segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Eleições 2010

Marina Silva defende 'plenária' para decidir sobre apoio no segundo turno

A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, que alcançou quase 20% dos votos válidos e terminou em terceiro lugar na eleição, defendeu uma discussão interna no partido para decidir se a legenda apoiará Dilma Rousseff (PT) ou José Serra (PSDB) no segundo turno.

Em pronunciamento na noite deste domingo em São Paulo, ela pediu que o partido faça uma reunião plenária que incorpore, além dos militantes, "os núcleos vivos da sociedade", refererindo-se a intelectuais e artistas, entre outros segmentos. "Façamos a discussão no partido, mas que esses núcleos vivos sejam ouvidos", afirmou.

Segundo a candidata, a discussão é necessária porque os votos pertencem ao eleitor. "Vamos fazer uma discussão. Que sejam ouvidos o Movimento Marina Silva, os intelectuais. Faremos uma plenária para avaliar nossa posição. O voto não é da Marina, nem de José Serra, nem da Dilma. O voto, fora da visão patrimonialista das coisas, é do eleitor", afirmou.