segunda-feira, 6 de setembro de 2010

De 14 a 19 de Setembro acontece Exporandi 2010

3ª CORRIDA RÚSTICA ORGANIZADA PELO 11º BPM É UM SUCESSO.

No dia 05 de setembro de 2010, o 11º BPM realizou na cidade de Campo Mourão a sua 3ª Corrida Rústica, com a presença maciça de inúmeros representantes da comunidade mouraoense, bem como de atletas civis e militares de inúmeras cidades da região.

Para fins de classificação, os atletas foram divididos em categoria geral e militar, por idade e sexo. O objetivo de tal evento é reforçar os laços da Polícia Militar com a comunidade, com um forte estímulo à manutenção da atividade física como meio para uma vida mais saudável e com muita qualidade de vida.

A largada da prova foi às 9h00min, na sede do 11º Batalhão de Polícia Militar, tendo um percurso diferenciado para cada faixa etária, sendo 1,6 km para crianças até 13 anos, 2,1 km para adolescentes até 16 anos e 6,08 km para os maiores de 16 anos. A chegada também foi na sede do 11º Batalhão de Polícia Militar. Oitenta e três competidores participaram do evento.

Apesar da organização do evento estar à cargo da Polícia Militar, tal evento somente alcançou o sucesso pretendido com o apoio da comunidade e dos seguintes órgãos: SESC Campo Mourão, Faculdades Integrado através dos acadêmicos do Curso de Bacharelado em Educação Física, Tiro de Guerra de Campo Mourão, Industria A.J. Rorato & Cia Ltda, ACORRECAM – Associação dos Corredores de Campo Mourão, ACICAM- Associação Comercial e Industrial de Campo Mourão, SANEPAR, dentre outros.

Houve premiação individual e por equipe para os melhores classificados.

Na categoria Civil geral, o atleta mouraoense Adilson de Souza Ferreira foi o primeiro colocado da prova.

Na categoria Militar geral, o primeiro colocado foi o Cabo José Carlos de Souza, pertencente ao 3º SB/2ºSGB/5ºGB de Campo Mourão, tendo como segundo colocado Geovane Ferreira, ,pertencente ao 7º BPM de Cruzeiro do Oeste, e como terceiro colocado o Sd. QPM 1-0 Osmar de Paula, pertencente ao 11º BPM de Campo Mourão.

Na Categoria civil geral feminino, a atleta Suelen Aparecida da Silva foi a primeira colocada. Na Categoria Militar feminina a primeira colocada foi a Soldado PM 2ª Classe Patrícia Tonette.



Feriado começa com onze mortos no PR

O feriadão começou com onze mortes em acidentes nas rodovias do Paraná. Uma colisão frontal entre um ônibus e um carro, na BR 376, vitimou cinco pessoas, todas ocupantes de um Celta com placas de Curitiba. Os 40 passageiros do ônibus, da Viação Garcia, que fazia a linha Maringá-Curitiba não se feriram.

A suspeita é de que o motorista do automóvel dormiu ao volante, porque o acidente aconteceu numa curva suave, com visibilidade, não estava acontecendo uma ultrapassagem e o veículo invadiu a pista contrária.
A batida aconteceu por volta de 3 horas da madrugada de sábado, na altura do município de Imbaú, e os corpos só chegaram ao Instituto Médico Legal de Ponta Grossa às 10 horas da manhã. Apenas o motorista do Celta foi identificado: Eliseu Chessa da Silva, 35. A suspeita é que se trata de uma mesma família. Morreram no acidente também duas mulheres e duas crianças.

Outras quatro mortes na região aconteceram em atropelamentos. No entorno de Ponta Grossa, foram dois casos. Um por volta das 23 horas de sexta-feira e outro às 2h30 da madrugada de sábado. Somente um dos corpos foi identificado: Valdemar José Fernandes De Mattos, 49.

Na BR 376, perto do distrito de Alto do Amparo (Tibagi), Darílio Carneiro, 45, foi atropelado por uma caminhonete às 4 horas da madrugada. Já na PR 092, perto de Arapoti, um homem ainda não identificado morreu e o atropelador fugiu sem prestar socorro. O tráfego nas rodovias da região é o dobro do registrado normalmente nos finais de semana. O fluxo é mais intenso no sentido Curitiba-interior. Devido ao grande movimento, as obras ao longo das rodovias foram interrompidas pela concessionária que administra o trecho.

Eleições 2010

Quércia desiste da disputa para Senado em SP

O ex-governador Orestes Quércia (PMDB) deve anunciar nesta segunda-feira, 6, a desistência da candidatura ao Senado por São Paulo. A decisão foi tomada depois de o peemedebista constatar a volta de um câncer na próstata, que havia sido tratado há mais de uma década. A renúncia será discutida hoje em reunião no Hospital Sírio-Libanês, onde Quércia está internado.

Com a retirada do nome de Quércia, a chapa Unidos por São Paulo (PSDB/PMDB/DEM/PPS/PSC/PHS/PMN) fica com apenas um candidato a senador, o tucano Aloysio Nunes Ferreira, ex-secretário chefe da Casa Civil do governo José Serra.

Aloysio deve herdar o tempo de Quércia na TV. Mas pode ter de substituir seu suplente, Sidney Beraldo (PSDB), por Airton Sandoval (PMDB).

A saída do ex-governador da corrida pelo Senado vem num momento em que a disputa está mais acirrada. Pesquisa Ibope/Estadão/TV Globo sobre as intenções de voto em São Paulo, realizada entre os dias 31 de agosto e 2 de setembro, mostra Netinho de Paula (PC do B) empatado tecnicamente com Quércia, com respectivamente 26% e 23% das intenções de voto.

De acordo com a pesquisa, Marta Suplicy (PT) segue na liderança com 36% . O senador Romeu Tuma (PTB) tem 13% e Aloysio, 12% – Tuma também está internado no Sírio-Libanês desde 1.º de setembro, para tratamento de uma afonia. Ele aproveitou a internação para antecipar a realização de uma bateria de exames que estava pré-agendada.

Quércia deu entrada no Sírio-Libanês na última terça-feira. A equipe médica que o acompanha, coordenada pelos professores Raul Cutait, João Toniolo, Fernando Maluf e Álvaro Sarkis, diagnosticou "a recidiva de um tumor de próstata".

Eleições 2010

TSE proíbe Serra de veicular apoio de Collor a Dilma

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na noite de domingo proibir a campanha do candidato do PSDB à Presidência, José Serra, de veicular uma propaganda que mostra o ex-presidente Fernando Collor, candidato a governador de Alagoas pelo PTB, expressando apoio e pedindo votos para a candidata do PT ao Planalto, Dilma Rousseff.

Em sua decisão, o ministro Joelson Dias acatou o argumento da campanha de Dilma, que afirmou que o uso de imagens feitas em gravações externas é proibido pela lei eleitoral nas inserções de 15 segundos que as campanhas têm direito.

A propaganda tucana mostra um comício de Collor, cassado da Presidência em 1992 em meio a um escândalo de corrupção, em que o senador pede que os eleitores não se esqueçam do nome de Dilma e de seu número na urna eletrônica. A propaganda foi ao ar no sábado, segundo informações do site do TSE (www.tse.jus.br).

Falando a jornalistas no domingo, Dilma classificou o uso do apoio de Collor à sua candidatura pela campanha de Serra como um "mecanismo escuso".

"É público e notório que eu tenho uma trajetória de vida um pouco diferente da trajetória do presidente Collor", disse a candidata, lembrando que em Alagoas o palanque governista é dividido entre Collor e Ronaldo Lessa (PDT).



Violência

Homem mata namorado de ex-mulher durante acerto de contas

Um possível acerto de contas por causa de dívidas de droga acabou em morte na noite de sábado (04), na Vila Yolanda, distrito de Ubiratã, na região Centro-Oeste do estado. Leonardo Campos, de 29 anos, foi atingido com um tiro no peito após se envolver em uma briga com o ex-marido de sua namorada.

Segundo a Polícia Militar, os dois estavam envolvidos com drogas. Na noite de sábado, o ex-marido, Valmir Possidônio, foi até a residência da ex-mulher e ao chegar encontrou a vítima, com quem se envolveu em uma briga.

Ao tentar escapar, Campos foi atingido com um tiro no peito e caiu na porta da cozinha. Mesmo ferido, a vítima tentou correr para pedir socorro, mas caiu nos fundos da residência, onde morreu. O acusado do crime fugiu em um veículo Voyage, que estava estacionando em frente à residência.

Campo Mourão

Em Campo Mourão, um casal foi atingido por vários tiros quando estava em frente à residência, no bairro Jardim Cidade Nova. A tentativa de homicídio aconteceu por volta das 19h30, do último sábado (4).

Paulo Gabriel Duarte, de 20 anos, foi atingido com tiros nas costas e a sua namorada, uma adolescente de 16 anos, foi ferida no braço e na perna. Conforme testemunhas, um motociclista passou e atirou contra o casal. Os dois foram encaminhados à Central Hospitalar de Campo Mourão, medicados e liberados na manhã deste domingo (5).