segunda-feira, 9 de maio de 2011

Estudo inclui corrupção policial entre motivos de ataques do PCC


Cinco anos após a onda de ataques da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) que pararam São Paulo, o maior estudo desde então aponta as três principais causas para as ações.

São elas: a corrupção policial contra membros do grupo, a falta de integração dos aparatos repressivos do Estado e a transferência que uniu 765 chefes do PCC, às vésperas do Dia das Mães de 2006, numa prisão de Presidente Venceslau (620 km de SP).

Os dados constam do estudo "São Paulo Sob Achaque", contundente raio-x elaborado durante quatro anos e oito meses sobre a onda de ataques da facção. O documento será divulgado nesta segunda-feira, com versões em português e inglês.

O estudo de quase 250 páginas foi produzido pela ONG de defesa de direitos humanos Justiça Global e pela Clínica Internacional de Direitos Humanos da Faculdade de Direito de Harvard, uma das mais importantes dos EUA.

Os responsáveis por "São Paulo Sob Achaque" pesquisaram centenas de documentos, muitos deles sigilosos, processos criminais sobre as mortes ocorridas em maio de 2006 e entrevistaram a maior parte das autoridades envolvidas no episódio.

NEGOCIAÇÃO

A extorsão de R$ 300 mil que, segundo a Promotoria, foi praticada em março de 2005 pelos policiais civis Augusto Peña e José Roberto de Araújo contra Rodrigo Olivatto de Morais, enteado de Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, tido pela polícia paulista como chefe do PCC, é o principal caso de corrupção policial que influenciou os ataques de maio, segundo o documento.

Os dois policiais chegaram a ser presos. Hoje estão soltos. Eles negam as acusações.

O documento também aponta que, em 14 de maio de 2006, dois dias após os primeiros atentados, o Estado enviou uma comissão a um presídio para negociar com os chefes do PCC o fim dos ataques. O fato sempre foi negado pelo governo.

"O maio de 2006 não foi puramente uma manifestação da violência, precisamos ter a visão do todo e como esse todo contribuiu para a eclosão daquele momento", diz Sandra Carvalho, diretora da Justiça Global. "Passados cinco anos, nossa pesquisa indica que não foram construídos mecanismos eficazes, consistentes de superação e de enfrentamento para essa situação", completa ela.

MORTES

Ao esmiuçar os 493 homicídios ocorridos no Estado de 12 a 20 de maio de 2006, o estudo viu "indícios da participação de policiais em 122 execuções", além de discrepância na elucidação desses casos em relação aos que vitimaram 43 agentes públicos.

Por conta disso, "São Paulo Sob Achaque" propõe a federalização da investigação.

(Fonte: Folha .com)

Marialva

Vacinação contra a gripe termina nesta quinta-feira (12)

O Governo Municipal de Marialva, por meio da Secretaria de Saúde, informa que a Campanha de Vacinação contra a gripe (Influenza) no município termina na próxima quinta-feira, 12 de maio. A campanha está sendo realizada no Pronto Atendimento Municipal e em todas as Unidades de Saúde do município.

Neste ano foram incluídos nos grupos que devem receber a imunização, gestantes (após o primeiro trimestre de gestação), crianças de seis meses a dois anos e profissionais de saúde de unidades de referência para atendimento de influenza.

A vacinação acontece anualmente, em forma de Campanha que constitui um dos meios de prevenir a gripe e as suas complicações, além de apresentar um impacto indireto na diminuição das internações hospitalares, da mortalidade evitável e dos gastos com medicamentos para tratamento de infecções secundárias.

Influenza

A influenza ou gripe é uma infecção viral que afeta o sistema respiratório, mais precisamente o nariz, garganta e brônquios. O contágio ocorre de forma direta através das secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar ou de forma indireta, por meio das mãos que, após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz. A doença pode se apresentar desde uma forma leve e de curta duração, até formas clinicamente graves e complicadas.
OCORRÊNCIAS ATENDIDAS NA ÁREA DA 1ª CIA / CAMPO MOURÃO

TERMO CIRCUNSTANCIADO PELO CRIME
DESCATO

Por volta das 12h00min, a Policia Militar durante patrulhamento verificou uma movimentação estranha de pessoas em frente à Lanchonete Carreteiro. Ao abordar os envolvidos a pessoa de A J S de 33 anos, começou a desacatar os policiais com palavras de baixo calão dizendo ainda, que não havia policia para prendê-lo. Diante do fato o mesmo foi detido e conduzido ao 11º BPM onde foi autuado em Termo Circunstanciado.

LESÃO CORPORAL
POR
PROJETEIS DE ARMA DE FOGO.

Por volta das 20h15min, a Policia Militar atendeu a ocorrência de disparo de arma de fogo, na Rua I M.B Nºxxxx, Jardim Alvorada, segundo a vitima xxxx, chegou em sua residência um rapaz de cor morena de calção de cor branca sem camisa e jogou uma pedra no telhado de sua casa. Quando saiu juntamente com seu filho para ver o que estava acontecendo foi atingida por 03 (três) projeteis de arma de fogo sendo que 02(dois) atingiram o braço esquerdo e o outro a sua orelha. Diante do fato foi acionado o SIAT que conduziu a vitima a Central hospitalar para ser medicada. Foi realizado diligências, porém, não foi encontrado o autor do ilícito.

LESÃO CORPORAL
PROVOCADA POR ARM,A BRANCA.
(Luiziana)

Por volta das 21h20min, a Policia Militar de Luiziana atendeu a ocorrência de vias de fato seguida de lesão corporal, na Praça Central da cidade, tendo como vitima xxxxx 17 anos, que levou um golpe de canivete na região do abdome causando uma lesão gravíssima e foi encaminhada por terceiros até o posto de saúde da cidade e posteriormente a encaminhado a Central Hospitalar da cidade de Campo Mourão. Segundo testemunha o autor do delito é a pessoa de Aristides, morador na cidade que, após o fato se evadiu do local e se encontra foragido.


OCORRÊNCIAS ATENDIDAS NA ÁREA DA 2ª CIA / GOIOERE

DROGAS PARA CONSUMO PESSOAL:

Por volta das 00h15min, a Policia Militar (ROTAM), em patrulhamento realizou abordagem a um grupo de rapazes que se encontrava na praça da Igreja Matriz, foi localizado substância entorpecentes com o adolescente xxxx 16 anos e com D E C 21 anos. Diante do fato ambos foram conduzidos a Delegacia para medidas cabíveis.

OCORRÊNCIAS ATENDIDAS NA ÁREA DA 3ª CIA / CIANORTE

ROUBO COM ARMA:

Por volta das 22h20min, a Policia Militar atendeu a ocorrência de roubo com arma na Avenida Coruja com Rua das Fábricas, onde a vítima xxxx de 27 anos, informou que transitava com sua Motocicleta Yamaha YBR de cor vermelha, Placa AQT 2168 de Cianorte, momento em que 02 (dois) indivíduos armados com revolveres, utilizando 01(uma) Motocicleta Honda Twister de cor preta, abordaram e deram voz de assalto, roubando sua motocicleta. Os meliantes fugiram pela Avenida Coruja rumo ao 06(seis) conjuntos, sendo que um estava usando jaqueta na cor preta e calça jeans, o outro usava blusa vermelha e calça jeans. Foi realizado diligencias nas proximidades, porém, até o momento não foi localizados os assaltantes.

POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ: “SUA PROTEÇÃO É O NOSSO COMPROMISSO” DISQUE-DENÚNCIA: 181 – DENUNCIE.

Mulher apanha de marido com ferro de passar roupa

Uma mulher de 45 anos foi agredida na madrugada desta segunda-feira (9) pelo marido, na Vila Marizia, na zona oeste de Londrina. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima foi agredida com um ferro de passar roupa.

Marilu Leonel Ferreira da Silva conseguiu sair com vida da agressão e buscou socorro em casa da vizinha, onde recebeu atendimento dos bombeiros.

Segundo o sargento Figueiredo, a vítima sofreu corte contuso na região da cabeça e fratura no dedo esquerdo. Ela foi socorrida e encaminhada ao Hospital Universitário.

MP investiga suspeita de que Alep teve quase mil fantasmas

Quase mil funcionários e ex-servidores da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) estão sendo investigados pelo Ministério Público Estadual (MP) por suspeita de terem recebido salário sem dar expediente na sede do Legislativo, no período entre 2003 e 2010. São cerca de 130 inquéritos que apuram a situação de possíveis servidores fantasmas dentro da Assembleia. Atualmente, a Casa tem 1.558 funcionários, entre servidores efetivos e comissionados (de livre nomeação).

Funcionários de pelo menos seis deputados estaduais estão no alvo da investigação – dentre eles, servidores do gabinete do atual presidente da Assembleia, o deputado Valdir Rossoni (PSDB). Até o atual diretor-financeiro da Casa, Sérgio Brun, que já trabalhou no gabinete de Rossoni, está no rol dos investigados.

Maringá Violenta

Três pessoas são mortas de forma cruel em Maringá

Três pessoas foram assassinadas de forma violenta na tarde deste domingo (8) em Maringá. Em um dos crimes, que ocorreu no Jardim Alvorada, um casal foi morto a pauladas, segundo a Polícia Militar. A Polícia Civil estava no local do crime por volta das 17h, colhendo provas. Ainda não se sabia o motivo do crime.

No outro caso, também na tarde deste domingo, um homem invadiu uma residência e matou uma idosa, de 83 anos, e deixou o filho dela, de 55 anos, gravemente ferido. O crime foi cometido com um martelo e aconteceu na Estrada do Seminário, próximo a Avenida Colombo (BR-376).

A polícia suspeita que tenha sido uma tentativa de assalto. O homem foi encaminhado em estado grave ao Hospital Universitário (HU) de Maringá.

Por volta das 16h30 deste domingo, uma equipe da Polícia Civil estava na residência, colhendo pistas do crime. Ainda não se sabia o que ocorreu, mas a polícia suspeita que tenha sido um assalto.

Os três corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Maringá.