Maringá

Bombeiro é acusado de ameaçar a esposa de morte em Maringá


A Polícia Militar de Maringá atendeu uma situação de violência doméstica, por volta das 16h desta quarta-feira (15), na Avenida Cerro Azul, Zona 2 da cidade.
Segundo informações preliminares, um soldado do Corpo de Bombeiros teria ameaçado a esposa de morte. Assustada, a mulher ligou para uma advogada, pedindo ajuda.



Os policiais foram até a residência do casal, mas o soldado teria se recusado a prestar esclarecimentos. Ele, que estava de folga, vestiu a farda dos bombeiros e resistiu às ordens dos PMs. Reforços foram chamados e agentes dos bombeiros foram até o local para negociar com o soldado, que estava agressivo.
Segundo o responsável pela comunicação social do Corpo de Bombeiros, tenente Nivaldo do Rego, a situação foi esclarecida no local e a mulher não quis representar criminalmente contra o marido. Ele assegurou que não houve agressão física.
Uma sindicância deve ser aberta junto ao quartel da Polícia Militar para averiguar o caso. O nome dos envolvidos não foi divulgado.

Fonte O Diário

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse