segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Câmara de Maringá é alvo de atentado a tiros de 9 mm




O prédio da Câmara Municipal de Maringá foi alvo de um atentado a tiros na noite desta sexta-feira. Imagens gravadas pelas câmeras de segurança mostram que os disparos foram feitos por dois homens que ocupavam uma moto de cor escura. A dupla fugiu antes da chegada da Polícia e até o fim da manhã deste sábado não havia sido identificada.

A motivação é desconhecida, porque nenhum vereador ou funcionário recebeu qualquer tipo de ameaça. "Trata-se de um fato inédito na história do município e que precisa ser esclarecido o quanto antes", declarou o procurador jurídico da Casa, Raphael Anderson Luque.

De acordo com a Polícia Civil, o atentado ocorreu por volta das 22h50, depois de dois homens estacionarem uma moto de cor escura sobre a calçada, defronte ao prédio.

Em uma ação rápida, o garupa sacou uma arma da cintura e passou a efetuar disparos contra a Casa Legislativa. Surpreendido, o vigilante Rubens Ferreira dos Santos, 47 anos, que estava desarmado e sentado em um sofá na sala de recepção, só teve tempo de deitar no chão para se proteger dos tiros.Pelo menos um projétil e dois estilhaços acertaram as fotos de três ex-vereadores, dispostas na galeria de ex-presidentes. Os quadros estão expostos a pouco mais de três metros do ponto onde estava o vigilante.

Nenhum comentário: