Filho de vereador é morto após assalto em Londrina

Um homem de 27 anos foi morto após assalto na noite desta terça-feira (29), na Vila Siam, em Londrina. O crime foi por volta das 20h55, na rua Comandante Carlos Alberto.

Raphael Galdino de Godoy morreu após receber um único disparo nas costas. Ele é filho do suplente de vereador conhecido como Godoy da Copel, que foi empossado em virtude da licença, por 125 dias, do Vereador José Roberto Fortini (PTC) no ano passado.

De acordo com o delegado-chefe de Londrina, Márcio Amaro, parentes da vítima haviam acabado de chegar de viagem e estavam descarregando a bagagem. Raphael saiu de casa quando percebeu a movimentação estranha de quatro elementos que passavam pelo local. Eles deram voz de assalto, mas um se assustou e acabou efetuando o disparo contra Raphael. Ele morreu no local. Assim, como o pai, o jovem também trabalhava na Copel.

"O que recebemos é que os parentes da vítima estavam chegando de viagem. O Raphael, quando viu os elementos suspeitos, saiu da casa para socorrer os familiares. Após darem voz de assalto, um dos elementos se assustou e atirou contra a vítima. O Raphael correu e morreu com um tiro nas costas. Após o disparo, os ladrões entraram no carro e saíram, mas como o veículo tem dispositivo de segurança, parou após sofrer pane seca e foi abandonado na avenida Santos Dumont", explicou o delegado.

O veículo Polo Sedan (placas AIR - 5655 de Londrina) foi abandonado em frente ao Aero Park Hotel, na avenida Santos Dumont. A Polícia Militar fez diligências pela região, mas não conseguiu encontrar nenhum suspeito.

O delegado Márcio Amaro informou que foram colhidos indícios no interior do carro e também requisitou ao hotel imagens das câmeras em frente ao local.

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse