Reajuste do piso salarial deve ser 6,9% no Paraná

É de 6,9% o índice de correção do salário mínimo regional do Paraná a ser proposto à Assembleia Legislativa. Governo estadual, centrais sindicais e o setor empresarial decidiram o percentual, em acordo, durante um debate tripartite nesta terça-feira (22). O índice é o mesmo utilizado na correção do piso nacional.

Com o aumento, o piso regional ficará entre R$ 708,74 e R$ 817,78, dependendo da faixa de atuação do trabalhador. A proposta será enviada ao governador Beto Richa e, se aprovada pela Assembleia Legislativa, entrará em vigor no dia 1° de maio.

O secretário estadual do Trabalho, Luiz Romanelli, mediou a discussão e afirmou que este é um momento inédito. "O debate entre as representações é uma iniciativa do governador Beto Richa e o acordo entre as partes representa um ganho para os trabalhadores", avaliou.

Segundo Romanelli, também presidente do Conselho Estadual do Trabalho, outras reuniões devem acontecer para definir fatores como a política permanente do piso regional e a garantia de que o mínimo seja respeitado e pago para todos os trabalhadores paranaenses e não só para os que possuem acordo coletivo.

O piso regional estadual é referência para mais de 1,5 milhão de paranaenses, direta e indiretamente. Ele é aplicado para os trabalhadores assalariados cujas categorias não possuem acordo ou convenção coletiva de trabalho.

FAIXAS SALARIAIS

São quatro faixas utilizadas para definir o piso de cada um dos grupos de ocupações. Se aprovado, o novo salário mínimo será aplicado da seguinte forma:

Grupo I – Formado por trabalhadores na agricultura: R$ 708,74.

Grupo II – São enquadrados os antigos grupos 2, 3 e 4, trabalhadores em serviços administrativos, domésticos e gerais, vendedores e trabalhadores de reparação: R$ 736,00.

Grupo III – Trabalhadores na produção de bens e serviços industriais: R$ 763,26.

Grupo IV - Composto por técnicos de nível médio: R$ 817,78.


Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse