Dois morrem carbonizados em acidente entre caminhonete e micro-ônibus em Inajá


Um acidente entre uma caminhonete Saveiro e um micro-ônibus, que transportava universitários, na PR-464, em Inajá (a 95 km de Maringá, na região Noroeste do Estado), matou duas pessoas carbonizadas e deixou três feridos. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Colorado, os dois veículos bateram de frente e pegaram fogo logo em seguida. A colisão aconteceu por volta da 0h10 desta terça-feira (11).

Os dois passageiros que estavam na caminhonete morreram na hora. Eles eram funcionários da Usina Santa Terezinha. Edson Severino do Nascimento, de 30 anos, morador de Inajá, e Vagner da Silva Soares, de 27 anos, morador de Cruzeiro do Sul, tiveram os corpos encaminhados ao Instituto Médico-legal (IML) de Paranavaí.

"Como o impacto foi grande, acreditamos que eles não tenham morrido por conta do fogo, mas por causa da colisão", analisa o sargento Selnir Alves, da PRE de Colorado.

No micro-ônibus, onde estavam 10 pessoas, três delas tiveram ferimentos médios e foram encaminhadas para o Hospital Municipal de Inajá. Todos conseguiram sair assim que o fogo começou. Os universitários estudam em Paranavaí e moram em cidades da região.

O motorista Nivaldo Pacheco, de 44 anos, morador de Jardim Olinda, Erica Ferreira Caires, de 27 anos, também de Jardim Olinda, e Jéssica Andrade da Silva, de 19 anos, residente em Paranapoema, foram encaminhados ao hospital com ferimentos médios, sem risco de morte.

Conforme o sargento Selnir, quando a PRE chegou ao local, a caminhonete, que seguia no sentido Inajá a Paranacity, estava em sua mão correta de direção, enquanto que o micro-ônibus encontrava-se na contramão. "Mas agora é necessário investigar para entender como os veículos pararam naquela posição", afirma.

Fonte: O Diário

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse