Chuvas no Paraná já atingiram 28 mil pessoas

O número de pessoas afetadas pelas chuvas no Paraná chega a 28.418, informa o boletim da Defesa Civil divulgado no final da tarde desta terça-feira (15). Os desalojados são 10.363 e há ainda 2.487 desabrigados. O governador Beto Richa decretou estado de calamidade pública nos municípios de Morretes e Antonina. Guaratuba e Paranaguá estão em estado de emergência. Foram registradas duas mortes em Antonina, uma em Morretes e uma em Honório Serpa. Oito municípios foram atingidos pelas chuvas.

Morretes tem o maior número de pessoas afetadas. São 15.178, entre as quais 8 mil desalojadas e 1.180 desabrigadas. Uma pessoa está desaparecida. Em Antonina, os afetados são 5.000, e em Guaratuba, 1.590. No interior, Honório Serpa tem a situação mais crítica, com 4.000 pessoas afetadas, 12 pontes e várias estradas danificadas. Em Mangueirinha, o número de afetados é de 2.000.

O volume das chuvas que caiu no Litoral foi mais do que o dobro do normal para o período. De acordo com o Instituto Tecnológico Simepar, a média prevista para o mês em Antonina é de 334 milímetros, mas em 15 dias o volume de chuva já chegou a 307 milimetros. Em Morretes, a média prevista era de 227 milímetros e choveu 480 milímetros em 15 dias.

De acordo Vanessa D´Avila, técnica em meteorologia do Instituto Tecnológico Simepar, grande parte da precipitação foi concentrada na sexta-feira, agravando a situação. Em Morretes o volume de chuvas nesse dia foi de 230 milímetros.


A previsão do tempo para o Litoral para os próximos dias é de céu parcialmente nublado com chuva leve.

Comentários

As mais visitadas

Semana Jurídica em Sarandi

CEMEI de Sarandi realiza evento cultural em comemoração ao dia das crianças

Idoso suspeito tocar corpo de criança por R$ 50,00 permanece preso