terça-feira, 28 de junho de 2011

Advogados teriam aplicado golpe de R$ 1 milhão no Paraná

A Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas conseguiu desbaratar uma quadrilha que desviava recursos de contas judiciais, em Curitiba. Seis pessoas foram detidas durante a Operação Nêmesis, realizada na manhã desta terça-feira (28), dentre elas os advogados Ionéia Ilda Veroneze e Luiz Fernando Cachoeira.

Além deles foram presos dois servidores públicos lotados na 2ª Vara Cível de Curitiba, Douglas Teodoro de Souza e o Everson Ricardo Pruzak. "O juiz era induzido ao erro, uma vez que eles formulavam todo um procedimento falso por meio desses advogados, que faziam a petição e conseguiam alvarás. Em posse desse alvarás, era feito levantamento de numerário e esses valores eram depositados em contas judiciais", explicou o delegado Cassiano Alfieiro.

Três laranjas foram identificados nesses cinco meses de investigação. Dois foram detidos durante a operação, Dejacir dos Santos Rodrigues e Neusa Procher Cachoeira. Um terceiro indivíduo é considerado foragido. O grupo é acusado de desviar mais de R$ 1 milhão.

As seis pessoas presas foram indiciadas por apropriação indébita, falsificação de documento público, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, estelionato e peculato (com informações rádio Banda B).


Nenhum comentário: