sábado, 18 de junho de 2011

STF libera geral, e cortina de fumaça encobre Copa e passado




Cliente insatisfeito ameaça dono de oficina mecânica com revólver


Um cliente revoltado com o atraso no serviço de uma oficina de funilaria de Sarandi, na região metropolitana de Maringá, voltou à oficina com uma arma de fogo para pressionar o funileiro a concluir o serviço. De posse de um revólver calibre 32, ele ameaçou os funcionários da oficina e levou o carro do dono do estabelecimento para casa. O caso ocorreu na tarde da última quinta-feira (16).
“Ele deixou o carro e pagou o valor de R$ 1,2 mil pelo serviço de funilaria. Como fazia dois meses que o carro não tinha ficado pronto, ele resolveu ameaçar o dono da oficina", disse o superintendente da Delegacia de Sarandi, Carlos de Oliveira


"O certo seria ele ter acionado a Justiça para fazer o serviço e não agido por conta própria”, acrescentou.
O carro do dono da oficina foi encontrado na residência do cliente, no Parque São Pedro, em Sarandi. A arma foi apreendida. O autor da confusão vai responder pelo crime de exercício arbitrário das próprias razões, que é por ter feito Justiça com as próprias mãos, em liberdade.
Segundo a Polícia, o dono da oficina disse que vai devolver o carro do cliente pronto nesta sexta-feira (17). O caso foi registrado na Delegacia de Sarandi