quarta-feira, 15 de junho de 2011

Maringá

Bombeiro é acusado de ameaçar a esposa de morte em Maringá


A Polícia Militar de Maringá atendeu uma situação de violência doméstica, por volta das 16h desta quarta-feira (15), na Avenida Cerro Azul, Zona 2 da cidade.
Segundo informações preliminares, um soldado do Corpo de Bombeiros teria ameaçado a esposa de morte. Assustada, a mulher ligou para uma advogada, pedindo ajuda.



Os policiais foram até a residência do casal, mas o soldado teria se recusado a prestar esclarecimentos. Ele, que estava de folga, vestiu a farda dos bombeiros e resistiu às ordens dos PMs. Reforços foram chamados e agentes dos bombeiros foram até o local para negociar com o soldado, que estava agressivo.
Segundo o responsável pela comunicação social do Corpo de Bombeiros, tenente Nivaldo do Rego, a situação foi esclarecida no local e a mulher não quis representar criminalmente contra o marido. Ele assegurou que não houve agressão física.
Uma sindicância deve ser aberta junto ao quartel da Polícia Militar para averiguar o caso. O nome dos envolvidos não foi divulgado.

Fonte O Diário

Nenhum comentário: