Restaurante é condenado por servir prego na salada

A Justiça do Rio manteve a sentença que condenou o bar Ali no Beco, localizado no centro da cidade, a indenizar uma cliente em R$ 2 mil por servir uma salada com um prego. A informação foi divulgada na terça-feira (26).

Eudaclè de Oliveira fazia sua refeição no estabelecimento quando mordeu um prego enferrujado de 3,5 cm. O objeto estava no meio da salada de alface. A indenização é por danos morais.

Segundo o desembargador-relator, Carlos Azeredo de Araújo, o fato configura relação de consumo, com evidente falha ocorrida na prestação do serviço. Ao longo do processo, a defesa do restaurante não conseguiu afastar sua responsabilidade, apenas alegou que o fato seria "incapaz de gerar dano algum".

O desembargador Carlos Azeredo de Araújo explicou que o dano moral abala a dignidade da vítima. Ambas partes podem recorrer da decisão da 8ª Câmara Cível.

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse