Onze meses após assumir, comando da PM no PR cai

A Polícia Militar do Paraná (PM-PR) vai anunciar uma troca em seu comando nesta quinta-feira (24). Segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), o coronel Marcos Teodoro Scheremeta vai deixar o comando geral da corporação nas próximas horas. O nome mais cotado para assumir a função é o do também coronel Roberson Luiz Bondaruk, que atualmente é o coordenador do Plano Municipal de Segurança Pública da prefeitura de Curitiba.
Scheremeta assumiu a função em janeiro deste ano, depois de ser escolhido pelo governador Beto Richa (PSDB). A troca foi a primeira a ocorrer entre os altos cargos do governo, 11 meses após o início do mandato do governador.


Uma das razões apontadas para a saída do coronel é a polêmica envolvendo a transferência do atendimento aos segurados do Serviço de Atendimento à Saúde (SAS) de Curitiba e região metropolitana para o Hospital da Polícia Militar (HPM). O SAS oferece atendimento aos servidores públicos do estado. Anteriormente, era o Hospital São Vicente que prestava o atendimento.

Segundo o colunista Celso Nascimento, Scheremeta teria procurado o governador para colocar seu cargo à disposição no fim de outubro. Ele não teria concordado com a forma como foi firmado o convênio com o HPM, que teria ocorrido à sua revelia. Além disso, ele teria perdido o apoio da corporação por conta do episódio.

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse