Decretada apreensão de agressor de professora

O promotor do Ministério Público, Aroldo Giavariza, pediu hoje (16) a apreensão provisória do menor que agrediu sua professora de matemática em uma escola estadual de Guaimbê, no interior de São Paulo. A Justiça acatou o pedido, segundo o MP.

A agressão aconteceu ontem após a professora chamar a atenção do aluno. O rapaz xingou a professora e arremessou uma carteira escolar contra ela. A vítima foi atingida na altura da cintura. Ela passa bem, mas ficará afastada de suas funções para recuperação, segundo a Secretaria Estadual de Educação.

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse