Postagens

Mostrando postagens de Novembro 5, 2010
Moradores agridem homem que teria assediado criança provocando sua morte

Um homem de 50 anos morreu por volta das 23h45 de quinta-feira (4), depois de ser agredido por três moradores do Jardim Canadá, em Paranavaí, (a 75 quilômetros de Maringá). De acordo com a Polícia Militar, a agressão aconteceu às 20h, porque a vítima, que estava bêbada, teria assediado verbalmente uma menina de 9 anos que passeava com a avó.

Segundo a PM, vizinhos informaram que o homem já tinha assediado outras crianças. A vítima chegou a ser encaminhada para o Hospital Santa Casa, mas não resistiu os ferimentos.
Os três homens que agrediram a vítima fugiram antes de a PM chegar ao local. A Polícia Civil abrirá inquérito para apurar o caso.
Pai manteve filha refém por mais de cinco horas

Um ex-guarda civil metropolitano (GCM) de 46 anos manteve refém a própria filha, de 8 anos, por mais de cinco horas, entre a noite desta quinta-feira (4) e a madrugada desta sexta (5), na Zona Leste de São Paulo, informou a Polícia Militar (PM).
O caso teve início por volta de 20h30. Após uma discussão com a mulher, ele fez reféns cinco pessoas dentro de casa, na Vila Clara, região de São Miguel Paulista: a mulher, a mãe, de 70 anos, uma irmã, e dois filhos, um menino de 3 e a menina de 8 anos.
Segundo a PM, que cercou o imóvel, o homem estava armado com um revólver. Ele chegou a atirar duas vezes dentro da casa, mas ninguém ficou ferido.
Após negociações, o ex-GCM libertou quatro pessoas, mas não permitiu a saída da filha. O drama da família entrou pela madrugada.
O filho dele de outro casamento conta que o pai desconfiava de uma traição. “No comentário ele falou que ela ia se encontrar com o amante, mas não procede, ela não tem amante, é m…
Imagem
Queda de avião em Cuba não deixa sobreviventes


     Imagem do mesmo modelo, um ATR-72, que sofreu o acidente em Cuba.
Um avião da Aerocaribbean com 68 pessoas a bordo caiu em um lugar remoto na região central de Cuba nesta quinta-feira (4), matando todos seus ocupantes.
Das 68 pessoas a bordo, 61 seriam passageiros e sete integrariam a tripulação.
Do total de ocupantes do avião, 40 seriam cubanos, e 28 estrangeiros, sendo nove argentinos, sete mexicanos, três holandeses, dois alemães, dois austríacos, um espanhol, um francês, um italiano, um japonês e um venezuelano.
A aeronave que sofreu a queda é um turboélice ATR-72, que fazia a rota entre Santiago de Cuba e Havana.
O avião teria caído numa região rural, de difícil acesso, da aldeia de Guasimal, na província de Sancti Spiritus. Após a queda, a aeronave pegou fogo.