e seria dependente de álcool. Desde o final do relacionamento com Sheila, mesmo ela tendo se casado com um outro homem, Ricardo continuaria lhe perseguindo e ameaçando.

A pena para o crime de lesão corporal que causa aborto é de dois a oito anos de reclusão.


Protesto

Buracos geram protesto no Interlagos
Credito: Sérgio Rodrigo

Moradores do jardim Interlagos, em Apucarana, fizeram um protesto ontem à tarde contra o estado precário das ruas do bairro, que estão intransitáveis devido a grande quantidade de buracos e valetas. Após interromper o tráfego, os manifestantes queimaram pneus. A Polícia Militar e a Guarda Municipal acompanharam o manifesto.


Os moradores afirmam que as ruas estão danificadas há cerca de quatro anos e que os compromissos da Prefeitura em efetuar os reparos não foram cumpridos. Outros motivos de reclamações são os acidentes. Um destes, registrado há cerca de um ano, matou um morador do bairro.

O presidente da associação de Moradores do jardim Interlagos, José Alessandro da Silva afirma que “a situação aqui está terrível faz anos. Desde a administração anterior as ruas estão assim, mas nada foi feito. A situação chegou no limite, não temos mais condições de esperar. Precisamos dos serviços para o ano passado”.

Paranaense de Vôlei

Amavolei/Regina Mundi é campeã em Cascavel

A equipe masculina da Amavolei/Regina Mundi faturou o titulo da quinta e última etapa do Campeonato Paranaense Adulto realizada em Cascavel. No último jogo do Estadual, encerrado no do domingo, a Amavolei/Regina Mundi superou o Colégio Nobel, também de Maringá, por três sets a um, chegando a 32 pontos. As parciais foram de 25 a 19, 22 a 25, 25 a 18 e 25 a 21.

Para o técnico Dema o título foi importante para deixar o time mais motivado ainda para a decisão contra o mesmo Nobel, que deverá ocorrer na preliminar do amistoso internacional entre as equipes masculinas de Brasil e Estados Unidos, no ginásio de esportes Chico Neto, em setembro.

“Tivemos uma ótima participação na etapa de Cascavel. A equipe se manteve focada do primeiro ao último jogo e a conquista serve para valorizar o esforço dedicado aos treinamentos que realizamos diariamente no ginásio do Colégio Regina Mundi. Vencemos a etapa de Cascavel, mas agora precisamos ser impecáveis na decisão”, projetou Dema.

O atleta Dionísio, Amavolei/Regina Mundi, foi escolhido melhor jogador da partida decisiva e recebeu o troféu Paulãozinho.

A Amavolei/Regina Mundi contou com os seguintes atletas na etapa de Cascavel: Gabriel, Jean, Bruno, Everton, Rangel, Maxson, Frank, Carlos, Aldren, Janelson, Dionísio e Roberto. Técnico: Dema.

FEMININO

A equipe feminina da Amavolei/Regina Mundi, formada por praticamente atletas das categorias de base – somente três do adulto -, perdeu em sua última apresentação em Cascavel, para o campeão Londrina/Unifil, de três sets a zero, com parciais de 25 a 17, 25 a 16 e 25 a 19. A equipe de Maringá terminou o campeonato na quinta posição, com 18 pontos.

A Amavolei/Regina Mundi disputou a etapa de Cascavel com Juliana, Nathália Silva, Gabriele, Carla, Gabriela, Amanda, Natalya, Patrícia, Larissa e Damaris.

A decisão do feminino será entre Londrina/Unifil e Unibrasil, em setembro.



Miss Unisverso

Mexicana é Miss Universo; brasileira não fica entre as 15


É do México a mulher "mais bonita do mundo". Jimena Navarrete venceu na noite desta segunda-feira (23) o concurso Miss Universo 2010, realizado em Las Vegas, nos EUA. Em segundo lugar, ficou a Miss Jamaica, Yendi Phillipps, seguida das misses Austrália, Jesinta Campbell, Ucrânia, Ana Poslavska, e Filipinas, Venus Raj.

A Miss México, agora Miss Universo, recebeu a coroa das mãos de sua antecessora, a venezuelana Stefania Fernandez, na noite de terça-feira (23), em cerimônia realizada em Las Vegas.

A brasileira Débora Lyra, 20 anos, foi desclassificada logo no começo da competição, quando foram escolhidas as 15 primeiras colocadas: África do Sul, Albânia, Austrália, Bélgica, Colômbia, Filipinas, França, Guatemala, Irlanda, Jamaica, México, Porto Rico, República Tcheca, Rússia e Ucrânia.

Até então, se não havia uma representante brasileira para torcer, havia pelo menos uma vizinha, a colombiana, que acabou não sendo classificada entre as dez semifinalistas, depois de avaliada no desfile de biquíni. As misses França, Bélgica, República Tcheca e Rússia também deixaram a competição nesse estágio.

Eleições 2010

Íris Simões é o oitavo barrado pela nova lei no TRE

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou ontem o registro de candidatura do ex-deputado federal Íris Simões. Ele tentava uma nova vaga na Câmara Federal, mas foi o oitavo candidato barrado pela Lei do Ficha Limpa. Apenas o juiz Renato Cardoso de Almeida Andrade foi a favor da candidatura do ex-parlamentar, citado na denúncias envolvendo a Máfia de Ambulâncias no Congresso Nacional, mas foi voto vencido.
Íris e seu irmão Carlos Simões foram denunciados pelo Ministério Público (MP) estadual por suposto uso do poder econômico e utilização indevida dos veículos de comunicação. Eles usariam um programa de televisão para promoção de suas candidaturas antes mesmo do período eleitoral. Eles fariam doações para a população no programa conhecido como Casa do Povo. Entre as doações mais comuns estavam fraldas, inaladores, cadeiras de rodas e dentaduras.

Ele foi condenado em 2006 a cumprir pena de inelegibilidade por três anos e, mesmo decorrido o prazo, a pena é automaticamente aumentada para oito anos. No caso de Íris Simões, a corte entendeu que não existe direito adquirido de ser candidato e aplicou a Lei Complementar 135 de 2010 que o deixa inelegível para 2010.

Íris ainda poderá recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ao Supremo Tribunal Federal (STF). Além dele, já foram indeferidos os registros de candidaturas dos candidatos a deputado federal Geraldo Cartário (PDT), Carlos Roberto Scarpelini (PP) e Nilton Servo (PRB); e dos candidatos a deputado estadual Antonio Belinati (PP), Alessandro Meneguel (DEM), Erivan Passos da Silva (PRTB) e Luiz Pereira (PSB).
O TRE ainda tem que julgar 37 processos de registros de candidaturas. (LP)

Sarandi

Vereadores pedem informatização dos postos de saúde do município

Durante sessão da Câmara municipal de vereadores de Sarandi na tarde desta segunda-feira (23), os vereadores Reginaldo e Bianco, ambos do PT, apresentaram requerimento que foi aprovado pelos dez vereadores daquela casa de leis, que pede ao prefeito a informatização dos postos de saúde do município.

Eles argumentaram, que a informatização irá facilitar bastante o atendimento a população Sarandiense.
Administração municipal de Sarandi realiza audiência pública nesta sexta-feira

A administração municipal de Sarandi, estará realizado nesta sexta-feira (27),audiência pública para a apresentação e discussão dos seguintes instrumentos orçamentários:


Projeto de Lei do Orçamento Geral do Município para o exercício financeiro de 2011;

Projeto de Lei de alteração do PPA dos exercícios de 2010 à 2013;

Projeto de Lei de adequação do Anexo de Metas e Prioridades da LDO de 2010; e

Projeto de Lei de adequação do Anexo de Metas e Prioridades da LDO de 2011.


A audiência terá início as 19hs nas dependências da Câmara Municipal de Sarandi, com sede na Av. Maringá, 660 – Centro.