quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Marido flagra padre fazendo sexo com a mulher em igreja

O padre José Antonio Boitrón Solano foi flagrado em sua cama na igreja Medalha Milagrosa, em Trujillo (Peru), com a faxineira Teolinda Amaya Altamirano, que trabalhava na paróquia. A relação sexual foi gravada e exibida na TV peruana. As imagens foram feitas pelo marido de Teolinda, que está grávida de 4 meses. O filho seria do padre.

"Fizeram uma armadilha para mim", defendeu-se o religioso ao marido traído.

"Eu reconheço que errei, fique calmo", acrescentou.

Teolinda disse que José Antonio a forçava a ter relações sexuais com ele. O padre ainda celebra missas na igreja, segundo a imprensa local.

Assista ao vídeo:





Teolinda disse que José Antonio a forçava a ter relações sexuais com ele. O padre ainda celebra missas na igreja, segundo a imprensa local.

Assista ao vídeo:
Homem tenta estuprar garota de 13 anos e acaba preso

Policiais militares do Projeto Povo Uvaranas, em Ponta Grossa, foram acionados, na quarta-feira (3), para darem atendimento a uma ocorrência de tentativa de estrupo, na rua Expedicionário Darcy Soares. No local, uma adolescente de 13 anos relatou que um rapaz tentou agarrá-la e arrancar sua roupa a força, mas ela conseguiu fugir.

A equipe iniciou o patrulhamento, e conseguiu localizar o suspeito, que foi reconhecido pela vitima. Outra adolescente que o detido havia tentado agarrar dias atrás também o reconheceu. O detido foi conduzido à 13ªSDP.



Eleição para presidência da Câmara de: Aguiar acusa Cilas Moraes de quebrar acordo de cavalheiro 

Na tarde desta quarta-feira (3), foi realizada mais uma sessão ordinária da Câmara de vereadores de Sarandi.

A novidade ficou por conta da volta do ex-chefe de gabinete, vereador Luiz Carlos de Aguiar (PPS).

Aguiar antecipou sua volta, para concorrer à presidência daquela casa de leis, que deverá acontecer na segunda quinzena de novembro.

Vale ressaltar que a disputa para presidência da Câmara esta sendo polarizada entre o atual presidente vereador Cilas Moraes, e Luiz Carlos Aguiar. Aliais, Aguiar disse que existia um acordo de cavalheiro entre ele e o Cilas, sendo que ele apoio o atual presidente para presidência, para que o mesmo o apoiasse agora.

Mais, Cilas resolveu não cumprir o tal acordo. Ouça as palavras do vereador Aguiar falando sobre este acordo.




Por outro lado, Cilas disse que depois que o vereador deixou o cargo para assumir a chefia de gabinete, este acordo ficou sem validade, ouça.