Recursos liberados para o Projovem de Sarandi serão usados em cursos profissionalizantes

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Sarandi, em parceria com o Ministério do Trabalho, está desenvolvendo cinco linhas de cursos para qualificação profissional. São cursos para jovens de 18 a 29 anos, que não estejam cursando curso superior e estejam em situação de desemprego e que não estejam recebendo nenhum beneficio.

Segundo Celso Poreli, coordenador do Programa Projovem, a secretaria está fazendo as adequações dos espaços onde estes cursos serão oferecidos. Os cursos são na área de administração, alimentação, arte e cultura e construção e reparos. Serão oferecidas 300 vagas, os cursos tem duração de seis meses, e os jovens receberão uma bolsa de R$ 100 reais mensais até o final do curso. Os recursos para a realização destes cursos foram trazidos pelo Deputado Federal Edmar Arruda, para o programa projovem.

A Secretaria vai receber as inscrições dos jovens interessados e vai transmitir as informações de cadastro, que passaram por uma triagem. Maiores informações podem ser adquiridas na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, no telefone: 3905-1871, ou na Agência do Trabalhador de Sarandi, no 3264-3311.

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse