Dez prefeitos eleitos estão afastados no Paraná

Dez prefeitos que foram eleitos em 2008, e tomaram posse em 2009, já não estão mais no exercício do mandato no Estado do Paraná, aponta um levantamento realizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) em todo o país.

A "evasão" de políticos chegou a 2,8% dos 399 municípios do Paraná, ultrapassando o índice nacional que chegou a 2%. Dos 5.563 Municípios brasileiros, 126 tiveram troca de prefeito até fevereiro deste ano.

Segundo balanço, o principal motivo para as mudanças foi a cassação de mandato: 65,6% dos casos, o equivalente a 84 dos 128 casos registrados pela CNM. As cassações por infração à legislação eleitoral correspondem a 36,9% dos casos, e os atos por improbidade administrativa, a 38,1%.

Dos afastados no Paraná, cinco foram por cassação e quatro por falecimentos.

Em 19 municípios, o prefeito eleito faleceu – quatro foram assassinados, três morreram em acidentes e 12 faleceram por causas naturais. A renúncia para concorrer a outros cargos afastou 13 prefeitos e outros dois afastaram-se por problemas de doença.

Se a análise for feita por Estado, o Acre, em termos proporcionais, é o local onde houve a maior troca de prefeitos: 13,6%. Amazonas, Espírito Santo, Piauí e Mato Grosso do Sul completam a lista dos cinco primeiros.

O levantamento da CNM foi realizado a partir de dados da Justiça eleitoral, das associações estaduais de municípios e de uma pesquisa direta nas prefeituras, onde foram buscadas informações sobre os motivos de afastamento de cada prefeito. Até o fechamento do estudo, não houve de troca de prefeitos no Amapá, Alagoas e Roraima.

Veja os municípios que têm prefeitos afastados no Paraná

Ângulo (32 km de Maringá) - Cassação de Mandato Ato de improbidade administrativa

Barbosa Ferraz (74 km de Campo Mourão) - Falecimento do prefeito anterior - assassinado

Cafeara (103 km de Londrina) - Falecimento do prefeito anterior - morte natural

Cruzeiro do Oeste (25 km de Umuarama) - Concorrer ou assumir outro cargo Deputado federal

Doutor Ulysses (117 km de Curitiba) - Cassação de Mandato Ato de improbidade administrativa

Enéas Marques (38 km de Francisco Beltrão)- Cassação de Mandato Infração à legislação eleitoral

Palmas (95 km de Pato Branco)- Cassação de Mandato Ato de improbidade administrativa

Porto Rico (95 km de Paranavaí)- Falecimento do prefeito anterior Morte Natural (doenças, infarte, etc.)

Rio Branco do Sul (Região Metropolitana de Curitiba) - Falecimento do prefeito anterior - assassinado

Sarandi (7 km de Maringá) - Cassação de Mandato Crime Comum

Comentários

As mais visitadas

CRM-PR retira indicativo de interdição ética da UPA de Sarandi

Semana Jurídica em Sarandi

CEMEI de Sarandi realiza evento cultural em comemoração ao dia das crianças