quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Irritada, Dilma põe ministro na corda bamba


A quarta-feira deve ser muito movimentada para Carlos Lupi, ministro do Trabalho e que se vê em situação muito complicada após a divulgação, na terça-feira, de fotos que mostram ele ao lado de Adair Meira, presidente de uma ONG e que teria fretado um avião para a viagem de ambos ao interior do Maranhão em 2009, algo negado pelo presidente licenciado do PDT na semana passada, durante depoimento na Câmara dos Deputados.


A repórter Luciana Verdolin confirmou que as contradições Publicidadeirritaram a presidente Dilma Rousseff, e membros do Palácio do Planalto apontam para um encontro entre ambos que, para muitos, ocorreu durante a manhã (informações não-confirmadas apontam que Lupi teria dito à petista que tem como provar que o avião, um King Air, foi alugado pelo diretório regional do PDT, e não por Adair).

Com a situação de Lupi se complicando, já que ele pode ter incorrido no crime de responsabilidade ao mentir durante seu depoimento no Congresso, as fontes ficam mais escassas, e a presidente já teria dito a outros líderes do PDT que o ministro está na corda bamba, balança bastante e pode cair antes do final do ano, quando está prevista uma reforma ministerial relacionada com a necessidade de saída daqueles políticos que participarão do pleito municipal de outubro.

Nenhum comentário: