quarta-feira, 16 de março de 2011

Ex-mulher teria mandado matar presidente do PTN

Alessandra de Fátima Siqueira Cordeiro foi presa nesta terça-feira (15), durante operação Viuva Negra, deflagrada pelo Gaeco. Ela é a ex-mulher do líder comunitário e então presidente do Partido Trabalhista Nacional (PTN) de Piraquara, Darci Cordeiro Sobrinho. Ele foi morto a tiros em novembro do ano passado em frente a um bar no Jardim Holandês, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. Segundo apurado pelo Núcleo de Curitiba do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado, do Ministério Público do Paraná, a viúva e o amante, Jefferson Pacheco, que também foi preso, seriam os mandantes do crime.

De acordo com as investigações, a ex-mulher e o amante teriam contratado outras pessoas para executarem o líder comunitário. A morte teria custado R$ 6 mil. O GAECO informa que essas pessoas ainda não foram identificadas e que as investigações prosseguem nesse sentido. As prisões preventivas de Alessandra e Jefferson foram expedidas pelo Juízo Criminal de Piraquara.

Na casa de Jefferson foi apreendido o veículo usado pelos criminosos. O filho de Alessandra também foi detido, por posse ilegal de arma, mas não há indicativos de que tenha participação no homicídio.

Nenhum comentário: