Acusado de formação de quadrilha assume vaga de Mendes na Câmar


A confirmação do nome de Mendes Ribeiro Filho (PMDB-RS) para assumir o Ministério da Agricultura nesta quinta-feira abriu caminho para o retorno à Câmara dos Deputados de um político gaúcho, que nos últimos dois anos é frequentemente alvo de acusações de corrupção. Suplente de Mendes, o ex-ministro dos Transportes do governo FHC Eliseu Padilha (PMDB) se prepara para retornar à Casa após ter sido indiciado neste ano pela Polícia Federal por formação de quadrilha.

Padilha, considerado uma das principais lideranças peemedebistas no Rio Grande do Sul, é acusado pela PF de ter envolvimento em crimes nas licitações para construir as barragens de Jaguari e Taquarembó, na metade sul do Estado, apuradas pela Operação Solidária. Desde 2009, o agora deputado federal já era investigado pela ação, deflagrada para investigar desvios de recursos e direcionamento de licitações protagonizados por agentes públicos e distribuída em 15 inquéritos.

Na ocasião, Padilha deixou a Superintendência da Polícia Federal, em Porto Alegre (RS), se dizendo inocente, ao afirmar que "esse era um episódio do passado". A Delegacia de Combate a Crimes Fazendários da PF gaúcha acusa ele de ter favorecido empresas enquanto exercia o mandato na Câmara dos Deputados.
Em entrevistas à imprensa, o ex-deputado chegou a mencionar o nome da empresa em questão, a MAC Engenharia, e negou qualquer favorecimento. 

O dono da mesma empreiteira também já foi indiciado pela PF.
A indicação de Mendes Ribero Filho no Ministério da Agricultura também vai aliviar a situação processual de Padilha. Ele voltará a ter foro privilegiado, após ter perdido a prerrogativa ao não se eleger nas eleições de 2010. Com isso, processos contra o parlamentar, que foram remetidos para a Justiça Federal gaúcha, voltarão a ser julgados pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse