quarta-feira, 16 de março de 2011

Chuvas no Paraná já atingiram 28 mil pessoas

O número de pessoas afetadas pelas chuvas no Paraná chega a 28.418, informa o boletim da Defesa Civil divulgado no final da tarde desta terça-feira (15). Os desalojados são 10.363 e há ainda 2.487 desabrigados. O governador Beto Richa decretou estado de calamidade pública nos municípios de Morretes e Antonina. Guaratuba e Paranaguá estão em estado de emergência. Foram registradas duas mortes em Antonina, uma em Morretes e uma em Honório Serpa. Oito municípios foram atingidos pelas chuvas.

Morretes tem o maior número de pessoas afetadas. São 15.178, entre as quais 8 mil desalojadas e 1.180 desabrigadas. Uma pessoa está desaparecida. Em Antonina, os afetados são 5.000, e em Guaratuba, 1.590. No interior, Honório Serpa tem a situação mais crítica, com 4.000 pessoas afetadas, 12 pontes e várias estradas danificadas. Em Mangueirinha, o número de afetados é de 2.000.

O volume das chuvas que caiu no Litoral foi mais do que o dobro do normal para o período. De acordo com o Instituto Tecnológico Simepar, a média prevista para o mês em Antonina é de 334 milímetros, mas em 15 dias o volume de chuva já chegou a 307 milimetros. Em Morretes, a média prevista era de 227 milímetros e choveu 480 milímetros em 15 dias.

De acordo Vanessa D´Avila, técnica em meteorologia do Instituto Tecnológico Simepar, grande parte da precipitação foi concentrada na sexta-feira, agravando a situação. Em Morretes o volume de chuvas nesse dia foi de 230 milímetros.


A previsão do tempo para o Litoral para os próximos dias é de céu parcialmente nublado com chuva leve.

Nenhum comentário: