quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Comemoração animal

Emmanuel Rivas estava todo feliz com o gol de Caputo para o Bari, que garantiu o empate de 1 a 1 com o Cesena no sábado passado. Mas Rivas não esperava a reação do amigo (será amigo mesmo?): quando foi lá dar aquele abraço gostoso, levou um socão na cara.

Veja.

Ocorrências do setor policial em Sarandi

DESACATO
01/12/2010 15:40
LOCAL: MARINGA, JARDIM VERAO, SARANDI
ADVERTIDO: A. P. D. O. 28 anos
TESTEMUNHA: M. O. 71 anos
VÍTIMA: E. M. B. N. 48 anos
VÍTIMA: CRIANÇA 8 anos
AS INFORMAÇÕES É DE QUE HAVIA UM PITIBULL SOLTO NO CENTRO DA CIDADE DE SARANDI, SENDO SOLICITADO APOIO PELO
CORPO DE BOMBEIROS DE SARANDI PARA A PM, PARA CONTER UMA SENHORA QUE SE INTITULAVA DONA DO ANIMAL E QUE NÃO ERA
PARA MACHUCAR O MESMO, HOUVE VÁRIAS LIGAÇÕES DE QUE O ANIMAL ESTAVA ATACANDO QUEM PASSAVA POR ELE.

ROUBO
01/12/2010 16:05
LOCAL: ANTONIO VOLPATO, AV, CENTRO, SARANDI
VÍTIMA: ADOLESCENTE 14 anos
A SOLICITANTE INFORMA QUE APÓS SACAR DO BANCO ITAÚ A IMPORTANCIA DE 730,00 REAIS, FOI SURPREENDIDA POR DOIS
ELEMENTOS QUE ROUBOU O DINHEIRO DO BOLSO TRASEIRO. TOMANDO RUMO IGNORADO.

SEM ILICITUDE - ABORDAGEM DE SUSPEITO(S)
01/12/2010 23:00
LOCAL: DOURADO, R, JARDIM ITAMARATI, SARANDI
APOS DENUNCIA ANONIMA A EQUIPE DESLOCOU NO ENDEREÇO ACIMA E VERIFICOU A PESSOA IDENTIFICADA E DEU BUSCAS NA
RESIDENCIA VISANDO ESCLARECIMENTOS DE OCORRENCIA ANTERIOR.
Polícia apura golpe de R$ 119 milhões em bolão da Mega no RS

Mais um escândalo envolve uma premiação milionária da Mega-Sena no Rio Grande do Sul. Após o vencedor do maior prêmio da Mega-Sena em sorteios regulares ter efetuado o saque de R$ 119 milhões, do concurso realizado no dia 6 de outubro, dez funcionários da prefeitura do município gaúcho de Fontoura Xavier, no norte do estado, procuraram a polícia dizendo que o bilhete premiado pertencia a um bolão feito pelo grupo.

O empresário de São José do Herval (RS), que sacou a quantia como único ganhador, teria recebido o bilhete premiado de um dos apostadores do bolão após o resultado da loteria. O homem que liderou a aposta, um funcionário da prefeitura da cidade, é acusado pelos colegas de armar para não dividir o prêmio, retirando o boleto premiado do bolo de apostas.

No entanto, o grupo apostador não possui cópia dos bilhetes para comprovar sua denúncia. Seus advogados se baseiam no testemunho de um homem que não participou do bolão, mas que teria ajudado a preenchê-lo.

O caso é investigado pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) do Rio Grande do Sul sob segredo de Justiça. Responsável pela investigação, o delegado Heliomar Ataydes Franco, titular da Delegacia de Roubo de Veículos do Deic, afirmou que só se pronunciará no fim do inquérito. Entretanto, destacou que foi comprovada a fraude, sem dar detalhes.

Uma outra informação dá ainda mais destaque a essa polêmica. O empresário que sacou o prêmio teve parte do valor bloqueado pela Justiça. A decisão da Comarca de Soledade (RS) atende o pedido da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional da 4ª Região, que afirma que o suposto apostador possui dívidas com o fisco nacional decorrente de questões trabalhistas. Ele detém um débito de R$ 2,5 milhões contraído por sua empresa em sete execuções fiscais, entre impostos e contribuição para a Previdência Social.

Em março deste ano, um bolão ganhador de R$ 53 milhões não foi registrado pela atendente de uma lotérica em Novo Hamburgo, na região metropolitana de Porto Alegre. O proprietário e a funcionária responsável por registrar os jogos foram indiciados por estelionato.




Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 30 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas sorteadas pela Caixa Econômica Federal (CEF), nesta quarta-feira (1º), pelo concurso 1.236 da Mega-Sena.
Confira os números sorteados: 03 – 08 – 17 – 20 – 38 – 53
Segundo a Caixa, 136 apostas acertaram cinco números e cada uma vai receber R$ 16.352,70. Outras 9.270 apostas acertaram quatro números e cada uma receberá R$ 342,72.
De acordo com a Caixa, o prêmio acumulado para o próximo concurso, a ser realizado no próximo sábado (4), é de R$ 30 milhões.
Neve segue causando o cancelamento de voos na Alemanha

As fortes nevascas que caem há dias na Alemanha e que nesta quinta-feira (2) cobriram Berlim com uma grossa camada branca afetam o tráfego aéreo dos principais aeroportos do país, onde continuam os cancelamentos e atrasos nos planos de voo. Um porta-voz do aeroporto de Munique anunciou para o dia de hoje "alguns cancelamentos", e desde o aeroporto de Frankfurt, o mais importante da Europa, foi comunicada "a suspensão de 40 voos: 25 aterrissagens e 15 decolagens".

A maioria deles corresponde a aeronaves que estão presas em outros aeroportos europeus, indicaram desde Frankfurt, onde informaram que o trabalho de remoção da neve das pistas irá demorar, pelo que deve-se contar com muitos atrasos.

Durante a madrugada caíram novas e fortes nevascas nos estados da Baixa Saxônia, Brandeburgo, Berlim, Turíngia, Saxônia, Saxônia-Anhalt e Baviera, afetando o trânsito nas ruas e estradas. A empresa ferroviária Deutsche Bahn informou que a neve dificulta e atrasa o trânsito de trens na Saxônia, Saxônia-Anhalt, Turíngia e no norte da Baviera, estados onde os fortes ventos e a neve derrubaram árvores em vários pontos.

Na Saxônia, a linha que une as cidades de Leipzig e Nuremberg está cortada, e na localidade de Saalfeld, na Turíngia, um trem de alta velocidade com destino a Munique está parado na via.
Acidente na PR-218 mata cinco pessoas e deixa três feridas

Um acidente na PR-218, no Norte do Paraná, matou cinco pessoas, entre elas uma criança, e deixou três feridas na tarde desta quarta-feira (1º). O acidente, que ocorreu nas proximidades do Município de Sabáudia, envolveu sete automóveis, dois caminhões e uma motocicleta. Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Rolândia, quatro pessoas morreram no local. A criança teria falecido ao chegar ao hospital.

De acordo com as primeiras informações, o trânsito na rodovia ficou interditado por pelo menos meia hora, mas por volta das 17h40 a pista já estava liberada. Os feridos foram encaminhados para o Hospital Regional João de Freitas, em Arapongas. Os corpos das vítimas foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) de Londrina.

As vítimas fatais estavam num Monza vermelho com placas de Londrina. Até as 20h20 o IML havia identificado apenas Odair Ribeiro, de 47 anos. Um tio que foi reconhecer o corpo disse que eles seguiam para Paranavaí.

Um dos motoristas afirmou à RPCTV que o motivo do acidente teria sido uma nuvem de fumaça com origem em um lixão nas proximidades da rodovia. Um carro parou e todos os outros bateram atrás.