segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Pai e madrasta são presos suspeitos de matar menina de 2 anos

O pai e a madrasta de uma menina de 2 anos foram presos na zona leste de São Paulo acusados de matar a criança por espancamento. Após constatar que a filha não apresentava mais sinais vitais, o homem escondeu o corpo da menina em um bueiro e acionou a polícia por volta das 10h, comunicando falsamente que seu carro havia sido roubado por dois criminosos com a filha dentro. As informações são do Bom Dia SP.

Os policiais foram atender à ocorrência e encontraram o carro em uma rua próxima, mas moradores disseram que o carro havia sido deixado no local por volta das 6h. A PM também estranhou o fato de o motor estar frio, e interrogou o homem. Ele então confessou que a filha teve uma queda e bateu a cabeça, mas ele não a levou no hospital pois seria preso, acusado de espancá-la. Segundo o delegado Arli Antônio Reginaldo, do 69º DP, em Teotônio Vilela, a menina tinha hematomas pelo corpo e havia sido vítima de maus-tratos. O pai e a madrasta foram presos e vão responder por falsa comunicação de crime, ocultação de cadáver e homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e emprego de meio cruel.

Nenhum comentário: