quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Presos 4 vereadores acusados de negociar projetos

Quatro vereadores foram presos na manhã desta quinta-feira na cidade de Maravilha, localizada a cerca de 570 km ao oeste de Florianópolis, acusados de negociar a aprovação de projetos de loteamentos imobiliários na cidade. Os parlamentares foram detidos após força tarefa realizada pelo Ministério Público de Santa Catarina. Dez mandados de busca apreensão e cinco prisões foram realizados pela manhã.

Além dos quatro vereadores, que integram a Mesa Diretora e não tiveram a identidade divulgada pelo MP, um comerciante também acabou preso temporariamente. O Ministério Público informou em nota que não serão fornecidos maiores detalhes das prisões para "não atrapalhar as investigações".

A Operação Parlamento apura casos de suposta venda de aprovação de projetos que necessitariam ser submetidos à apreciação da Câmara de Vereadores. Os suspeitos podem responder por concussão e corrupção passiva, além de lavagem, ocultação de dinheiro e formação de quadrilha.

Tragédia

A caminho do velório da mãe, 3 irmãos morrem em acidente em MT

Três irmãos - dois meninos de 12 e 13 e uma jovem de 17 anos - morreram após um acidente de carro no km 110 da BR-158, no distrito de Indianópolis, em Barra do Garças (MT), quando iam para o velório da mãe em Cuiabá.

O acidente ocorreu por volta das 5h30 desta quarta-feira.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, os três saíram de Vila Rica em um Uno com outra duas pessoas.
Após tentar desviar de um tamanduá que estava na pista, o motorista, que também morreu, perdeu o controle do veículo e capotou.

O único sobrevivente foi um tio dos adolescentes, 33 anos, que foi levado ao Hospital Regional de Barra do Garças em estado grave.

A PRF não soube dizer qual o grau de parentesco entre o motorista e as vítimas.
As quatro pessoas morreram na hora.

Novo horário

Horário de verão começa à meia-noite de sábado

 A partir da meia-noite do próximo sábado (16), os ponteiros dos relógios das Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país deverão ser adiantados em uma hora para o horário de verão, que vai até 20 de fevereiro.

Ao mesmo tempo que os dias ficam mais longos, aumenta a dificuldade para acordar nos primeiros dias do horário de verão. No entanto, Flavio Alói, neurologista do Hospital das Clínicas de São Paulo, diz que a mudança do horário tem pouca interferência para o relógio biológico.

"As pessoas atribuem a sensação de mais cansaço ao acordar ao novo horário, sem considerar o estresse diário, a ingestão de café ou de álcool em excesso ou o sedentarismo", diz. "Acaba sendo só um disparador de que o ritmo do organismo não vai bem."

Para contornar os efeitos, ele sugere, além de mudança de hábitos, dormir progressivamente mais cedo. "Quem deita à meia-noite pode ir dormir às 23h45, depois às 23h30, e assim até as 23 horas."

Para as crianças, a alteração dos ponteiros é mais significativa só nos três primeiros dias. "Embora necessitem de horas de sono para o desenvolvimento, elas têm uma vida mais saudável e sem tantas preocupações", afirma Alói.
Criada a Companhia da Polícia Militar de Sarandi


O governador do Paraná Orlando Pessuti esteve em Maringá na tarde desta quarta-feira (13),  para assinar a criação do 3º Comando Regional de PM, com sede em Maringá, e da 4ª Companhia do 4º Batalhão de PM, de Sarandi.

Com a criação da Companhia de Sarandi, o município passa a contar com mais policiais para a cidade. "A partir do decreto passamos a ter uma Companhia. Mas falta estruturar, aos poucos isso vai acontecer", comentou o tenente Joel Guerreiro, que é comandante do atual destacamento, que com a criação da Companhia, não poderá ser mais comandante, pois a Companhia tem que ser comandanda por um Capitão.

Eu conversei com o governador Pessuti, que falou sobre a instalação da Companhia em Sarandi. Ouça.