Sexta, 22 de Julho de 2011 - 07:31
Lula critica parábola bíblica na Bahia

Durante seu discurso de pouco mais de 15 minutos no Lançamento do Plano Safra de Agricultura Familiar da Bahia 2011/2012, nesta quinta-feira (22), no Hotel Stella Maris, em Salvador, o ex-presidente Lula falou para uma platéia de cerca de mil pequenos agricultores a sua opinião sobre o versículo 25, capítulo 18, do Evangelho de São Lucas. O excerto contém a parábola que Jesus fez para falar sobre o consolo dos pobres que levam a vida de privações, mas que ao morrer teriam “tesouros espirituais”. “Bobagem, essa coisa que inventaram que os pobres 'vai' ganhar o reino dos céus. Nós queremos o reino agora, aqui na Terra. Pra nós inventaram um slogan que tudo está no futuro – é mais fácil um camelo passar no fundo de uma agulha do que um rico ir pro céu (sic). O rico já está no céu, aqui. Porque um cara que levanta de manhã todo o dia, come do bom e do melhor, viaja para onde quer, janta do bom e do melhor, passeia, esse já está no céu. Agora o coitado que se levanta de manhã, de sol a sol, no cabo de uma enxada, não tem uma maquininha para trabalhar, tem que cavar cada covinha, colocar lá e pisar com pé, depois não tem água para irrigar, quando ele colhe não tem preço. Esse vai pro inferno", criticou. Informações do A Tarde.






29/10/2011

Lula é diagnosticado com tumor na laringe



Diagnosticado com câncer na laringe, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva começa na segunda-feira, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, tratamento que combina quimioterapia e radioterapia. O tumor maligno, com diâmetro de 2cm a 3cm, foi localizado na parte superior da glote, perto das cordas vocais. O tratamento deve ser em três etapas, a cada 20 dias.
Lula deixou o Sírio-Libanês por volta das 20h (horário de Brasília) e a princípio não precisará voltar para internação, mas deve receber, na segunda-feira, um cateter para administrar o remédio. Lula chegou a usar máscara de oxigênio, segundo o ministro Guido Mantega (Fazenda), que o visitou:
- Falei com os médicos e a informação é que o câncer foi pego bem no início, não há metástase e as perspectivas são boas.
Segundo a assessoria do Sírio-Libanês, Lula pediu que fosse feito boletim oficial tão logo soube da doença, mesmos passos do ex-vice-presidente José Alencar, que, vítima de câncer, tornou pública a doença imediatamente. Com isso, Lula não avisou nem os assessores próximos e amigos antes de a doença se tornar pública. Durante a internação, ficou a maior parte do tempo apenas com a mulher, Marisa Letícia.
Segundo o diretor de Oncologia do Sírio, o médico Paulo Hoff, Lula poderá receber o tratamento mesmo em casa. Mas a previsão é que comece com os remédios no hospital. Médicos do ex-presidente e especialistas ouvidos pelo GLOBO explicaram que esse tipo de câncer é causado, na maioria dos casos, pelo fumo. No ano passado, segundo sua assessoria, Lula parou de fumar. Ele teria tomado a decisão após sofrer alterações de pressão e uma crise hipertensiva enquanto ainda era presidente.
O GLOBO apurou que, no caso de Lula, a cirurgia foi descartada, que os médicos estão otimistas e que o câncer tem grande chance de cura sem outra intervenção. Segundo os médicos, o tumor não tem metástase.


Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse