quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Onze meses após assumir, comando da PM no PR cai

A Polícia Militar do Paraná (PM-PR) vai anunciar uma troca em seu comando nesta quinta-feira (24). Segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), o coronel Marcos Teodoro Scheremeta vai deixar o comando geral da corporação nas próximas horas. O nome mais cotado para assumir a função é o do também coronel Roberson Luiz Bondaruk, que atualmente é o coordenador do Plano Municipal de Segurança Pública da prefeitura de Curitiba.
Scheremeta assumiu a função em janeiro deste ano, depois de ser escolhido pelo governador Beto Richa (PSDB). A troca foi a primeira a ocorrer entre os altos cargos do governo, 11 meses após o início do mandato do governador.


Uma das razões apontadas para a saída do coronel é a polêmica envolvendo a transferência do atendimento aos segurados do Serviço de Atendimento à Saúde (SAS) de Curitiba e região metropolitana para o Hospital da Polícia Militar (HPM). O SAS oferece atendimento aos servidores públicos do estado. Anteriormente, era o Hospital São Vicente que prestava o atendimento.

Segundo o colunista Celso Nascimento, Scheremeta teria procurado o governador para colocar seu cargo à disposição no fim de outubro. Ele não teria concordado com a forma como foi firmado o convênio com o HPM, que teria ocorrido à sua revelia. Além disso, ele teria perdido o apoio da corporação por conta do episódio.

Nenhum comentário: