segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Denuncismo Eleitoreiro

Não adianta apresentar uma denúncia à população somente no período de eleição. Se o político sabia antes do fato, por que não o tornou público? Se sabe e não denuncia, é cúmplice. Está usando o crime do outro só para se beneficiar, quer apenas desmoralizar o concorrente

Tem que condenar o denuncismo sem fundamento, irracional, irresponsável, sem qualquer base de verdade, apenas para enlamear o nome de outra pessoa. Isso ocorre na Justiça, principalmente pelo uso de denúncia anônima. Muitas vezes a pessoa denuncia anonimamente não por medo de represália, mas por ser irresponsável e apenas para denegrir outra pessoa. Quem tem conhecimento de causa, pode denunciar com comprovação.

Na minha opinião, as denúncias deveriam ser desprovidas de conotação política eleitoreira. Acho absurdo que questões que devem ser tratadas por órgãos competentes, como o Ministério Público, a Polícia Federal, entre outros, sejam levadas para esse lado, de denúncias, de questões eleitoreiras.  os políticos precisam respeitar a dignidade e a honra dos adversários.

Seria tão bom, se no período de eleição os candidatos apresentassem bons projetos à população e propostas de solução de problemas, é isso que a sociedade espera.

O que esta acontecendo, na minha opinião, é degradante, é lamentável o denuncismo,  esta tomando lugar das propostas edificadoras nestas eleições. Pensem e Reflitam
Bebê morre afogado na piscina da casa dos avós

O corpo do bebê Sabrina Oliveira de Melo, de nove meses, foi sepultado nesta tarde (13), no cemitério de Analândia, cidade com cerca de 4,5 mil habitantes na região de Ribeirão Preto (SP). A criança morreu afogada na piscina da casa dos avós, na Chácara Santa Rita, no fim da tarde de ontem (12).

Por volta de 16h50, os avós perceberam que o bebê, que estava num andador, havia caído na piscina. Foram acionados policiais de Analândia e da vizinha Itirapina, além de Bombeiros de São Carlos e a unidade de resgate da concessionária Centrovias, que administra a rodovia mais próxima da chácara. Porém, a criança já havia morrido. A chácara fica a cerca de 20 quilômetros da cidade.
Delegado e superintendente são presos por extorsão


Acusados de extorquir um caminhoneiro em R$ 40 mil, dois policiais civis e dois advogados do município de Campo Largo (RMC) foram presos na manhã desta segunda-feira (13) pelo Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).


O Ministério Público do Paraná confirma que os policiais civis presos são o delegado e o superintendente da Delegacia de Campo Largo.


Ainda na tarde de hoje, o Gaeco deve cumprir mais um mandado de prisão e buscas por documentos na casa dos apreendidos e na própria delegacia. AS informações são da Banda B.

Eleições 2010

Paraná tem novo candidato ao governo



O Diretório Estadual do PRTB decidiu substituir seu candidato ao governo nessas eleições.O policial militar Robinson de Paula deu lugar a Ella Vicente, estagiária no Departamento de Estradas e Rodagens do Paraná.


Ella era candidata a deputada estadual pela legenda. A candidatura dela ainda precisa passar pela avaliação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). "Eu adorei. Agora vou fazer muito mais do que poderia", disse. Ella tem 32 anos, é divorciada e tem uma filha de 10 anos. Ella já apresentou slogan para sua campanha: "Vamos colocar Ella na urna".


A mudança do PRTB foi motivada a insurgência do candidato Robinson. Ele havia ingressado com uma ação na justiça contra o próprio partido pedindo para ter visibilidade no horário eleitoral (Fonte: rádio Banda B).