Sexta, 22 de Julho de 2011 - 07:31
Lula critica parábola bíblica na Bahia

Durante seu discurso de pouco mais de 15 minutos no Lançamento do Plano Safra de Agricultura Familiar da Bahia 2011/2012, nesta quinta-feira (22), no Hotel Stella Maris, em Salvador, o ex-presidente Lula falou para uma platéia de cerca de mil pequenos agricultores a sua opinião sobre o versículo 25, capítulo 18, do Evangelho de São Lucas. O excerto contém a parábola que Jesus fez para falar sobre o consolo dos pobres que levam a vida de privações, mas que ao morrer teriam “tesouros espirituais”. “Bobagem, essa coisa que inventaram que os pobres 'vai' ganhar o reino dos céus. Nós queremos o reino agora, aqui na Terra. Pra nós inventaram um slogan que tudo está no futuro – é mais fácil um camelo passar no fundo de uma agulha do que um rico ir pro céu (sic). O rico já está no céu, aqui. Porque um cara que levanta de manhã todo o dia, come do bom e do melhor, viaja para onde quer, janta do bom e do melhor, passeia, esse já está no céu. Agora o coitado que se levanta de manhã, de sol a sol, no cabo de uma enxada, não tem uma maquininha para trabalhar, tem que cavar cada covinha, colocar lá e pisar com pé, depois não tem água para irrigar, quando ele colhe não tem preço. Esse vai pro inferno", criticou. Informações do A Tarde.






29/10/2011

Lula é diagnosticado com tumor na laringe



Diagnosticado com câncer na laringe, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva começa na segunda-feira, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, tratamento que combina quimioterapia e radioterapia. O tumor maligno, com diâmetro de 2cm a 3cm, foi localizado na parte superior da glote, perto das cordas vocais. O tratamento deve ser em três etapas, a cada 20 dias.
Lula deixou o Sírio-Libanês por volta das 20h (horário de Brasília) e a princípio não precisará voltar para internação, mas deve receber, na segunda-feira, um cateter para administrar o remédio. Lula chegou a usar máscara de oxigênio, segundo o ministro Guido Mantega (Fazenda), que o visitou:
- Falei com os médicos e a informação é que o câncer foi pego bem no início, não há metástase e as perspectivas são boas.
Segundo a assessoria do Sírio-Libanês, Lula pediu que fosse feito boletim oficial tão logo soube da doença, mesmos passos do ex-vice-presidente José Alencar, que, vítima de câncer, tornou pública a doença imediatamente. Com isso, Lula não avisou nem os assessores próximos e amigos antes de a doença se tornar pública. Durante a internação, ficou a maior parte do tempo apenas com a mulher, Marisa Letícia.
Segundo o diretor de Oncologia do Sírio, o médico Paulo Hoff, Lula poderá receber o tratamento mesmo em casa. Mas a previsão é que comece com os remédios no hospital. Médicos do ex-presidente e especialistas ouvidos pelo GLOBO explicaram que esse tipo de câncer é causado, na maioria dos casos, pelo fumo. No ano passado, segundo sua assessoria, Lula parou de fumar. Ele teria tomado a decisão após sofrer alterações de pressão e uma crise hipertensiva enquanto ainda era presidente.
O GLOBO apurou que, no caso de Lula, a cirurgia foi descartada, que os médicos estão otimistas e que o câncer tem grande chance de cura sem outra intervenção. Segundo os médicos, o tumor não tem metástase.


Comentários

As mais visitadas

CEMEI de Sarandi realiza evento cultural em comemoração ao dia das crianças

Idoso suspeito tocar corpo de criança por R$ 50,00 permanece preso

Semana Jurídica em Sarandi